5 coisas egoístas que podem arruinar seu casamento

Comportamentos egoístas podem ter um impacto negativo sobre o casamento. Saibam quais são esses comportamentos e como evitá-los.

12,768 views   |   2 shares
  • Comportamentos egoístas podem ter um impacto negativo sobre o casamento. Cinco dos comportamentos egoístas mais comuns e destrutivos podem estar acontecendo agora mesmo em seu relacionamento sem o seu conhecimento. Saibam quais são esses comportamentos e como evitá-los.

  • Há uma tendência que tenho notado entre as pessoas que procuram ajuda em aconselhamento de casais. Ambos os parceiros geralmente têm a melhor das intenções. Ambos querem salvar o relacionamento e torná-lo melhor. Mas muitas vezes as pessoas acabam em aconselhamento matrimonial porque estão engajados em cinco comportamentos egoístas que impedem uma boa comunicação e compreensão do outro.

  • 1. Durante uma conversa ou discussão, pensar mais sobre em como refutar e menos sobre o que seu parceiro tem a dizer.

  • Este é o problema número um que vejo entre os casais que procuram aconselhamento. Eles fazem um bom trabalho ao expressar suas frustrações, mas, em seguida, ficam na defensiva quando o outro parceiro começa a falar. Eles começam a formar a sua defesa enquanto a outra pessoa ainda está falando, portanto, faltam as informações importantes que seu parceiro está tentando transmitir. Isso geralmente vai e volta, e muitas vezes eu vejo que ambos os parceiros contribuem para essa barreira da comunicação ao também levar o que o outro faz para o lado pessoal (vou falar sobre isso depois) e tornando-se mais defensivo à medida que as emoções sobem.

  • Sugiro aos meus clientes a prática da escuta, prestando muita atenção à mensagem que seu parceiro está tentando enviar e repetindo de volta o que estão ouvindo, sem sarcasmo ou grosseria. Às vezes é útil até escrever o que você ouve o seu parceiro dizendo para manter a atenção ainda mais em sua mensagem.

  • 2. Não comunicar ao parceiro sobre as questões, tanto individuais como do relacionamento.

  • Eu ainda não encontrei um ser humano que possa ler a mente de outro, e seu parceiro não é uma exceção a essa regra. É egoísta supor que o outro deva saber exatamente o que está errado e como você quer que ele o ajude. Pode ser o estresse no trabalho, preocupações com as finanças ou comportamentos de seu parceiro o que lhe incomoda. A lista pode ser longa, e não falar sobre isso gerará ressentimento e irritação com o outro. Muitas vezes eu vejo casais guardando as tensões e irritações uns sobre os outros. Falar e ouvir pode resolver muito do que o está incomodando.

  • 3. Fazer suposições: Nem sempre é sobre você!

  • Outro lado do comportamento egoísta anterior está em fazer suposições sobre o comportamento do seu parceiro e tomar como pessoal. Quando os seres humanos experimentam o estresse, tendem a reagir em maneiras que nem sempre são úteis ou positivas a um relacionamento. Muitas vezes vejo que um parceiro tem o pavio curto com seu amado. O amado, em seguida, leva essas ações para o lado pessoal e torna-se irritado ou com raiva.

  • Advertisement
  • O ideal é que o parceiro estressado comunique suas razões ao outro (como foi descrito no comportamento número 2). Mas como nenhum de nós é perfeito, pode ser que vá depender do ofendido mostrar esse comportamento para o seu parceiro de uma forma gentil e amável, enquanto comunica como este comportamento o faz sentir-se. Ao fazer isso, tenha o cuidado de colocar as suposições de lado. Em outras palavras, não parta do princípio de que o seu parceiro quis atacá-lo e tinha intenções maliciosas. Em vez disso, lembre-se que ele ainda é a pessoa que você escolheu e a pessoa que você ama.

  • 4. Se preocupar com suas necessidades sexuais e ignorar as necessidades sexuais de seu parceiro.

  • O sexo é uma parte importante do casamento e uma questão que quase sempre vem à tona no aconselhamento de casais. Normalmente, os problemas com o sexo apontam para parceiros com diferentes condutas, desejos e expectativas do que é normal e saudável em um casamento. É importante que cada parceiro fale sobre essas questões. É bom indicar como você gostaria que o sexo fosse no casamento. Uma vez que essas coisas são ditas, tente então considerar o que seu parceiro disse bem como suas necessidades e como você pode acomodar e respeitar essas necessidades. A comunicação é extremamente importante nesta área, e tem de ser uma comunicação contínua.

  • 5. Apenas considerar as peculiaridades e maneirismos de seu parceiro que o incomodam, e não as coisas que você faz e que podem estar incomodando o seu parceiro.

  • Eu não posso dizer quantas sessões de terapia começam com os casais dizendo: "Ele faz isso" ou "Ela faz isso." Essas declarações geralmente descrevem algum comportamento ou traço de personalidade que deixa a outra pessoa louca. Em vez de se concentrar no que a outra pessoa está fazendo, eu incentivo a ambos os parceiros se concentrarem mais em seus próprios comportamentos, particularmente naqueles que irritam a outra pessoa. Eu não peço às pessoas para mudar quem elas são, mas eu peço que se tornem mais autoconscientes e dispostas a fazer ajustes para tornar o relacionamento melhor.

  • Tenha em mente que nenhum relacionamento é perfeito. Se você notar em si qualquer dos comportamentos acima, você já fez um grande trabalho no sentido de corrigir tal comportamento, já que conscientizar-se é muitas vezes o passo mais difícil para a mudança. A chave para a resolução destes comportamentos é a consciência contínua.

  • _Traduzido e adaptado por Stael F. Pedrosa Metzger do original 5 selfish things that can ruin your marriage.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Anastasia Pollock, MA, LCMHC, is clinical director at Life Stone Counseling Centers. She is certified in EMDR through EMDRIA.

Website: http://www.lifestonecenter.com

5 coisas egoístas que podem arruinar seu casamento

Comportamentos egoístas podem ter um impacto negativo sobre o casamento. Saibam quais são esses comportamentos e como evitá-los.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr