Estado civil: Casada!

Reflexões sobre como os papéis de homem e mulher, marido e esposa, precisam ser realizados com dedicação para o sucesso do casamento.

48,799 views   |   8 shares
  • Este artigo foi publicado originalmente no blog A vida que você quer e republicado aqui com permissão.

  • Há 21 anos preencho meu estado civil: casada!

  • Hoje resolvi escrever sobre relacionamentos e quis começar pelo que mais tenho experiência – o casamento.

  • Casei-me cedo, com 21 anos, se você fez o cálculo, rapidamente já descobriu que tenho 42 anos e que agora já computo mais dias vividos com meu marido do que com meus pais.

  • Três anos depois do enlace nasceu meu primeiro filho que ganhou mais duas irmãs ao longo dos anos.

  • Quando minha caçula nasceu fui surpreendida (sem brincadeira!) mais de uma vez, com perguntas do tipo: "Terceiro? Do mesmo casamento?" e eu ria, pois para mim era natural, mas para muita gente, não.

  • O fato é que não há receita pronta para longos anos de relacionamento, há equilíbrio matrimonial e amor!

  • Quando o amor não é o problema, como atingir esse tal equilíbrio matrimonial?

  • Em primeiro lugar, cada um, homem e mulher, precisa se autoconhecer, saber quais são seus potenciais, seus limites, seus sonhos. Conhecer-se requer olhar para dentro, aceitar-se e ter amor-próprio para que possa compartilhar sua vida com a vida do outro e juntos viverem a vida que se quer viver.

  • Outro ponto que o casal precisa desenvolver para ter equilíbrio matrimonial é a habilidade de diálogo, sem competição, que vise o bem comum. Tarefa nada fácil, porque quem não quer ter razão?

  • Uso duas perguntas para ajudar: "Essa decisão fará meu marido feliz?", "Será bom para todos?"

  • Imprescindível, também, é desenvolver a resiliência. Resiliência é a capacidade de passar por momentos de dificuldade e retornar rapidamente ao ponto de equilíbrio, de calmaria, superando o ocorrido. Algumas dicas para desenvolver a resiliência:

    • tenha atitudes positivas;

    • procure por novas soluções mediante aos problemas;

    • prepare-se para mudanças, comece por encontrar novos caminhos para o trabalho, mude os móveis de lugar, troque de supermercado, experimente novas marcas;

    • aprenda com seus erros, tire algo de bom;

    • aprenda a equilibrar suas emoções, que tal ativar a espiritualidade?

  • Por fim, eleja mentores, pode ser um casal amigo que inspire vocês, por exemplo. Não hesite em buscar ajuda, o mercado dispõe de profissionais comportamentais que trabalham diretamente com casais e famílias.

  • Advertisement
  • Posso afirmar que é possível viver a vida que você quer no matrimônio! Dedique-se!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Luciana Cairo é empreendedora criativa, co-fundadora do grupo “A Vida Que Você Quer” e co-idealizadora de programas que facilitam o processo de autoconhecimento e alcance de metas, atendendo pessoas que buscam uma vida com mais propósito. Tem paixão em ajudar famílias a se ajustarem e se fortalecerem. Auxilia mães a encontrarem o equilíbrio entre vida familiar e profissional. Mãe de três filhos, casada há 21 anos, pedagoga de formação, acredita que a família é a base para a formação de um mundo melhor!

Website: http://avidaquevocequer.com.br/

Estado civil: Casada!

Reflexões sobre como os papéis de homem e mulher, marido e esposa, precisam ser realizados com dedicação para o sucesso do casamento.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr