Saúde da mulher: 2 sintomas preocupantes de endometriose que você precisa observar

Já pensou em ter algo que lhe impeça de ser mãe? Conheça melhor uma doença comum, mas que pode passar despercebida por você e por outras mulheres.

111,768 views   |   131 shares
  • Segundo estatísticas de estudos realizados pelo Médico Dr. Willian Kondo (especialista em endometriose), hoje, no Brasil, em um grupo de 10 mulheres, cerca de 3 delas podem possuir alguma doença ginecológica que está ou pode impedir essa mulher de ser mãe, e algumas delas nem sabem disso.

  • Eu sou uma dessas mulheres, você pode ser também. Espero que não seja, é claro, mas agora, a partir deste artigo, pode descobrir ou desconfiar de algo que não esteja funcionando muito bem em seu organismo: se acontecer isso após ler, procure seu ginecologista e converse com ele sobre essa possibilidade.

  • Que doenças são essas?

  • Algumas dessas doenças mais comuns entre as mulheres são: ovários policísticos; trompas obstruídas; miomas uterinos, doença inflamatória pélvica, endometriose, entre outras.

  • Essas doenças e sintomas podem aparecer desde a primeira menstruação de uma menina. A menstruação precisa ser algo regular, com fluxo mediano e sem dores extremas (cólicas fortes demais). Se houver qualquer irregularidade, já pode ser indicativo de alguma doença. Não hesite em investigar mais a fundo, quanto antes se descobre o problema melhor é o tratamento.

  • Sintomas mais comuns da Endometriose

  • Inúmeras mulheres possuem:

    1. A tão famosa crise de TPM (tensão pré-menstrual), mas cuidado! Conforme afirma Dr. Willian, reações exageradas nesse período podem indicar alguma disfunção no organismo, reações como choro excessivo, irritabilidade extrema, associada a outros sintomas como cólicas fortes, pode ser endometriose.

    2. Dores ou ardor pélvicos ao urinar, ou depois de praticar relações sexuais, também podem ser indicativos para alguma doença ginecológica. Secreções ou corrimentos também não são normais, investigue.

  • Como e quando buscar tratamento

  • Infelizmente, muitas de nós mulheres adiamos algumas coisas extremamente importantes referente à nossa saúde, devido às tantas atribuições que nos cercam, e então quando vamos tentar engravidar, ou ter um segundo filho, descobrimos que não conseguimos, pode surgir o diagnóstico de algo desagradável, que poderia ser mais fácil se descoberto antes.

  • Por esse motivo, a maioria das mulheres que possui essa doença só descobre quando surge também o sintoma da infertilidade. Contudo, precisamos saber que não é verdade o que todos dizem que TPM e cólicas fortes são sintomas comuns, não são! Dores abdominais fortes, mesmo antes da chegada da menstruação, sistema nervoso descontrolado, diarreia, vômito, cólicas de intensidade não são nada comuns. Investigue caso você ou sua filha possua alguns desses sintomas.

  • Advertisement
  • Relato de uma cura surpreendente

  • Como havia mencionado, eu sou uma vítima desses dizeres ou "achismos" da sociedade, que infelizmente podem piorar algumas doenças. Como a maioria das mulheres, quando me casei e decidi engravidar procurei alguns médicos que disseram ser comum alguns sintomas como cólicas fortes, mas detalhe: na minha primeira menstruação eu desmaiei. Isso não é comum.

  • Mas, ficamos esperando o prazo de um ano - conforme disseram ser preciso - para então desconfiar de algum problema de infertilidade. Portanto, se houver algum sintoma, não espere! Procure um especialista em doenças ginecológicas antes.

  • Cansados de ouvir a palavra espere, procuramos um especialista próprio. Realizei inúmeros exames, repeti os exames, então descobrimos a endometriose, algo que eu já desconfiava e muito.

  • No meu trabalho, eu precisava sair muitas vezes para fazer exames e outras coisas. Diante disso, algumas pessoas ficaram descontentes comigo, mas minha prioridade era um bebê. Orei muito para que minha gravidez acontecesse, então resolvi deixar o trabalho e optar pela escolha mais linda e preciosa que fiz: "ser mãe".

  • Intensifiquei o tratamento, agilizei, fiz dois procedimentos cirúrgicos, um para retirada de um cisto no ovário, e o segundo uma laparoscopia para retirada dos endométrios (sangue) parados nos órgãos que impediam os espermatozóides de chegar até o ovário.

  • Dois meses após a cirurgia estava grávida da minha princesinha. Foi rápido, pois optei por nunca tomar anticoncepcional para aliviar as cólicas como alguns médicos sugeriam, pois eu sabia que o remédio demora a sair do organismo, (opção e escolha minha).

  • Enfim, queridas mulheres, não deixem para amanhã o que vocês precisam fazer hoje, confiem em seu coração, se acha ou desconfia que possa ter endometriose ou outra doença, procure um tratamento, as alegrias da maternidade são comparadas com a glória extrema. Se conhece alguém que sempre está com cólicas fortes, ajude essa pessoa mostrando este artigo.

  • Observação importante

  • Não sou médica, nem homeopata, nem nada, apenas quero ajudar outras mulheres a se prevenirem dessa doença que é tão comum hoje em dia. Se sentir algum sintoma, procure um especialista, melhor ouvir que não é nada, do que adiar o tratamento de uma doença. Sejam felizes! Se cuidem!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Bacharel em Direito, Mediadora e Conciliadora de Família, realiza palestras para noivos e recém-casados sobre relacionamentos, especialista em Psicologia Jurídica, esposa, mãe e genealogista.

Saúde da mulher: 2 sintomas preocupantes de endometriose que você precisa observar

Já pensou em ter algo que lhe impeça de ser mãe? Conheça melhor uma doença comum, mas que pode passar despercebida por você e por outras mulheres.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr