3 maneiras em que seus relacionamentos podem estar matando você

Gostamos de ter o amor em nossas vidas. Mas alguns relacionamentos podem estar literalmente matando você.

5,704 views   |   shares
  • Em um ambiente onde os ricos e famosos parecem ter um advogado de disque divórcio como agente, faz crer que os casais de celebridades estão fadados ao fracasso inevitável, simplesmente porque eles são famosos, e divórcio é um mero acidente do trabalho.

  • No entanto, quando se deixa de lado o brilho e os excessos, descobrimos que casamentos envolvendo pessoas como Patrick Dempsey, Hilary Duff, Chris Rock e Mariah Carey chegaram ao fim por razões surpreendentemente comuns; razões que podem soar familiares para a grande parte da população em geral. A carreira de milhões de dólares não está acima dos ciúmes, da infidelidade, insegurança, obsessão ou depressão.

  • 10 segredos das mulheres inteligentes para ser feliz no casamento e na vida
  • Gostamos de ter amor em nossas vidas. A distração alegre de pensar nele durante todo o dia, e a antecipação das possibilidades dessa relação progredir e crescer em força faz com que nosso coração dispare. Mas, se o pulso acelerado ou palmas das mãos úmidas são o resultado de um namorado excessivamente crítico ou uma namorada ciumenta, seu relacionamento pode estar matando você. Relacionamentos tóxicos muitas vezes levam a um estresse extremo, depressão e um sistema imunológico enfraquecido. Veja como.

  • 1. Estresse

  • Tentar manter um relacionamento do tipo "lute ou fuja" certamente debilita a capacidade do seu corpo de funcionar normalmente. Ansiedade, pressão arterial elevada, e estresse cardíaco comprometem a sua saúde.

  • Em um artigo de junho de 2013, "Como os relacionamentos podem deixá-lo doente", publicado em Healthgram.com, o autor faz referência a um estudo realizado na Universidade Estadual de Ohio, onde os pesquisadores descobriram que homens e mulheres casados afetados por preocupações sobre a estabilidade de seus relacionamentos tinham níveis mais elevados de cortisol, o hormônio do estresse. O estudo também encontrou níveis mais baixos de células T, que ajudam a combater infecções.

  • 4 condições básicas para ter um casamento sem estresse
  • Advertisement
  • A pesquisa concluiu: "Aqueles mais preocupados com seus casamentos tinham 11 por cento mais cortisol e de 11 a 22 por cento mais baixos os níveis de células T do que aqueles menos ansiosos". O pesquisador-chefe disse que os resultados são muito provavelmente ligados já que o aumento do cortisol pode reduzir a produção de células T.

  • Relacionamentos atormentados por má comunicação, ciúme, traições, medo, ansiedade, e objetivos conflitantes trazem o risco de um ambiente cronicamente estressante.

  • 2. Depressão

  • Seu par pode estar "matando-o suavemente com sua canção", mas ele também está causando algum dano muito sério com suas palavras e ações. A relação nublada pela desconfiança ou abuso emocional vai apresentar a conta sobre o bem-estar físico e emocional do parceiro.

  • Quando a negatividade deixa rachaduras no espírito de uma pessoa, a depressão preenche os espaços vazios. Os resultados podem ser devastadores para a saúde.

  • Em seu artigo, "5 maneiras em que um mau relacionamento pode deixá-lo doente", a conselheira de relacionamentos Marcelina Hardy escreveu: "Quando você está discutindo com o seu parceiro e sente-se fisicamente doente, você não tem prazer na vida. Seu amor deve ser algo que enriqueça você. O amor deve fazê-lo sorrir na parte da manhã, e se sentir grato à noite. Ele deve ser o que reduz o estresse, em vez de criá-lo. Por estas razões, tome medidas para melhorar o seu relacionamento, para que ele não lhe deixe doente. Se você estiver tentando resolver os problemas e simplesmente não está funcionando, pode ser hora de considerar o quanto você realmente precisa dessa pessoa em sua vida."

  • O que fazer quando a depressão está afetando seus relacionamentos
  • Se você está sustentando um relacionamento com um parceiro que é excessivamente crítico, constantemente desconfiado, ou possessivo, isso pode estar lhe adoecendo. Uma relação doentia convida sentimentos de desesperança, medo de abandono, e um sentimento de perda por metas não cumpridas ou qualquer esperança de felicidade.

  • 3. Sistema imunológico enfraquecido

  • Uma das vantagens de estar em um relacionamento saudável é essa energia de euforia que alimenta o seu dia. Quando a depressão invade o entusiasmo, afeta suas escolhas e estilo de vida. O exercício se torna um fardo, uma alimentação saudável torna-se uma distração. Antes que você perceba, você está enfrentando pressão alta, colesterol alto, ganho de peso, e um sistema imunológico comprometido, que é incapaz de evitar infecções e doenças.

  • Advertisement
  • "As relações não saudáveis podem ser assim", escreveu a conselheira profissional e enfermeira, Suzanne Jones em seu artigo, "o seu relacionamento o está deixando doente?" Às vezes, em um esforço para ser solidário e útil, encontramo-nos afogando em exigências irreais e intermináveis. Não podemos suportar a ideia de ferir esta pessoa ou deixá-la para baixo, por isso, tentamos e tentamos fazer ajustes para salvar o relacionamento. Vamos a extremos para manter esta pessoa feliz. Sacrificamos nossa paz e felicidade pelo outro.

  • Ela acrescentou: "Em um esforço para ser paciente e útil, podemos estar colocando-nos no caminho do perigo. Assim como o resgate de uma pessoa se afogando, estamos em risco quando chegamos muito perto e nos emaranhamos nos problemas de uma pessoa doentia e suas questões. Essas relações podem fazer em nós uma bagunça física e emocional."

  • 20 superalimentos que combatem o resfriado
  • Ao longo dos anos, o amor tem sido responsabilizado por uma série de coisas. Às vezes, ele fede, ele dói ou machuca. Às vezes, as pessoas têm sido acusadas de dar-lhe um nome ruim. No entanto, um relacionamento saudável, forte, sólido e positivo não é assim. Ele reforça a sua vida e melhora sua saúde.

  • Assim, se qualquer uma dessas coisas se aplica ao amor que você tem em sua vida, é hora de se afastar para um relacionamento saudável e com qualidade de vida.

  • _Traduzido e adaptado por Stael F. Pedrosa Metzger do original 3 ways your relationships could be killing you

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Amy Osmond Cook, Ph.D., is the Director of Provider Relations at North American Health Care and faculty associate at Arizona State University. For more information, please visit drosmond.com, asu.edu, and nahci.com.

Website: http://www.amyosmondcook.com

3 maneiras em que seus relacionamentos podem estar matando você

Gostamos de ter o amor em nossas vidas. Mas alguns relacionamentos podem estar literalmente matando você.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr