6 hábitos das famílias altamente felizes

Aprenda os 6 hábitos das famílias realmente felizes que mostram a chave para educar os filhos e ter um casamento e família fortes.

12,428 views   |   9 shares
  • Vocês já pararam para pensar em como suas ações afetam sua família? Não só no presente, mas no futuro também?

  • Acredito que não exista nenhuma família igual no mundo. Afinal, quando duas pessoas decidem começar uma família, unem criações diferentes, personalidades diferentes, qualidades e defeitos diferentes. Isso tudo cria uma combinação única!

  • Apesar de toda essa singularidade, percebi que todas as famílias infelizes têm algo em comum: o hábito de procurar defeitos e guardar ressentimentos.

  • Nenhum de nós é perfeito. Todos cometemos erros.

  • Algumas vezes ofendemos a quem amamos e em outras vezes somos magoados. Apesar de existirem vários níveis de ofensas (e vários níveis de mágoa também!), observei o que todas as famílias realmente felizes têm em comum:

  • 1. São famílias de fé

  • A família que sente o amor de Deus todos os dias tem a capacidade de amar mais e de se doar mais.

  • Podemos usar a tecnologia a nosso favor, buscando na Internet vídeos com histórias bíblicas, histórias inspiradoras, baixar trechos da Bíblia em áudio para ouvir no carro, durante as idas e vindas do trabalho e da escola.

  • 2. São famílias que oram

  • Deus é nosso Pai e quer conversar conosco!

  • Toda família deveria orar junta pelo menos uma vez ao dia. Podemos agradecer pelas muitas bênçãos que recebemos e pedir por bênçãos específicas que cada membro da família esteja precisando no momento, de acordo com os desafios que estiver enfrentando - tais como, a ajuda para executar um determinado trabalho, ou para conseguir se preparar bem para as provas da escola.

  • Essas orações em família são oportunidades excelentes para ensinar aos filhos princípios como a gratidão, fé e o amor a Deus e uns pelos outros.

  • 3. São famílias que demonstram arrependimento e perdão

  • O ego entra em ação quando marido e mulher, pais e filhos ou irmãos precisam pedir perdão uns para os outros. Ele aumenta o convencimento do ofendido e cega-o para a realidade dos fatos.

  • Lembro-me de uma aula sobre perdão em que a professora pediu que uma das crianças segurasse uma sacola e que as outras contassem sobre coisas ruins que já fizeram a elas e para cada uma, a professora acrescentava uma pedra à sacola.

  • Quando a sacola estava já bem cheia, pediu que a criança andasse até o outro lado da sala. Não dava! A sacola era pesada demais para carregar.

  • A professora sugeriu, então, que removessem cada uma das pedras. Ficou muito mais fácil caminhar sem aquele peso extra para carregar!

  • Advertisement
  • O rancor é como aquela sacola cheia de pedras – é muito difícil viver arrastando esse fardo. Precisamos nos livrar dele!

  • Quando sentir que a ofensa machucou demais e é impossível perdoar, tente orar pela pessoa. Pode ser que isso venha a mudar o coração dela, ou não. Mas com certeza irá transformar o seu coração.

  • 4. São famílias que respeitam e demonstram amor

  • Toda família está sujeita a enfrentar momentos de tribulação. Mas, com paciência, respeito mútuo e tolerância qualquer problema familiar pode ser solucionado.

  • Os atos de bondade e gentileza, realizados conscientemente, fortalecem o relacionamento entre o marido e a mulher e entre eles e os filhos.

  • Quando o marido respeita a mulher e a valoriza na frente dos filhos, eles aprendem a respeitá-la e a se respeitarem também. O contrário também é válido.

  • 5. São famílias que trabalham

  • Vivemos em uma época em que todos parecem querer o "dinheiro fácil" – aquele que vem em grande quantidade e com o mínimo de esforço.

  • Uma coisa que aprendi cedo na vida é que nada que é realmente bom vem fácil.

  • Os pais precisam ensinar os filhos o valor do trabalho, e que é por meio dele que conseguirão alcançar seus objetivos.

  • Os filhos precisam sentir que fazem parte da família e todos devem ter suas tarefas a cumprir para que o lar seja limpo e organizado. Até as crianças bem pequenas têm condições de ajudar com pequenas tarefas, como guardar os sapatos ou organizar os brinquedos.

  • Os pais podem ajudá-los a identificar e a desenvolver seus talentos e, também, a superar suas dificuldades por meio do esforço e da dedicação constantes.

  • 6. São famílias que brincam

  • O tempo de lazer é tão importante quanto o tempo dedicado ao trabalho.

  • É difícil manter a chama do amor acesa no casamento quando as conversas entre o casal estão sempre girando em torno das contas a pagar e das dificuldades com os filhos.

  • Também é difícil desenvolver um relacionamento de amizade com os filhos se os pais só se dirigem a eles para corrigir.

  • A vida não é só diversão – o casal precisa ter essas conversas sobre as responsabilidades familiares e os pais precisam educar os filhos. Mas precisam ir além disso!

  • De nada adianta passar o pouco tempo que tem para estar junto com a família se cada um estiver envolvido em um entretenimento isolado – um com o tablet, outro no celular, outro no computador...

  • Tentem fazer pelo menos uma refeição em família por dia e estabeleça a regra de manter os celulares fora da mesa. Desliguem ou coloquem no modo silencioso os aparelhos. Estabeleçam o compromisso de estar com a família e para a família nesse momento.

  • Advertisement
  • Escolham jogos, brincadeiras, um esporte, ou qualquer outra coisa que vocês gostem de fazer juntos!

  • Leia também: 8 atividades divertidas para famílias com adolescentes
  • No começo pode ser bem difícil, especialmente se você tiver adolescentes em casa. Mas o esforço valerá a pena.

  • Nenhuma família é perfeita! Acontece que a felicidade de uma família não é consequência da perfeição, mas da prática diária de pequenos atos.

  • Esses pequenos atos funcionam como pinceladas em um quadro. Pode ser que, quando analisados separadamente, nenhum deles pareça muito significante.

  • Mas, se continuarem a praticá-los, com o tempo conseguirão ver o resultado do belo quadro que pintaram - uma família verdadeiramente feliz!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Marilia Condé Aguilar é advogada, escritora, esposa e mãe. Adora pesquisar e está sempre em busca de soluções práticas para ajudá-la a equilibrar suas responsabilidades familiares e profissionais.

Website: http://lar-umpedacinhodoceu.blogspot.com.br/

6 hábitos das famílias altamente felizes

Aprenda os 6 hábitos das famílias realmente felizes que mostram a chave para educar os filhos e ter um casamento e família fortes.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr