9 ameaças que, se não cuidadas, podem minar um casamento

Se você deseja garantir o seu relacionamento, veja estas 9 ameaças que minam um casamento e procure evitá-las.

21,831 views   |   4 shares
  • Muitas pessoas que desejam se casar ficam inseguras sobre o relacionamento e a vida a dois.

  • A vida a dois pode ser uma ótima experiência de aprendizado, crescimento e realização. Porém, para que não seja o contrário, e como casal não acabem na sala do terapeuta, será preciso sabedoria, maturidade e uma ótima comunicação conjugal, entre outras coisas. Isso pode levar tempo.

  • Mas por que muitos casamentos vão se consumindo pouco a pouco? Muitos casais colocam a culpa na comunicação conjugal.

  • Segundo o psicólogo e escritor Kelly M. Flanagan, "A comunicação conjugal está recebendo uma má reputação". Ele explica que "todo mundo se une contra ela quando a verdade é que, no casamento, ela está apenas reagindo aos que começaram a briga", ou seja, certas atitudes do casal.

  • Se você deseja garantir o seu relacionamento, veja estas 9 ameaças que minam um casamento e procure evitá-las.

  • 1. Casamos com as pessoas porque gostamos de quem elas são

  • A vida passa e as pessoas mudam. É melhor saber disso para não alimentar falsas expectativas. Procure se casar com alguém por causa de quem ela vai se tornar, não por quem ela é, ou quem você deseja que ela seja. Dessa forma vocês passarão a vida inteira juntos e participarão das realizações um do outro.

  • 6 coisas que mudam após você se casar
  • 2. Casamento não é remédio para a solidão

  • Cada pessoa é um ser único, individual, é a condição humana. Como o casamento não altera essa condição, culpamos o cônjuge por não nos amar, de estar agindo errado e procuramos outro lugar ou pessoa. Mas o casamento pode ser o lugar onde duas pessoas compartilham experiências individuais que dissipam a solidão.

  • 3. Bagagem dos defeitos, todos nós carregamos

  • Vivemos parte da vida fingindo que nossos defeitos não existem, até que a pessoa que amamos joga na nossa cara. Nos magoamos e exigimos a retratação. Se em vez de nos concentrarmos nos defeitos da outra pessoa, trabalharmos para curar nossos próprios defeitos e comportamentos, que irritam os outros, caminharemos para tornar o relacionamento melhor.

  • 4. O ego ganha

  • Todos temos um, é uma coisa boa, é o que nos mantinha, quando jovens, seguros das flechas e pedradas emocionais. Agora, no casamento, é um muro que separa. É preciso derrubá-lo. Dialogue ao invés de ficar na defensiva, perdoe ao invés de se vingar, se desculpe ao invés de culpar, seja humilde ao invés de indiferente e tenha tolerância ao invés de poder.

  • Advertisement
  • 5. A vida é complicada e casamento é vida

  • Assim como a vida o casamento também é complexo, cheio de altos e baixos. Quando as coisas não vão bem colocamos a culpa no cônjuge e complicamos a vida e o amor. Para que o casamento dure é preciso que o marido e a mulher entrelacem os dedos para se unir ao invés de usá-los para apontar o dedo um para o outro. Essa é a melhor forma de caminharem através das dificuldades da vida.

  • 6. Empatia é difícil

  • Empatia não é uma aptidão que acontece com duas pessoas ao mesmo tempo. No casamento também não, um dos cônjuges deve ser o primeiro a ceder e ficamos esperando que nosso parceiro seja o primeiro. Quando um dos cônjuges resolve ceder, nem tudo acontece como ele esperava porque as pessoas que amamos são seres humanos com falhas e nunca serão perfeitos. A verdade é que temos que amá-las de qualquer forma.

  • 7. Preocupamo-nos mais com nossos filhos do que com a pessoa que nos ajudou a gerá-los

  • Os filhos não devem ser nem mais nem menos importantes que nosso cônjuge ou casamento. Se forem mais importantes o relacionamento não será o ideal. Se forem menos importantes, eles se comportarão mal, darão trabalho. Família é trabalho constante para encontrar o equilíbrio.

  • 4 principais razões por que é importante colocar o seu cônjuge antes de seus filhos
  • 8. A luta pelo poder

  • Os conflitos no casamento são, em parte, uma negociação entre o nível de ligação, de dependência, de relação do casal. De modo geral o homem sempre quer menos e a mulher mais, mas o contrário também ocorre. Num casamento equilibrado os cônjuges estão no mesmo nível da hierarquia, decidem juntos, têm equilíbrio entre o dar e o tomar do casal.

  • 9. Não sabermos mais como manter o interesse em uma coisa ou pessoa

  • O mundo está cheio de coisas diferentes que atrai nossa atenção e com tanta distração, nos concentrar em uma única coisa é um desafio. Já não há mais tanto tempo para o cônjuge, o cansaço, desânimo e falta de interesse aparecem. Se quiser que seu casamento sobreviva e prospere, medite sobre a pessoa da sua vida e passe um tempo significativo juntos. Afinal, para o amor crescer é preciso tempo.

  • 5 sinais de que você pode já estar traindo seu cônjuge - e não sabe
  • Advertisement
  • A vida a dois pode transformar-nos numa pessoa que é uma versão melhor de nós mesmos, amorosa, que suporta o peso da solidão, que tem se livrado dos defeitos, que tem substituído os muros por pontes, abraçado a causa de estar vivo mesmo sendo complicado, que arrisca a empatia e perdoa os desapontamentos, que ama e se compromete, e que se dedica a uma vida de presença, consciência e atenção.

  • Essa é a vida pela qual vale lutar.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Sou esposa e mãe de duas lindas filhas. Amo minha família! Gosto de ler e me informar sobre vários assuntos, de artesanato e atividades que envolvam a família e os amigos.

9 ameaças que, se não cuidadas, podem minar um casamento

Se você deseja garantir o seu relacionamento, veja estas 9 ameaças que minam um casamento e procure evitá-las.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr