Ciúme patológico e doentio: Uma praga que irá destruir o seu casamento

O ciúme patológico não é uma expressão de amor, é uma doença e precisa de um tratamento terapêutico para ser superada.

11,479 views   |   40 shares
  • Cuidado! O ciúme patológico é um transtorno mental. Ao falar sobre o ciúme patológico já não se fala mais sobre um pequeno formigamento que nos faz sentir inseguros sobre o amor de nosso parceiro, aqui falamos sobre o ciúme em outro nível, em um nível patológico e disfuncional. Este transtorno é um tormento para quem sofre e ameaça destruir não só o casamento e a família, mas também as vidas daqueles ao redor da pessoa. O que é o ciúme patológico? Quais são os sintomas? É possível curar essa doença?

  • Definição da patologia

  • De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais DSM IV 297.1 e o CIE-10 F22 o ciúme patológico é um subtipo de transtorno delirante ou delírios. Este transtorno era comumente conhecido como paranóia.

  • Para o Dr. Roque Duran del Rivero, renomado psiquiatra espanhol, o indivíduo preserva muitos aspectos normais de sua personalidade, mas sua vida é gradualmente afetada pela intensidade e intromissão de delírios.

  • A ilusão pode ser definida como uma ideia errada ou equivocada que é mantida pelo paciente de maneira inabalável.

  • Os sintomas ou características do transtorno

    • A pessoa mantém a ilusão com convicção absoluta.

    • Embora a evidência e a lógica mostrem o contrário, a pessoa em causa, permanecerá imutável em sua ideia. No caso do ciúme patológico, é a ideia de que ela está sendo enganada por seu parceiro.

    • O conteúdo dos delírios é improvável e, por vezes, chegam ao extremo de ser fantasiosos.

    • A pessoa pode experimentar sintomas depressivos intermitentes, ou até mesmo um quadro completo de depressão.

    • Neste distúrbio, uma lesão cerebral ou um transtorno psicótico, devido ao consumo de substâncias psicoativas é descartado.

    • A pessoa pode experimentar intolerância, irritabilidade extrema, agressividade e confrontação que não é limitada ao seu cônjuge, nem a sua família, mas se extende ao seu círculo social.

  • Como esse distúrbio afeta quem sofre dele e sua família?

  • Qualquer esclarecimento aqui parece óbvio. No entanto, é importante mencionar o quão debilitante pode ser para uma pessoa que sofre desta doença. As ideias persistentes e fora de controle de uma traição ou infidelidade podem ofuscar a razão do indivíduo com resultados fatais. A pessoa permanece sem paz e tira a de sua família também; principalmente a do cônjuge, a quem perseguem, ameaçam e agridem física e emocionalmente.

  • Advertisement
  • É possível curar esta doença?

  • A resposta é sim, mas você deve recorrer a um profissional de saúde mental.

  • Para começar, é necessário um diagnóstico inicial para determinar o grau de evolução da patologia. É importante documentar-se tentando estabelecer as diferenças entre o ciúme, que até certo ponto é normal, e o ciúme patológico. Se você definitivamente se identificar com as características ou sintomas mencionados, é melhor não esperar e procurar ajuda profissional. Sem ajuda é impossível controlá-lo. Em alguns casos, a medicação é necessária para neutralizar a ansiedade e outras manifestações emocionais.

  • Cuidado com o consumo de bebidas alcoólicas e drogas psicoativas

  • É bem provável que a predisposição para a doença se agrave e alcance grandes níveis de caos sob a influência de álcool ou drogas psicoativas. É importante notar que a desordem pode permanecer oculta e a pessoa pode ocultar seus delírios durante algum tempo. Isto é especialmente verdade quando se engaja um contato com o dito distúrbio. Conforme você ganha confiança na relação afetiva, sua patologia vai se transbordando até se tornar evidente.

  • Se você ou seus filhos estão expostos

  • Não se deixe levar pelo sentimento afetivo. Na maioria das vezes o que acontece é que, quando a pessoa que sofre de ciúme patológico estoura, pode inclusive agredir fisicamente e depois disso ela irá experimentar um grau de tranquilidade interior ao desabafar sua fúria. Então virá o momento em que irá pedir desculpas e prometer mudar. O próprio amor por essa pessoa é o que deve motivar a procura de ajuda profissional, tentando salvar a vida e a integridade de seu parceiro, a sua e a de seus filhos.

  • O ciúme patológico não é uma expressão de amor, é uma doença e precisa de um tratamento terapêutico para ser superada.

  • _Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original Celotipia - Celos enfermizos que destruirán tu matrimonio.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Hay un momento de la vida en que descubrimos que necesitamos un cambio para poder avanzar y crecer reconoce el momento y no pierdas la oportunidad.

Website: http://elartedeamaryolvidar.blogspot.com/

Ciúme patológico e doentio: Uma praga que irá destruir o seu casamento

O ciúme patológico não é uma expressão de amor, é uma doença e precisa de um tratamento terapêutico para ser superada.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr