9 diferenças entre relações amorosas maduras e imaturas

Quando sabemos distinguir entre uma relação madura e uma relação imatura somos capazes de fazer pequenas mudanças que poderão melhorar muito a relação a dois.

20,945 views   |   13 shares
  • Não é a idade que nos torna maduros; até arrisco em afirmar que também não são as experiências que vivemos que nos tornam em adultos maduros. Conheço crianças e jovens que são bem maduros para a idade que têm; por outro lado, conheço adultos que já passaram por muitas experiências e são muito imaturos nas duas decisões e atitudes em relação à vida. A maturidade é algo que está ligado às nossas escolhas e à intenção com que fazemos cada uma das escolhas.

  • 5 sinais de que seu casamento está amadurecendo na direção certa
  • No amor, as relações também podem ser maduras ou imaturas e as diferenças podem ser enormes. Casais maduros olham o amor como algo que pode durar para sempre. Casais maduros não olham o amor como algo doloroso, mas sim, olham com uma paz de espírito que os faz dar o seu melhor a cada dia. Vamos ver algumas dessas diferenças:

  • 1. Relações imaturas fazem perguntas; relações maduras respondem a perguntas

  • As relações imaturas são baseadas na dúvida: "ele me ama?", "ela me estará traindo?", "esse namoro vai durar mais de uns meses?". Estas perguntas apenas causam dúvida e a dúvida leva a uma diminuição na confiança e ao ciúme exagerado.

  • Casais maduros não precisam fazer esse tipo de perguntas – eles sabem as respostas. Numa relação madura existe a confiança e um amor que é a resposta maior a qualquer pergunta – "eu sei que ele/ela me ama".

  • 2. Relações imaturas deixam-nos a desejar por algo; relações maduras nos dão o que precisamos

  • Nas relações imaturas existe um vazio, algo que falta, mas que não se sabe bem o que é e onde encontrar. Mesmo quando o casal está junto sentem que falta algo – e é apenas uma sensação que nenhuma das partes fala. Para tentar preencher esse vazio o casal tenta as mais variadas coisas como aumentar a intimidade física ou até tentar preencher esse vazio com presentes, viagens, jantares caros.

  • Nas relações maduras esse vazio não existe. O amor que sentem um pelo outro preenche qualquer vazio e mesmo que os dois estejam em silêncio apenas olhando nos olhos um do outro, não irá faltar nada. O amor que sentem é o suficiente para os preencher.

  • 3. Relações imaturas focam no completar; relações maduras focam na complementaridade

  • Existe aquela ideia de que nós vamos encontrar "a nossa metade", como se nós estivéssemos incompletos e a outra pessoa nos irá completar em tudo o que nos falta. Relações imaturas são baseadas nesse conceito, pois tentam ser um procurando o que lhes falta e dificilmente encontram.

  • Advertisement
  • Nas relações maduras o que acontece não é isso; existe a noção de que nós temos fraquezas, mas também temos virtudes. Eles serão um na harmonia das suas fraquezas e virtudes, no propósito de tornar duas pessoas imperfeitas em pessoas melhores a cada dia que passa, e farão isso unidas.

  • 4. Relações imaturas perdem ânimo; relações maduras tornam-se mais fortes com o tempo

  • O amor pode ser visto como uma fogueira: um casal imaturo irá usar o calor dessa fogueira até ele terminar e, quando o fogo se apaga, eles se separam e procuram por outra fogueira para se aquecerem.

  • Para as pessoas casadas que perderam a emoção do
  • Um casal maduro irá fazer diferente; eles irão usar o calor da fogueira, mas sabem que o fogo irá eventualmente apagar se nada for feito, por isso eles saem à procura de mais madeira para manter a chama forte; eles abanam o ar para alimentar o fogo e cuidam da madeira para que o fogo não fique abafado e sem ar. Um amor tem de ser cuidado e, fazendo isso da melhor forma e a dois, ele irá ficar mais forte à medida que o tempo passa.

  • 5. Nas relações imaturas discute-se por mensagens de texto; nas relações maduras as discussões são sempre cara a cara

  • Nos dias de hoje, com as redes sociais, com as mensagens de texto e até com os e-mails, uma pessoa fica surpreendida sempre que ouve uma voz humana. Quando o casal discute cara a cara é possível entender que por trás de cada palavra está um gesto, uma expressão e um sentimento. Nós podemos olhar nos olhos e ver o que realmente a outra pessoa sente.

  • Um casal maduro discute e luta pelo seu futuro como casal, enquanto um casal imaturo irá esconder-se por detrás da tela do celular e chamarão a isso uma relação.

  • 6. Relações imaturas servem para encontrar a nós próprios; nas relações maduras nós já sabemos quem somos

  • As relações não devem ser vistas como um meio para atingir um fim, isto é, não podemos entrar numa relação para resolver todas as nossas fraquezas e para conhecer as nossas virtudes. Esse tipo de pensamento cria uma pressão enorme na pessoa que amamos.

  • Uma pessoa madura já usou os anos da sua vida de "solteiro" para descobrir quem é – as suas virtudes e fraquezas. Uma pessoa madura tenta, a cada dia, ser melhor e resolver o que não é bom, ela sabe que a pessoa que ama está lá para a apoiar e que a ama pela pessoa que é.

  • Advertisement
  • 7. Relações imaturas julgam o seu passado; relações maduras aceitam o seu passado

  • Todos nós temos um passado. Uma pessoa imatura irá julgar-nos pelo nosso passado e até poderá usá-lo como arma numa hora instável da relação (como para justificar desconfiança, por exemplo).

  • Numa relação madura existe a aceitação de que todos temos um passado e que o que é importante é a pessoa que somos hoje.

  • 8. Nas relações imaturas existe a ameaça de terceiros; nas relações maduras aceita-se conhecer novas pessoas

  • Na nossa vida existirão sempre pessoas novas a conhecer e até pessoas do nosso passado que pensávamos esquecidas.

  • Nas relações maduras essas pessoas novas não serão uma ameaça para a relação, nem mesmo ex-namorados/as serão um problema porque existe uma forte confiança no amor que sentem. Nas relações imaturas o ciúme estará fora de controle.

  • 9. Relações imaturas vivem segundo um plano preconcebido; as relações maduras permitem que o amor flua

  • Não existe um tempo certo para casar, um tempo certo para se ter um filho. Quando se ama nós devemos permitir que a relação flua sem resistência e pressões. Pressionar um casamento, por exemplo, pode fazer com que um casal, ainda sem fortes alicerces, seja forçado a fazer um compromisso para o qual ainda não está preparado para viver. Tudo tem o seu tempo.

  • "O homem chega à sua maturidade quando encara a vida com a mesma seriedade que uma criança encara uma brincadeira." – Friedrich Nietzsche

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

João Martins é um biofísico com uma paixão pelo ensino e busca de conhecimento. Podem enviar uma mensagem ou seguir no Facebook: https://www.facebook.com/joao.martins.1401 ou no google+ https://plus.google.com/u/0/+JoaoMartinsJPM/posts

Website: http://minhaalmatempo.blogspot.pt/

9 diferenças entre relações amorosas maduras e imaturas

Quando sabemos distinguir entre uma relação madura e uma relação imatura somos capazes de fazer pequenas mudanças que poderão melhorar muito a relação a dois.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr