Estudos comprovam: Ir para a cama sem resolver uma briga pode ser uma boa ideia

Sempre ouvimos falar que nunca devemos ir para a cama sem fazer as pazes com o cônjuge. Mas será que isso realmente é uma boa ideia? Esta pesquisa responde.

87,480 views   |   72 shares
  • O ideal é que toda desavença, discussão ou diferença seja resolvida entre o casal antes de dormir. Mas, você já tentou ficar discutindo, cobrando e brigando a noite inteira sem sucesso, e no dia seguinte as coisas estão ainda piores?

  • Isso tem um motivo. Um estudo da Universidade de Berkeley da Califórnia, publicado recentemente no Jornal de Psicologia Social e Ciência da Personalidade, revelou que casais brigam muito mais após uma noite de sono mal dormida, pesquisando em torno de 150 casais que, quanto menos tempo de sono, maior e mais profundas as brigas. Outro estudo, realizado pela Universidade de Pittsburgh, encontrou um detalhe ainda mais interessante: quando principalmente as esposas não conseguem ter uma boa noite de sono, casais tendem a entrar em conflito com mais facilidade. Um terceiro estudo, realizado pela mesma universidade, revela que um casamento feliz consequentemente diminui consideravelmente o risco de ter problemas de sono.

  • Ou seja, o que vem primeiro, a noite de sono bem dormida para a felicidade no casamento ou a felicidade no casamento para uma noite bem dormida e um dia seguinte em harmonia com a vida e com o amor?

  • As conclusões finais sobre estudos feitos com casais e sono revelam que alguns casais possuem alguns hábitos ruins relacionados ao sono ou a hora de dormir que transformamos em 6 fatores de risco para o casamento, ou seja, isso pode realmente influenciar na paz da vida a dois. Mas eles possuem soluções. São eles:

    • Roncar: É necessário que se verifique o problema a fundo. Pode ser apneia, problemas dentários ou travesseiro ruim que fazem um cônjuge roncar e atrapalhar o sono da outra pessoa, aumentando o estresse e a indisposição durante o dia seguinte. Isso parece piada mas não é: 26% dos casais reclamam que nunca mais dormiram como necessitam devido ao ronco do cônjuge.

    • Comer na cama: Nem na cama, nem perto da hora de dormir. Entre os casais entrevistados, 24% reclamaram do cônjuge que come na cama na hora de dormir, e os mesmos 24% reclamaram que o cheiro de comida no quarto ou farelos de alimentos na cama os estressam.

    • Hora de dormir e de acordar: Entre os entrevistados, 15% reclamam da incompatibilidade de horários, a que horas um ou outro dorme ou acorda, interferindo no próprio sono.

    • Luz no quarto: Da mesma forma, 12% dos casais reclamam que a outra pessoa precisa ter alguma fonte de luz no quarto, o que atrapalha o sono tranquilo, ideal para não ter um dia seguinte cheio de estresse.

    • Colchão ruim: Entre os casais entrevistados, 15% culpam a falta de romantismo no casamento devido ao colchão ruim, o que, consequentemente, não lhes deixa descansar a contento.

  • Advertisement
  • Soluções

    1. Mantenha o quarto intocável, como um refúgio e um verdadeiro ninho para o casal.

    2. Não coma no quarto, muito menos na cama.

    3. Entrem num consenso sobre as luzes acesas, desenvolva novos hábitos para que ambos possam ter uma boa noite de sono.

    4. Estabeleçam horários e hábitos que ajudem a todos terem uma melhor noite de sono.

    5. Procure um médico para cuidarem dos problemas que envolvem o ato de roncar e/ou levantar muitas vezes para ir ao banheiro.

    6. Caso precisem levantar à noite, tentem não fazer tanto barulho para não acordar o outro.

    7. Desliguem-se de eletrônicos 2 horas antes de dormir.

    8. Não comam nada pesado pelo menos 3 horas antes de dormir.

  • Sobre ir para a cama brigados ou em paz

  • É ideal que possam resolver os problemas antes de dormir, mas se verificarem que o outro, ou ambos, estão cansados de um dia de trabalho fora do lar ou no lar, cedam à tentação de adentrarem a noite brigando. Descansem, durmam, esfriem a cabeça, e conversem civilizadamente no dia seguinte sobre o problema, independente do mesmo.

  • Estresse e cansaço aumentam as chances de más decisões, diminuem a prontidão e paciência, dobram o risco de irritação e podem minar um casamento pela raiz. Usem o bom senso.

  • Uma vez que todos esses conflitos estejam resolvidos, invistam na relação, lendo o artigo Ativando os 5 sentidos para esquentar a relação.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

Estudos comprovam: Ir para a cama sem resolver uma briga pode ser uma boa ideia

Sempre ouvimos falar que nunca devemos ir para a cama sem fazer as pazes com o cônjuge. Mas será que isso realmente é uma boa ideia? Esta pesquisa responde.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr