Invalidação: Quando parece que você nunca é bom o suficiente

Veja como invalidar o seu cônjuge é uma das formas mais eficazes de destruir rapidamente a confiança em seu relacionamento e por conseguinte toda uma vida juntos.

19,883 views   |   2 shares
  • Você é um chato. Você é pessimista. Pare de chorar. Pare de ser tão dramática. Você reclama muito. Pare de se preocupar com isso.

  • Cada uma destas frases é uma forma de invalidação. A invalidação é um indicador que torna possível prever se você vai ou não acabar se divorciando. No livro - A Promessa Duradoura: O Guia do Cristão que luta por seu casamento que pode ser encontrado aqui, aprendemos que a invalidação "é um padrão onde um parceiro sutilmente ou diretamente põe os pensamentos, sentimentos ou caráter do outro. A invalidação pode assumir muitas formas. Outra forma sutil ocorre quando você está esperando elogios por alguma ação positiva e esta é ignorada por seu parceiro, enquanto alguns problemas menores são destacados."

  • Invalidar o seu cônjuge é uma das melhores formas de destruir rapidamente a confiança em seu relacionamento. Imagine cada pensamento expressado sendo repreendido ou criticado e cada ato de serviço e bondade minimizado por quem você ama. A relação atormentada com esse hábito não vai durar muito tempo.

  • Como um defensor para o desenvolvimento de habilidades de comunicação fortes, Steve Hein já viajou pelo mundo ensinando princípios que ajudam os indivíduos e as famílias a melhorarem sua capacidade de comunicação. Ele é um especialista em reconhecer sinais de invalidação. Em seu e-book grátis, "QE para todos: Um Guia Prático para o desenvolvimento e utilização da inteligência emocional", Hein descreve como é a invalidação e como nós podemos evitá-la.

  • 1. Não se sinta assim

  • Quando dizemos a alguém para sorrir, ser feliz, parar de choramingar ou não se preocupar, estamos tentando controlar seus sentimentos. Evite dizer ao seu cônjuge como se sentir.

  • 2. Não se mostre dessa maneira

  • Nós invalidamos os sentimentos dela quando lhe dizemos como se mostrar também. Algumas pessoas vão dizer: "Pare de se mostrar tão triste", ou, "Não pareça chateada." Dê a sua esposa a liberdade de se mostrar da maneira como ela se sente.

  • 3. Tentando fazer você se sentir culpado

  • Em vez de ajudar, podemos nos jogar em uma viagem de culpa com frases como "Eu tentei ajudar... Pelo menos você..." Esses tipos de frases realmente não ajudam, mas apenas minimizam seus sentimentos e impõe culpa.

  • Advertisement
  • 4. Isolar os seus sentimentos

  • Só porque você ainda não se sente da mesma maneira que o seu cônjuge não significa que ninguém mais se sente como ela. Isolar os sentimentos dela, dizendo que ela é a única que se sente assim é uma boa maneira de criar um abismo entre vocês.

  • 5. Minimizar seus sentimentos

  • Isso acontece quando dizemos coisas como "Você está sendo dramática" ou "Não pode ser tão ruim assim." Em sua mente, é realmente tão ruim assim.

  • 6. Rótulos ou xingamentos

  • Um homem sábio me disse uma vez que nós agimos como somos tratados. Você rotula seus entes queridos ao dizer coisas como "você é um chato, às vezes", "Você é demasiado emocional" ou "você é apenas uma chorona." Se você quer solidificar esses comportamentos, continue dizendo isso a ela.

  • 7. Você deve se sentir assim

  • Dizer ao seu amor como ela deve se sentir é outra forma sutil de invalidação. Dizendo coisas como "Você deveria ser feliz", você está rejeitando os sentimentos atuais de seu cônjuge.

  • 8. Defendendo outra pessoa

  • Você e seu cônjuge estão na mesma equipe. Quando seu cônjuge expressa frustração com a forma como foi tratado por outra pessoa, tome sempre o partido dele. No momento em que você defende a pessoa que perturba ou frustra o seu cônjuge é o momento em que vocês já não estão mais jogando no mesmo time. Seu cônjuge vai sentir-se traído.

  • Cada um é culpado quando invalida os sentimentos do outro. O truque é ser mais conscientes das maneiras sutis em que fazemos isso, então faça um esforço consciente para parar. Hein oferece algumas ideias para ajudar a combater a invalidação por meio da validação. Ele explica: "Validar alguém é aceitar, compreender e cultivar os seus sentimentos... Quando validamos alguém, nós lhes permitimos compartilhar com segurança os seus sentimentos e pensamentos. Estamos garantindo-lhes que não há problema em ter os sentimentos que têm. Às vezes, a validação implica ouvir, às vezes pode ser um abraço ou um toque suave. A validação permite que uma pessoa liberte os seus sentimentos de uma forma saudável, segura e solidária".

  • Aprofunde e solidifique o seu amor, validando o outro. À medida que aprendemos a reconhecer as muitas formas de invalidação e a evitá-las, vamos permitir ao nosso cônjuge, nossos filhos e nossos entes queridos desenvolver uma autoestima saudável.

  • _Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original Invalidation - When it seems you are never good enough.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Dustin Wiggins is an optimist and entrepreneur.

Website: http://www.lessonsofwisdom.com

Invalidação: Quando parece que você nunca é bom o suficiente

Veja como invalidar o seu cônjuge é uma das formas mais eficazes de destruir rapidamente a confiança em seu relacionamento e por conseguinte toda uma vida juntos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr