Como ser verdadeiramente feliz

Ser feliz não depende somente de Deus, não depende dos outros, não depende das circunstâncias. Depende somente de você e não é difícil.

2,285 views   |   8 shares
  • Começo este artigo com um questionamento bem interessante que acabo de ler na Bíblia: "(...) Afinal, por que Deus foi dar tanta atenção a essa coisa tão pequena que é o homem? Por que Ele procura se aproximar de nós?” (Salmos 8:4). Creio que, assim como eu, você também sabe a resposta. Ele nos presenteou com o livre-arbítrio. Mas, para que usemos esta dádiva sabiamente, precisamos de sua ajuda sempre. Por isso, ele se importa tanto e está sempre a nos guiar.

  • Agora pergunto. Será que somos tão pequenos assim? Depende. Somos sim um grão de areia diante da imensidão do universo. Mas acredito também que somos imensos, se o quisermos ser. Caro leitor; saiba que não estou tentando opor-me ao livro primordial, mas expor o entendimento que tenho de suas palavras. Deus nos segue tão de perto, nos guia tão delicadamente, porém de forma, ao mesmo tempo, tão estrita por sermos capazes de grandiosidades inimagináveis.

  • Veja, não estou enfatizando que o outro é capaz de algo importante. Digo que eu e você o somos. Por isso, somos grandes, imensos, enormes. Mas há alguns pontos que Deus insiste em nos mostrar: a mesquinhez, a automortificação, os prazeres sensuais, o egoísmo, tanto no sentido de não auxiliar o próximo como no de buscar satisfazer apenas o próprio ego, e tantos outros males que impingimos a nós mesmos são os maiores obstáculos à própria felicidade. Como, muitas vezes não os enxergamos, a mão de Deus se interpõe em nossa frente.

  • Todavia, sempre acreditei, e a cada dia creio mais e mais, que Deus precisa da nossa ajuda. Nós somos os sujeitos de nossas mudanças e Deus é o ajudante mais importante que temos. Fiarmo-nos nele é muito valoroso, mas esperar que ele solucione todos os nossos pedidos e apelos não nos trará alegrias, mudanças ou quaisquer louros. Portanto, vamos tentar?

  • 1. Tentar

  • é sempre conseguir. Pode não ser hoje, pode não ser amanhã. Pode também não ser tudo o que se quer, mas cada pequena vitória deve ser comemorada como um obstáculo transposto por você, por mérito seu.

  • 2. Não culpe os outros

  • por não conseguir alcançar seus objetivos. As outras pessoas não estão preocupadas em fazer você ganhar ou perder, em deixar você triste ou feliz. Elas estão preocupadas em ganharem e serem felizes, independentemente do caminho que você vá trilhar. Se você conseguir entender isso, qualquer palavra que elas lhe falarem, qualquer ato que elas lhe fizerem será visto de outra forma e não o afetará negativamente.

  • Advertisement
  • 3. Não culpe as circunstâncias

  • por não conseguir atingir seus objetivos. De duas, uma; ou seus objetivos são quase que utópicos, talvez você queira viver como uma estrela de Hollywood e nunca buscou sequer estudar atuação, ou você se colocou nas circunstâncias em que está agora. Não diga que não pediu para estar aonde está; com quem está; como está. Mude. Lamentar-se não vai mudar nada.

  • 4. Você acha que não tem as

  • energias necessárias

  • para mudar alguma coisa na sua vida. Mas saiba que tem. Não, não é querer. É mais que isso. É difícil, é um processo, que pode ser mais longo para alguns e mais rápido para outros. O importante é saber que muitas pessoas passam por isso. A partir do momento que você descobre que isso não ocorre só com você, os nós e as amarras começam a se soltar.

  • 5. Uma mudança por vez

  • é mais do que suficiente. Sua felicidade depende de você, certo? Mudar todos os aspectos de sua vida de um dia para o outro, ou de um mês para o outro, não vai lhe trazer felicidade. Vai lhe trazer dor, tristeza e angústia. Você vai perder os parâmetros e, eventualmente, vai se olhar no espelho e não saberá mais quem é. Portanto, modificar um comportamento que não lhe agrada agora e outro logo mais é a melhor forma de se sentir inteiro, forte e capaz de seguir em frente.

  • 6. Sempre que for necessário,

  • busque ajuda

  • , seja ela profissional ou não. Lembre-se que os psicólogos, os psiquiatras e terapeutas não são “médicos de loucos”. Nosso cérebro pode ser o responsável por inúmeros problemas físicos que apresentamos, apenas por liberar demais ou deixar de liberar determinados neurotransmissores, pergunte a um especialista, pois apenas resumi didaticamente aqui o que acontece. Da mesma forma que procuramos um dentista quando estamos com dor de dente, por que não buscar um destes profissionais quando o cérebro não está funcionando adequadamente? Quero deixar claro que não estou dizendo que esta é uma condição geral. Mas, se for o seu caso ou se você conhecer alguém que precise buscar este tipo de ajuda, que o preconceito fique de lado para que a vida dessa pessoa seja mais feliz.

  • Quanto mais acreditamos em nós mesmos, melhores nos tornamos, mais iluminados ficamos. Despidos de preconceitos quanto a nós mesmos e quanto ao que os outros vão achar de nossos pensamentos, falas e atos; avançamos no caminho que trilhamos. O importante é ter em mente que devemos ter tolerância e paciência conosco e com os outros sempre. Felicidades, caro leitor!

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Fernanda Trida é jornalista, médica veterinária, dona de casa, esposa, mãe de Marcela, com três anos, e de João, com um ano de idade.

Como ser verdadeiramente feliz

Ser feliz não depende somente de Deus, não depende dos outros, não depende das circunstâncias. Depende somente de você e não é difícil.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr