4 lições que aprendi com o casamento

O casamento traz grandes desafios, e junto com eles grandes lições que podem ajudar em nosso processo de crescimento emocional e espiritual.

33,242 views   |   33 shares
  • Quando falamos em casamento, várias coisas podem passar por nossa cabeça. Algumas pessoas podem associar a palavra casamento a um tipo de prisão ou perda da liberdade. Outras ainda podem pensar em um compromisso eterno, e a união de duas pessoas que realmente se amam. Alguns pensam logo em brigas e na mesma hora em divórcio. Aqueles mais românticos pensam em casamento como um conto de fadas ou um mar só de alegrias.

  • A verdade é que ninguém sabe ao certo o que é um casamento até se casar. Muitos não aprendem o que é um casamento mesmo depois de estarem nesse compromisso há anos.

  • É claro! O casamento não é uma instituição com normas e condutas preestabelecidas. Todo casal vai estipular suas próprias condutas depois do "sim". E apesar de alguma ajuda que porventura venha a receber de parentes, terapeuta, ou seja lá de quem for, no fim cada casal vai acabar lidando com o seu casamento seguindo os ditames do próprio coração. Ao se deparar com cada situação, espontaneamente o casal lidará com ela de forma totalmente pessoal. E apesar das dificuldades que advêm de qualquer relação, especialmente do casamento, a verdade é que quanto mais tempo se tem de casado, mais lições valiosas o casal pode aprender, se souber tirar proveito até mesmo das dificuldades. Podemos citar, por exemplo, que:

  • 1. O amor pode ser sim para sempre

  • O que faz algumas pessoas defenderem a ideia de que o amor não dura para sempre é o fato de elas pensarem no amor de uma forma exclusivamente emocional. Não estou aqui para dar um esclarecimento absoluto a respeito do que é o amor, porque não sou a dona da verdade, nem especialista no assunto para dizer que o amor deve ser assim ou "assado". Mas algo que aprendi no casamento é que o amor envolve muito mais do que o mero sentimento, aquela paixão que nos deixa abobalhados. E nesse contexto, o amor pode durar sim para sempre, e crescer cada vez mais, de uma forma peculiar e única para cada um de nós. E um dos atributos imprescindíveis para esse amor ser sempre alimentado é a tolerância, outra lição que aprendi no casamento.

  • 2. É importante esclarecer que tolerar é mais do que suportar

  • Se você for pensar rapidamente no sentido da palavra tolerância, provavelmente vai pensar de imediato em aguentar, suportar, aturar... Mas a verdade é que a tolerância envolve certo esforço para continuar amando o seu companheiro mesmo com as diferenças.

  • Existem muitas coisas que são difíceis de aceitar nas outras pessoas, especialmente na que está ao nosso lado. Como muitas dessas diferenças são gritantes, é comum sermos tentados logo a desistir. Quero deixar bem claro que não estou falando em aceitar abusos ou violência, certo? Quando falo em diferenças falo em características que nos tornam quem somos. E muitas delas podem ser insuportáveis para o outro. A menos que se aprenda a adquirir o dom da tolerância. Afinal o amor, como já falei antes, é muito mais do que somente sentimento. E o casamento é muito mais do que um acordo ou um papel assinado. Outra grande lição...

  • Advertisement
  • 3. Junto com a tolerância vem a empatia

  • A empatia é quem sabe um dos maiores dons que podemos desenvolver. O que é a empatia? Neste artigo maravilhoso há uma excelente definição de empatia de uma forma prática. Mas para simplificar, empatia é o dom de se colocar no lugar do outro, em um esforço singelo de procurar entender o que se passa com o outro ou sentir o que o outro sente.

  • No casamento é essencial que possamos nos colocar no lugar da pessoa com quem vivemos e dividimos nossa vida. Como podemos tolerar certas diferenças irritantes no nosso companheiro? Buscando se colocar no lugar dele. Tentando, por um breve momento, enxergar a vida e as situações do dia a dia pela perspectiva do nosso companheiro. E perceber que ele é essencialmente diferente, porque carrega com ele uma história, um espírito moldado em um círculo diferente daquele onde você foi moldado. Tal atitude sem dúvida pode ajudar o outro a também tolerar e entender certas atitudes irritantes em você.

  • 4. Outra lição importante é que nosso companheiro muda todos os dias

  • Tenho muito claro na minha cabeça que eu não estou casada com o mesmo homem de dez anos atrás... E daqui a dez anos não estarei casada com o mesmo homem de hoje. Mudanças ocorrem sempre. Isso é natural em mim e em você. Algumas mudanças são boas, outras nem tanto. A pessoa muda com a idade, o ambiente influencia. As situações, o trabalho, a pressão, tudo faz parte de um agente que nos transforma diariamente. Então, não podemos esperar que nosso companheiro continue sendo o mesmo sempre.

  • Quem sabe seja uma boa oportunidade de aprender com as mudanças e em alguns casos até mesmo celebrar o novo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

4 lições que aprendi com o casamento

O casamento traz grandes desafios, e junto com eles grandes lições que podem ajudar em nosso processo de crescimento emocional e espiritual.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr