5 passos para saber lidar com os jovens universitários e seus conflitos

Se as atitudes de seu filho universitário estão preocupando você, bom analisar estas dicas.

902 views   |   shares
  • Normalmente a entrada na universidade coincide com o final da adolescência e o jovem ainda carrega muitos conflitos inerentes ao período. Com dezoito anos já são considerados adultos e podem frequentar livremente todo tipo de estabelecimento. Aí é que mora o perigo, pois, o que mais se encontra em volta das universidades são bares e outros eventos que os alunos frequentam com grande entusiasmo.

  • Encorajando seu filho adolescente a se preparar para a faculdade
  • A turma

  • Segundo este artigo, a socialização é muito importante para o jovem, por isso o pavor que costumam ter de ser rejeitados pelos colegas. O bullying é um problema mundial que pode causar grandes danos e, infelizmente, é muito comum nos ambientes jovens. Para evitar a rejeição e o bullying, muitos adolescentes mudam seu comportamento com base na influência social, o que pode ser muito negativo.

  • Se seu filho tem preocupado você nesse sentido, observe essas dicas de como agir com ele:

  • 1. Não entre em conflito

  • Seu filho está precisando muito de você, entrar em conflito com ele só piora a situação complicada em que ele se encontra. Se você se mantém distante ou está sempre em sobressalto, isto é, nem escuta direito o que ele diz e já vocifera, a tendência é que ele se afaste mais e mais de você. Isso porque ele se sentirá sufocado e pode começar a mentir para se ver livre de discussões.

  • 2. Dê abertura para o diálogo

  • Abrir e manter os canais de comunicação com seu filho é essencial para se entender com ele e, ainda, ajudá-lo em suas dificuldades. Para tanto é preciso expressar de forma clara seus sentimentos, dizendo o que lhe preocupa na mudança de comportamento dele. É importante que você ouça seu filho, dando a ele oportunidade de dizer o que sente e, se for o caso, reveja sua posição. Pode ser que suas preocupações sejam por excesso de cuidado, vale dar essa chance a ele.

  • Advertisement
  • 3. Reconheça a idade dele

  • É natural que os pais se assustem e demorem a reconhecer que seus filhos cresceram e, naturalmente, assumiram outros hábitos. Uma autoanálise é muito interessante, para não correr o risco de criar um problema sério com seu filho. Mas, de qualquer forma, não deixe de tratá-lo em conformidade com a idade dele, inclusive com as responsabilidades inerentes. Se ele é um adulto, precisa agir como tal.

  • 4. Inspire reflexões

  • Melhor do que qualquer discurso, que muitas vezes "entra num ouvido e sai pelo outro", o melhor é fazer o seu filho pensar sobre os riscos que ele está correndo, com comportamentos que talvez nem sejam da sua vontade. Faça perguntas de como ele se sente, por exemplo, em determinada situação que você considera prejudicial. Ele tem bebido muito, faltado aulas, não tem estudado? Tudo é motivo para que você busque fazer com que ele reflita. Também o medo da rejeição dos colegas é um tema essencial para você colocar em questão. Pergunte a ele coisas do tipo: Porque é tão importante seguir os outros? O que ele pensa em relação aos hábitos da turma dele?

  • 5. Mantenha a autoridade

  • Mas é importante não confundir habilidade de agir com falta de autoridade. Seu filho precisa conhecer e obedecer limites. Claro que se esse foi sempre o relacionamento de vocês, tudo fica mais fácil, caso contrário, mudanças são fundamentais. É importante que ele reconheça que você tem o direito de se preocupar e até de agir, se for o caso.

  • 3 conselhos valorosos para ajudar os filhos na escolha da profissão
  • É preciso compreender que esse é um período de autoafirmação muito delicado para o seu filho, por isso ele precisa sentir segurança e maturidade na sua forma de agir. Vale muito aprender a lidar com as dificuldades do momento para não se arriscar a fracassar como pai ou mãe.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Escritora, educadora e consultora; especialista em MEDIAÇÃO DE CONFLITOS e MEDIAÇÃO CORPORATIVA. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: http://www.suelyburiasco.com.br

5 passos para saber lidar com os jovens universitários e seus conflitos

Se as atitudes de seu filho universitário estão preocupando você, bom analisar estas dicas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr