Recupere o Natal: Do caos e carrinhos de compra à magia e significado

O Natal deve ser mágico e significativo, em vez de incontrolável e até mesmo miserável. Aqui estão seis maneiras simples de “recuperar o Natal”.

1,948 views   |   shares
  • Nota do Editor: Este artigo foi adaptado a partir de uma coluna que os Eyres publicaram originalmente no The Deseret News. Foi reproduzido aqui com permissão, traduzido e adaptado por Sarah Pierina.

  • Você deseja menos comercialização e mais significado no Natal de sua família? Bem, aqui está uma história:

  • Há muito tempo quando, como uma jovem mãe, eu me vi cercada por uma grande variedade de decorações de Natal, de pé em uma longa fila de outras mães pelo que pareceu uma eternidade. Eu tinha contratado uma babá e eu estava em uma missão urgente de realizar o sonho de minha filha de 7 anos, Shawni, que queria ganhar um "Baby Alive" no Natal. Ela tinha se apaixonado pelo boneco do bebê enquanto assistia alegremente seu comercial na TV várias e várias vezes.

  • A parte cativante para Shawni era que ele realmente podia comer! Graças a algumas baterias, "Baby Alive" podia chupar seu alimento líquido em uma extremidade e, em seguida, encher a fralda na outra. De alguma forma, o sonho de trocar a fralda de seu bebê era tão emocionante para Shawni quanto levar a comida aos seus pequenos lábios mecânicos.

  • Isto foi antes dos dias de compras online, e eu tinha procurado em cada catálogo e ligado em todas as lojas na cidade para encontrar este novo membro da família precioso - tudo em vão. Todos estavam esgotados. Eu continuei ligando, até encontrar uma loja cujo vendedor disse que eles ainda tinham alguns em estoque.

  • Conforme eu me aproximava do início da fila, fiquei pasma quando o caixa anunciou em voz alta que a mãe diretamente na minha frente tinha acabado de comprar o último boneco. Imediatamente, o ar se encheu de gemidos e suspiros assim como algumas lágrimas e lamentos. Devo admitir, as lágrimas brotaram em meus olhos enquanto eu considerava como eu poderia dizer a minha filha que seu sonho de ter um Baby Alive estava morto!

  • Eu estava arrasada e fui embora de mau humor pensando, "eu odeio o Natal!" Minha frustração não era apenas sobre o Baby Alive. Era sobre a montanha de expectativas que eu sentia pesando sobre meus ombros - todas as coisas que eu precisava fazer antes do Natal. Tínhamos outros quatro filhos cujas longas listas de Natal precisavam ser preenchidas. E porque meus próprios pais estavam ficando mais velhos e moravam longe, eu sempre fui encarregada de receber todos para o nosso jantar anual de Natal. Eu também estava no comando da festa de Natal da classe na escola primária, e eu estava temendo a bagunça de fazer biscoitos de Natal.

  • Advertisement
  • Esse incidente do "Baby Alive" foi a última gota. Eu finalmente admiti que as coisas estavam fora de controle. Eu não estava no comando do Natal, o Natal estava tomando conta de mim! E - falando sobre Baby Alive - eu mesma estava quase morta! Onde estava a minha paz e alegria? Onde estava o verdadeiro significado do Natal?

  • No caminho para casa naquele dia, eu me prometi que iria mudar as coisas e começar a formular o que eu poderia fazer para simplificar o Natal. Apesar de ter sido difícil deixar de lado algumas das nossas tradições antigas, eu precisava desesperadamente tornar o Natal mais mágico e significativo, em vez de incontrolável e miserável!

  • Algumas das minhas resoluções iniciais estão listadas abaixo. Claro, elas não trouxeram a paz perfeita, mas eu amei escolher sobre o que me estressar em meus próprios termos! (Porque toda família é tão diferente, eu sugiro fazer a sua própria lista para simplificar o Natal. Faça o seu Natal significativo para a sua família).

    1. Com as crianças, comece a pensar cedo nas listas de Natal. Reduza o número de coisas que as crianças podem pedir - para o Papai Noel e para você.

    2. Na véspera de Natal, concentre-se no verdadeiro espírito de Natal. Em vez de um grande peru no jantar, tenha uma ceia semelhante ao que Maria e José poderiam ter desfrutado antes de partirem para Belém (isto é, peixes, uvas, queijo e pão ázimo). Para simplificar ainda mais, vá ao restaurante Mediterrâneo mais próximo e compre comida preparada para o jantar.

    3. Ensine às crianças que a melhor parte do Natal não são os presentes que recebem, mas os presentes que eles dão. Ajude-os a ganhar dinheiro para comprar presentes simples para os seus irmãos, e entregar esses presentes na véspera de Natal. Deixe a alegria do Papai Noel e de "receber" para a manhã de Natal.

    4. Não faça biscoitos.

    5. Pare de se oferecer para todas as atividades da escola. Coloque a família em primeiro lugar.

    6. À medida que as crianças crescem, ofereça-lhes a opção de receber apenas um presente e doar o resto do dinheiro para os presentes para algum projeto humanitário para os necessitados - algo que eles possam ajudar a comprar e entregar (seus filhos podem surpreender você).

  • Vou poupar os detalhes de como aconteceu quando eu vi Shawni encantada ao amorosamente brincar com seu novo Baby Alive na manhã de Natal (eu finalmente encontrei um para ela), mas embora eu amasse agradar Shawni, o que eu amei ainda mais foi o que eu tinha aprendido quando o tempo agitado e louco do Natal tinha acabado.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Their new books are The Turning, and Life in Full.

Website: http://www.youtube.com/eyresontheroad

Recupere o Natal: Do caos e carrinhos de compra à magia e significado

O Natal deve ser mágico e significativo, em vez de incontrolável e até mesmo miserável. Aqui estão seis maneiras simples de “recuperar o Natal”.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr