Aos 90 anos, ela provou que nem a idade, raça ou cor poderiam segurá-la

Nunca estamos velhos demais para começar uma nova jornada na vida. Essa senhora de 90 anos é a prova disso e um grande exemplo de vida.

3,744 views   |   shares
  • Nunca é tarde para aprender a ler e a escrever e a realizar os sonhos.

  • É isso que a queniana de 90 anos, Priscilla Sitienei, ensina desde que frequenta, há cinco anos, a Leaders Vision Preparatory School. Na mesma classe da 4ª série do ensino fundamental, estão seis de seus tataranetos e mais outras crianças que ela ajudou a nascer. Sim, porque há 65 anos ela é a parteira oficial de sua aldeia Ndalat, no Vale do Rift, no Quênia.

  • E por que ela resolveu entrar na escola depois de tantos anos? Para mostrar às crianças do mundo, principalmente para as meninas, que a educação é uma riqueza e também para conseguir ler a Bíblia.

  • "Eu gostaria de ser capaz de ler a Bíblia e também quero inspirar as crianças a ter uma educação. Muitas crianças mais velhas não estão na escola e elas já têm os seus próprios filhos", conta Gogo, como é conhecida. "Gogo" significa avó na sua língua local, Kalenjin.

  • A vovó contou que quando era pequena não teve oportunidade de ir para a escola e que agora quer ser um exemplo para os outros. "Eu vejo crianças que estão perdidas, que estão sem pais, apenas dando voltas e voltas, sem esperança. Eu quero inspirá-las a ir para a escola", fala orgulhosa. Ela diz que alguns desses jovens se acham velhos para voltar a estudar. Então ela diz: "Bem, eu estou na escola".

  • O diretor da instituição, David Kinyanjui, afirma que ela é um exemplo para todos e que é comprometida em aprender. "Estou muito orgulhoso. Gogo tem sido uma bênção para esta escola. É uma motivadora para todos os alunos. Ela é amada pelos alunos e eles querem aprender e brincar na sua companhia", conta animado.

  • Durante o tempo na escola, a vovó aproveita para contar histórias e repassar para os mais novos suas experiências e tradições locais. Um dos estudantes de 10 anos diz que Gogo ajuda a acalmar a classe. "Nós amamos Gogo porque quando fazemos barulho ela nos diz para manter a calma", diz ele.

  • Advertisement
  • Além disso, ela também participa das aulas de inglês, matemática, dança, teatro e canto. Como todos os outros alunos, também usa seu uniforme escolar azul com verde.

  • Aos sábados, a parteira ainda atende mulheres grávidas e ajuda nos nascimentos em um quarto da sua própria casa. Ela diz que quer aproveitar o aprendizado para escrever todo o seu conhecimento obstétrico e as receitas de ervas medicinais. "Com a educação você pode ser o que quiser, um médico, advogado ou um piloto", finaliza.

  • A estudante idosa pode entrar para o Guinness Book como a estudante mais velha de uma escola primária. O detentor do recorde era outro queniano, Kimani Maruge, que entrou na escola com 84 anos e faleceu cinco anos depois, em 2009.

  • A Leaders Vision Preparatory School deve entrar com um pedido para que Priscilla Sitienei seja a próxima recordista, com 90 anos.

  • _Imagens: BBC

  • Leia também: Esta avó voltou a estudar por causa do neto - Veja o que ela disse

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Caroline é uma jornalista catarinense que optou por ser mãe em tempo integral depois do nascimento dos filhos. Ama escrever e ainda acredita que pode mudar o mundo com isso.

Aos 90 anos, ela provou que nem a idade, raça ou cor poderiam segurá-la

Nunca estamos velhos demais para começar uma nova jornada na vida. Essa senhora de 90 anos é a prova disso e um grande exemplo de vida.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr