16 alimentos a evitar na prevenção do câncer

Sua alimentação é sua maior aliada na prevenção do câncer. Veja quais alimentos você deve eliminar ou diminuir no seu cardápio.

12,461 views   |   97 shares
  • O câncer tornou-se uma doença que tem preocupado muitas pessoas. Nos últimos anos mais de 1,5 milhão de pessoas têm sido diagnosticadas com algum tipo de câncer. Provavelmente você ainda não parou para pensar que sua alimentação pode ser a prevenção para esta doença tão grave. Muitos alimentos que ingerimos diariamente possuem substâncias cancerígenas, confira:

  • 1. Pipoca de micro-ondas

  • Pipoca de micro-ondas é tão prática e acabamos nem nos preocupando com o material utilizado para produzi-la. Primeiramente, a embalagem, é revestida com uma substância química conhecida como 'Ácido perfluoro-octanoico', também é encontrada no Teflon.

  • De acordo com um estudo realizado pela Universidade da Califórnia (EUA), este composto químico está relacionado a infertilidade de mulheres. Ele torna o risco de desenvolvimento de câncer muito maior.

  • Além da embalagem, o risco está na pipoca em si que contém conservantes e outras substâncias químicas que causam problemas a nossa saúde. Leia mais na Sociedade Americana de Câncer.

  • 2. Frutas não orgânicas

  • Infelizmente, o Brasil está entre os países que mais usam agrotóxicos na produção de alimentos. É frequente o uso de herbicidas, fertilizantes e pesticidas.

  • A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) revelou em sua pesquisa que 36% dos alimentos possuem agrotóxicos prejudiciais à saúde. Não é suficiente lavar e tirar as cascas, o agrotóxico penetra nas frutas.

  • O consumidor deve buscar por frutas que possuem selo de qualidade, pois estas passam pelo controle de qualidade. Confira o estudo completo pela ABRASCO(Associação Brasileira de Saúde Coletiva).

  • Advertisement
  • 3. Produtos enlatados e em embalagens plásticas

  • É comum o consumo de enlatados e outros alimentos em embalagens plásticas. No entanto, é um risco a sua saúde. Eles são fabricados com Bisfenol A (BPA), um composto químico totalmente prejudicial à saúde também.

  • De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia "(...) ao entrar em contato com o organismo humano, principalmente durante a vida intrauterina, a substância pode afetar o sistema endócrino, aumentando ou diminuindo a ação de hormônios naturalmente produzidos pelo corpo humano, trazendo danos à saúde, como infertilidade, modificações do desenvolvimento de órgãos sexuais internos, endometriose e câncer."

  • Uma dica é utilizar embalagens e utensílios de vidro, porcelana e aço inoxidável, evitando assim latas e plásticos. Consuma sempre produtos frescos ou armazenados em vidros.

  • 4. Carnes processadas

  • Existem vários tipos de carnes processadas, como bacon, linguiça, salsicha, mortadela, presunto, salame e assim segue a lista. Elas são processadas para poderem aumentar o prazo de validade e alterar o sabor.

  • No entanto, pesquisas revelam que elas aumentam o risco de câncer, principalmente o de intestino e quando o consumo é frequente e em excesso causa até mesmo a morte. Elas concentram uma quantidade altíssima de sal e outros condimentos, além de conservantes e outros produtos químicos que são cancerígenos.

  • 5. Salmão de cativeiro

  • Consumimos peixe para termos mais saúde e no entanto comprar salmão criado em cativeiro trará prejuízos e não benefícios. Isso porque as condições de superlotação e alimentação muito gordurosa que recebem num viveiro os contamina.

  • De acordo com um estudo realizado pela Revista Science e publicado no jornal Folha de São Paulo, o salmão é contaminado com produtos químicos, antibióticos, pesticidas e outras substâncias cancerígenas conhecidas como PCB (Bifenil policlorinado), de dioxinas e de dieldrina.

  • Então garanta que o salmão que você ingere é selvagem. Busque as informações na embalagem.

  • Advertisement
  • 6. Batata frita ou em chips

  • Todo mundo adora se deliciar com uma batata. Como sabemos, principalmente aquelas que vêm nas embalagens como chips e até mesmo as pré-cozidas e congeladas concentram excesso de sal, conservantes e corantes.

  • Além de contribuírem para o aumento de peso e colesterol, apresentam um carcinógeno conhecido como 'Acrilamida'. Assim evite as batatas e quando não resistir prefira chips de frutas ou a base de trigo que são mais saudáveis.

  • 7. Óleos vegetais

  • Todos os óleos vegetais são hidrogenados, ou seja, passam por processo químico para que cheguem a você com aparência e sabor agradáveis.

  • Precisamos de algumas gorduras para nossa saúde, mas isso não quer dizer que você pode utilizar óleo a vontade em sua alimentação. Tudo em excesso faz mal a sua saúde.

  • Existem vários tipos de óleo e cada um atende a algo específico e traz algum benefício. O problema está na temperatura que utilizamos o óleo.

  • No artigo 'Os óleos que fazem bem e que fazem mal' lemos: "Quando aquecida acima de 180ºC, a maioria dos óleos se degrada e libera substâncias nocivas ao organismo. A principal delas é a acroleína, que destrói as fibras elásticas das artérias, elas ficam durinhas e não permitem um bom fluxo do sangue e irritam a mucosa do estômago. O ideal é que os óleos sejam usados para refogar e assar alimentos ou regar saladas."

  • 8. Alimentos em conserva, defumados ou muito salgados

  • As conservas concentram um número muito alto de sal. Evite! Os alimentos defumados acabam absorvendo muito alcatrão, que é um agente cancerígeno.

  • Encontramos a presença de nitrato e nitrito agindo como conservantes nos alimentos que são curados. O problema está na quantidade excessiva de nitrito. Quando isso ocorre há potencialmente um risco de desenvolver substancias cancerígenas.

  • Então, elimine da sua dieta os alimentos muito salgados e defumados.

  • 9. Alimentos altamente processados como farinha e açúcar

  • Quando estes alimentos são processados, eles perdem todos os seus nutrientes e ao entrarem em contato com a nossa corrente sanguínea se tornam alimento para células cancerígenas.

  • Advertisement
  • Tudo porque a taxa de glicemia é muito alta em produtos refinados. O nível de açúcar aumenta de forma muito rápida.

  • Evite os grãos refinados!

  • 10. Alimentos transgênicos

  • São alimentos geneticamente modificados. Foram modificados em laboratório, mudando a natureza das sementes, uma mutação entre, por exemplo, semente de soja e bactéria.

  • No entanto, como mostra o Dr. Pusztai do Instituto Rowett na Escócia, temos sido "ratos de laboratório". Não existe ainda acordo entre os Institutos de pesquisa sobre a segurança de ingerir alimentos transgênicos.

  • Ainda é desconhecido o impacto destrutivo que eles podem ter em nosso organismo. O único estudo publicado apenas mostrou que nosso sistema digestivo absorve as bactérias contidas nesses alimentos.

  • 11. Açúcar e mais açúcar

  • O mundo dos doces está repleto de balas, refrigerantes, sucos, deliciosos bolos e tortas e irresistíveis pizzas e massas, além de tantas outras guloseimas. Tudo muito delicioso, porém mortal.

  • Como já foi mencionado os tumores de câncer se alimentam do açúcar. Assim conseguem crescer livremente.

  • Essa concentração de açúcar em nosso organismo se deve principalmente aos alimentos mais populares e processados. A alta concentração de açúcares pode ajudar a explicar porque o câncer cresce tanto entre nós.

  • 12. Adoçantes artificiais

  • Nada mais, nada menos do que um produto químico. Como já vimos, tudo que é processado acaba trazendo prejuízos ao nosso organismo.

  • Há estudos que já comprovam que o uso prolongado de aspartame favorece até mesmo o ganho de peso. Se você sobrecarregar seu organismo com esses adoçantes pode provocar alergias e até tumores.

  • 13. Produtos Diet

  • Você está lá preocupado com a saúde, mas acaba comprando produtos que já vem prontos e justifica que pode comer porque na embalagem está escrito que é livre de gorduras e açúcar.

  • Grande engano. Lembre-se sempre que comida artificial é sempre um erro. Como já citado acima, adoçante não faz bem. Faça uma dieta com alimentos naturais.

  • 14. Bebidas alcoólicas

  • Depois do uso de tabaco, o consumo de álcool é a maior causa de câncer.

  • A Agência Internacional de Pesquisa em Câncer da Organização Mundial de Saúde deu provas suficientes para afirmar que o uso excessivo de álcool é a principal causa de câncer de boca, esôfago, fígado, cólon, boca, reto e cânceres de mama feminina.

  • Advertisement
  • 15. Carne vermelha

  • Não precisa se desesperar. O consumo em quantidades pequenas traz até benefícios na luta contra o câncer.

  • O problema está no consumo diário. Em grandes quantidades, aumenta o risco de câncer de mama, próstata e câncer de cólon.

  • Fique de olho no seu prato e consuma às vezes. Garanta que a carne que está ingerindo teve uma alimentação natural também.

  • 16. Refrigerantes e bebidas similares

  • Além da alta concentração de açúcar, essas bebidas estão carregadas de produtos químicos que garantem o sabor e corroem você por dentro. Os níveis elevados de açúcar e outros ingredientes contribuem para inflamações no esôfago.

  • Ao final, concluímos que devemos buscar uma alimentação que seja o mais natural possível e sempre em quantidades moderadas.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Évila Sant'Ana é esposa e professora de língua inglesa e apaixonada pelo mundo da leitura e escrita. Acredita que o amor e o conhecimento são os meios de conquistar a felicidade.

Website: http://essencialparaalma.blogspot.com.br/

16 alimentos a evitar na prevenção do câncer

Sua alimentação é sua maior aliada na prevenção do câncer. Veja quais alimentos você deve eliminar ou diminuir no seu cardápio.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr