Como posso ajudar? Como abordar um problema sobre o álcool

Os alcoólatras têm que estar dispostos a mudar por si mesmos. Você pode ajudar, mas a pessoa tem que querer mudar.

5,205 views   |   4 shares
  • Aproximar-se de alguém, principalmente de um membro da família, que está abusando de álcool pode ser um grande desafio. Ninguém gosta de ser chamado a atenção por causa de um comportamento negativo, e é possível que a pessoa, que por toda a sua vida bebeu demais, pode até não perceber que ficou tão ruim quanto está agora. Dito isso, o alcoolismo é um problema legítimo e sério. É importante não se apressar em concluir que a pessoa em questão é um alcoólatra, a menos que ela tenha sido diagnosticada por um profissional ou tenha admitido por si mesma. Aqui estão algumas ideias para falar com as pessoas sobre o consumo de álcool.

  • Seja oportuno em primeiro lugar e dê à pessoa a oportunidade de falar

  • Ser um bom ouvinte lhe dará a chance de ver o nível de consciência da pessoa sobre o problema. Começando com uma simples declaração como: "Eu notei que você está bebendo muito mais recentemente." É uma maneira bastante inofensiva para abrir um diálogo. Esse princípio pode ser necessário para inspirar uma mudança.

  • Seja honesto e direto sobre como a bebida está afetando

  • Se o alcoólatra é receptivo a uma discussão mais aprofundada, este seria um bom momento para afirmar claramente como você se sente sobre este hábito dele. Um empregador pode dizer: "Eu tenho notado que quando você entra cheirando a álcool, nossos clientes se sentem desconfortáveis." Uma mulher pode expressar abertamente: "Quando você chega em casa bêbado, eu me preocupo com você dirigindo e prejudicando a si mesmo ou a alguém." Tenha o cuidado para não usar declarações "ofensivas" e mantenha a sua discussão livre de culpa, mesmo se você estiver irritado ou ferido. Se você sabe que a conversa vai ser carregada emocionalmente, leve algum tempo para escrever seus sentimentos no papel antes de expressá-las em voz alta. Isso fará com que seja mais fácil manter o foco e evitar conflitos.

  • Deixe-o saber que você está lá para ser solidário

  • Pergunte ao seu amigo como ele se sente, se você pode ajudá-lo. Lembre-o de que você não está encostando-o contra a parede, porque você não o está julgando, você está preocupado.

  • Se as circunstâncias justificarem, peça a um alcoólatra em recuperação para falar com ele

  • Independentemente de quão ruim o problema do alcoolismo possa ser, um alcoólatra em recuperação será útil para contar sua própria experiência com algumas das armadilhas do abuso de álcool. Muitas vezes, as pessoas que lutam contra um vício e abuso de álcool estão muito mais dispostas a se abrir para alguém que entende a sua luta do que com a família ou amigos que estão involuntariamente maltratados. Programas de recuperação para viciados enfatizam a importância de alcançar aqueles que estão lutando, e a maioria das pessoas na recuperação estará disposta e ansiosa para conversar com o seu amigo.

  • Advertisement
  • Obtenha conhecimento sobre o alcoolismo

  • Você certamente estará mais preparado em suas relações com um alcoólatra se souber mais sobre os seus desafios. Tente abordar o problema livre de temores e estereótipos, e aprenda sobre o que pode causar o vício do álcool. Existem centenas de livros sobre alcoolismo e abuso de álcool, grupos de apoio locais como AA - Alcoólicos Anônimos (que oferece conhecimento e apoio aos viciados, familiares e amigos dos alcoólatras), e as igrejas que podem oferecer alguma ajuda com a situação. Quanto mais você souber, menos você temerá.

  • Entenda que você não pode curá-lo

  • O alcoólatra têm que estar dispostos a mudar por si mesmo. Você pode ajudar, levando-o a possíveis soluções e ser solidário, mas em última análise, a pessoa tem que querer mudar.

  • É clichê, mas é verdade. Admitir que há um problema é o primeiro passo. Fique feliz por você estar fazendo a coisa certa, por não ignorar o problema. Problemas com álcool podem muitas vezes simplesmente ser resolvidos através do conselho gentil de um amigo preocupado. Pessoas que podem ter um problema mais grave com bebidas ainda têm acesso à ajuda. Há sempre esperança, pois há milhares de histórias de sucesso de sobriedade ao longo da vida. Honestidade e transparência são as chaves para ser solidário.

  • Traduzido e adaptado por Jaguaraci N. Santos do original How can I help? How to approach a problem drinker , de Margaret Crowe.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Margaret Crowe é poetiza e mãe de dois filhos, vem de Charlotte, Carolina do Norte. Ela pode ser contatada através do endereço margaretdcrowe@gmail.com.

Como posso ajudar? Como abordar um problema sobre o álcool

Os alcoólatras têm que estar dispostos a mudar por si mesmos. Você pode ajudar, mas a pessoa tem que querer mudar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr