10 passos para estimular o bebê a falar

Qual palavra você deseja que seu filho fale primeiro? Descubra como estimulá-lo para que fale essa palavra e aprenda a falar corretamente bem cedo.

7,688 views   |   1 shares
  • Nosso anseio de falar com o bebê já começa desde a barriga. A mamãe e o papai sempre se questionam se ele já ouve ou não. Quando aquele anjinho nasce, queremos que logo chegue o momento de interagirmos com ele. Mas quando chega a hora de ensinar a falar, o que fazemos? Como esse processo natural dos bebês de falar pode ser facilitado? Qual a primeira palavra que deseja que seu filho fale? Aprenda a seguir como estimulá-lo a falar essa palavra.

  • 1. Fale diretamente com o bebê

  • Como o mundo ainda é muito novo para o bebê, se houver muitas pessoas tentando falar e ensinar uma só palavra, ele poderá ficar confuso. Fale olhando diretamente nos olhos do seu bebê e crie um diálogo entre você e ele, pois ele não consegue extrair palavras de uma conversa em geral com outras pessoas.

  • 2. Soletre palavras com calma

  • Para produzir os sons apropriados um bebê precisa aprender a mexer com a língua, com os lábios e respirar ao mesmo tempo. Por isso é importante que soletremos as palavras como ma-mãe ou ne-ném com muita calma, pois o que para nós parece simples aos bebês é complexo.

  • 3. Use sempre a pronúncia correta

  • Os pais são os exemplos para os filhos em tudo, se ensinarmos desde o começo nossos pequenos a falar de forma errada, mais tarde será difícil corrigir. Precisamos resistir à tentação de falar de forma infantilizada com os bebês, pois conforme afirma a fonoaudióloga Debora Befi-Lopes "A criança aprende observando daí a importância de falar corretamente com ela".

  • 4. Aproveite as brincadeiras para ensinar

  • Além de fortalecer os laços afetivos dos pais com o bebê, a hora da brincadeira pode ser um momento muito útil para ensinar as primeiras palavrinhas. Aponte os brinquedos e chame pelo nome ao entregar ao bebê. Mostre-lhe desenhos coloridos ou livros próprios para sua idade e defina os objetos presentes na cena.

  • 5. Importância da interação pessoal

  • Quanto mais interagimos com os bebês, mais rápido aprendem a falar, por esse motivo os aparelhos de comunicação podem confundir os bebês, pois não há um retorno na conversa, "não que esses meios de comunicação sejam prejudiciais, mas não podem ser o principal elemento de estimulação" (Marcella Vidal, fonoaudióloga Telex Soluções Auditivas).

  • 6. Cuidado com a euforia

  • Depois de todo nosso esforço para ensinar é comum uma alegria instantânea ao ouvirmos a primeira palavrinha do bebê. Mas cuidado, isso pode assustar o bebê, ao invés disso procure dar uma resposta, faça-o perceber que você entendeu o que ele disse. Isso fortalecerá sua confiança e o motivará para se lançar na busca de novas palavras.

  • Advertisement
  • Leia também: Particularidades do desenvolvimento do bebê - 3 meses a 1 ano.

  • 7. Contato com outras crianças

  • Assim como as crianças mais velhas imitam umas as outras, os bebês não são diferentes, sempre vão imitar os outros bebês ou crianças a sua volta; dessa forma colocar o bebê para brincar com os irmãos mais velhos ou com outras crianças de seus amigos ou parentes, pode ajudar muito nesse processo.

  • 8. Aproveite a música

  • A maioria das crianças pequenas gosta de ouvir músicas, principalmente se você cantar com ela. Utilize as cantigas infantis para treinar os sons, bater palminhas, bater os pés, cantar parabéns, cantar no banho, entre outros momentos que os sons musicais podem ajudar muito.

  • 9. Não o deixe acomodado

  • Quando há algum choro, birra, ou descontentamento do bebê, tentamos rapidamente descobrir o que está acontecendo; mas quando o bebê já está crescendo podemos deixar que ele peça o que quer, que aponte para o objeto desejado, fale a sílaba que o identifica, para que não haja prejuízos na criatividade da criança. "O mimo em excesso pode impedir que a criança explore o seu mundo e fazer com que ela perca a curiosidade para aprender" (Ana Paula, fonoaudióloga).

  • 10. Repetir e explicar

  • Esse é um serviço que exige bastante paciência dos pais, mas de extrema importância. A criança quando aprende algumas palavras, usa essas palavras para tudo, todos os bichos passam a se chamar "au-au", todas as pessoas "titio", precisamos incluir novas palavras em seu vocabulário, explicando sempre quais animais são, e porque são diferentes.

  • Lembre-se que cada criança tem seu próprio tempo e desenvolvimento, mantenha a paciência e se houver dúvidas consulte seu pediatra.

  • Leia também: 7 dicas para estimular a fala nas crianças.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.

10 passos para estimular o bebê a falar

Qual palavra você deseja que seu filho fale primeiro? Descubra como estimulá-lo para que fale essa palavra e aprenda a falar corretamente bem cedo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr