Sexting: O que fazer se seu filho já o pratica

Sexting é a pratica de tirar fotos do seu corpo ou do corpo de outra pessoa, nu ou semi nu, e enviar para outras pessoas via internet ou pelo celular. Esta prática pode trazer impactos negativos psicológicos e sociais.

6,095 views   |   11 shares
  • O avanço da tecnologia nos proporciona inúmeras facilidades no que diz respeito a rapidez de comunicação. Porém, esse avanço não traz apenas aspectos positivos, com ele vem também alguns aspectos negativos que se não forem observados podem causar muitos problemas.

  • Um deles é a prática do sexting, junção das palavras sex e texting do Inglês, que significam sexo e envio de mensagens por celular. Essa prática tem ganhado mais adeptos a cada dia e está bastante difundida entre os jovens.

  • Sexting é quando a pessoa tira fotos do seu corpo ou do corpo de outra pessoa, nu ou semi nu, e divulga via internet ou pelo celular.

  • Num estudo entitulado "Sexting no Brasil – Uma ameaça desconhecida" revela que 76% das pessoas entrevistadas não sabiam o que era sexting, embora 65% fossem praticantes. Casais estão entre a maioria dos que tiram fotos ou fazem vídeos sensuais e enviam a seus companheiros(as).

  • As estatísticas são preocupantes pois revelam que cada vez mais pessoas estão aderindo à essa prática, que é mundial, e que são cada vez mais jovens.

  • Os jovens, na maioria das vezes, não possuem completa clareza das consequências que essa prática envolve. Com a facilidade no compartilhamento de imagens e vídeos pela internet esses conteúdos acabam sendo divulgados e utilizados de forma prejudicial para o jovem e sua família.

  • Pessoas mal-intencionadas se aproveitam dessa situação, tais como pedófilos ou os próprios adolescentes com o intuito de expor a pessoa, ao que se dá o nome de Cyberbullying.

  • Portanto, aos pais, todo cuidado é pouco. Devem estar atentos ao que os filhos têm postado em suas redes sociais como Twitter, Facebook, Instagram e outros tipos de redes sociais.

  • É muito difícil, na fase da adolescência, conseguir monitorar de que forma os jovens têm utilizado o mundo virtual. Uma dica é manter o computador de casa em um local de grande visibilidade, como a sala por exemplo. Claro que o jovem que estiver fazendo algo que queira esconder se valerá de outras estratégias, mas por incrível que pareça há pais que facilitam que tais coisas ocorram dentro de seu próprio lar.

  • O que nós pais podemos fazer é buscar nos informar e orientar nossos filhos:

  • Advertisement
    1. Monitore como os seus filhos têm utilizado a internet. Explique que não se trata de violação de privacidade e sim de cuidado. Deixe-os saber que você sempre estará de olho.

    2. Converse com o seu filho sobre o assunto. Pergunte a ele o que ele pensa sobre essa situação e fale sobre as consequências causadas por isso.

    3. É importante conversar com seu filho sobre confiança e respeito pelo próximo.

    4. Converse sobre o que está acontecendo com os adolescentes na atualidade e diga que isso não é legal.

    5. Mostre que na vida podemos fazer escolhas, porém temos que arcar com as consequências.

  • Sexting tem a ver com pornografia e com a visão errônea do sexo, que é um presente divino aos casais. É um assunto sério e deve ser tratado como tal.

  • Demonstrar amor e compreensão, oferecer informação e orientação, bem como deixar que o jovem assuma as responsabilidades por seus atos depois que conhecer as desvantagens de tal prática, terão maior influência sobre a vida deles do que o castigo e as brigas.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

Sexting: O que fazer se seu filho já o pratica

Sexting é a pratica de tirar fotos do seu corpo ou do corpo de outra pessoa, nu ou semi nu, e enviar para outras pessoas via internet ou pelo celular. Esta prática pode trazer impactos negativos psicológicos e sociais.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr