Ele jogou sua boneca bem longe, mas quando ele olhou pelo retrovisor, meu coração parou

Este pai abandonou esta pequena garota na estrada. Você faria isso com um filho seu? Este vídeo lhe causará arrepios...

45,955 views   |   60 shares
  • No início, parece que a menina seria uma possível filha de outra relação, que não estava se enturmando muito bem com a família do pai, embora tenha momentos de atenção e outros de abandono.

  • É absurdo e inconcebível pensar que um pai abandonaria sua filha na estrada, não é? Quando ele jogou sua boneca no meio do mato e ela correu para buscá-la, e após ele simplesmente saiu com o carro, eu prendi a respiração, e o que vi me emocionou.

  • Mas, na verdade, a menina representada no vídeo era um cão.

  • Se você tem um animal de estimação em casa e cuida dele com carinho, este vídeo tocará seu coração, pois quem faria isso com uma criança? Então, por que fazer com um animal?

  • De acordo com pesquisas, apenas nos Estados Unidos, cerca de 2.7 milhões de cachorros e gatos são mortos todos os anos porque os canis públicos para onde vão após serem abandonados estão lotados. No México, são em torno de 3.4 milhões. No Brasil, é estimado que hajam mais de 30 milhões de animais abandonados. Uma vergonha!

  • Compartilhe esta mensagem para que as pessoas se conscientizem e cuidem dos animais, ao invés de abandoná-los.

  • Assista também: A amizade verdadeira de Sofia

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

Ele jogou sua boneca bem longe, mas quando ele olhou pelo retrovisor, meu coração parou

Este pai abandonou esta pequena garota na estrada. Você faria isso com um filho seu? Este vídeo lhe causará arrepios...
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr