10 maneiras de irritar seu filho adolescente

Veja o que vocês, pais, devem evitar fazer a fim de não aborrecer ou provocar a ira de seus filhos adolescentes.

8,746 views   |   14 shares
  • A adolescência é uma fase bem difícil da vida. O jovem precisa se acostumar, de uma hora para outra, com muitas transformações. O corpo muda, ele começa a produzir hormônios. Os hormônios não só favorecem o aparecimento de acnes, como afetam o seu comportamento. Neste site, no artigo “Mudanças de humor na adolescência: Irritação e agressividade na adolescência”, lemos: “A oscilação de humor mostra que o adolescente vive num mundo de novas experiências e novas descobertas, necessitando de um tempo e de privacidade para lidar com elas. A intensidade dessas novas sensações e vivências parece já fazerem parte de todo seu ser, deixando-os às vezes em profunda tristeza e, em outras, numa explosão de alegria" (Wrobel, Oliveira, Mano, 1998)

  • Conversei com 16 jovens e pesquisei na Internet sobre o que o pai ou a mãe faz que os deixam irritados. As reclamações variaram muito. Selecionei as 10 mais relevantes:

  • 1. Dar uma bronca ou constrangê-lo de alguma forma na fre nte dos amigos

  • Cá entre nós, ninguém merece ser censurado em público. E para um jovem isso é insuportável. Ele necessita da aceitação do grupo e os outros adolescentes sabem bem com serem cruéis. Além das broncas, ele fica constrangido com coisas como: quando a mãe aparece vestida como uma adolescente (principalmente a filha), o pai fala gírias e aparece com roupas esquisitas ou cafonas, ou quando os pais entram na sua festa e, ainda, dançam a “sua” música.

  • 2. Tratá-lo como criança

  • Dar um beijinho de despedida na frente da escola e ainda dizer “te cuida, bebê!”, ou pensar que ele não é maduro o suficiente para entender certas coisas.

  • 3. Sufocá-lo

  • Não permitir que ele saia sozinho ou com bons amigos, quando já tem idade suficiente para isso. Ou, se permite, ficar telefonando o tempo todo para saber de cada passo. Impedi-lo de fazer escolhas.

  • 4. Acusá-lo sem fundamentos

  • “Jogar verde pra colher maduro” e acabar fazendo julgamentos precipitados. Dizer-lhe que acha que ele está usando drogas ou cometendo atos ilícitos, sem ter certeza.

  • 5. Invadir sua privacidade

  • Advertisement
  • Escutar atrás da porta, adicionar os amigos ou seu possível par romântico nas redes sociais ou mexer nas suas coisas pessoais.

  • 6. Gritar com ele

  • 7. Tripudiar sobre ele, quando ele se dá mal

  • Repetir incansavelmente coisas como: “Eu te avisei!”; “Tá vendo, você não quis me ouvir!”; “Viu só, como eu tinha razão!”.

  • 8. Ser demasiadamente repetitivo nas advertências

  • 9. Ignorá-lo

  • Não prestar atenção no que ele quer dizer, nos seus sentimentos ou em sinais que está dando de que algo vai mal.

  • 10. Não estabelecer regras claras

  • E, ainda por cima, fazer cobranças.

  • Como mãe de três futuros adolescentes, gostei muito de pesquisar para este artigo. Vejo o quanto os pais erram pensando estar acertando. Por outro lado, o perigo ronda seus filhos e os pais não podem se fazer de cegos. Achar o “ponto de intercessão” é a chave. Para isso é preciso haver muito diálogo, amor, confiança e compreensão de ambos os lados.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

10 maneiras de irritar seu filho adolescente

Veja o que vocês, pais, devem evitar fazer a fim de não aborrecer ou provocar a ira de seus filhos adolescentes.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr