O momento certo é sempre o agora

Agir sem pensar e pensar sem agir não nos engrandecem. Precisamos saber a hora de falar, de calar, de aquietar e de se exaltar. Veja aqui como existe o momento certo para tudo, basta saber reconhecê-lo.

837 views   |   shares
  • Estou lendo um livro que vai de encontro ao assunto deste artigo, que trata sobre o assunto da impermanência.

  • Caro leitor, talvez você deva estar querendo saber por que eu falo de “impermanência” quando o título deste artigo o informa que vou discorrer sobre a existência do tempo certo para alcançar o que se deseja. Vou explicar como as coisas se entrelaçaram em minha cabeça.

  • Em primeiro lugar, deixe-me esclarecê-lo do que vem a ser a tal impermanência. Quando dizemos que tudo é impermanente, estamos afirmando que tudo muda, que nada permanece o mesmo. Ou seja, se você está lendo agora esta palavra, agora está a ler esta outra. Seu pensamento e sua compreensão mudaram, viu? Se você estava sentado e se levantou, mudou. As coisas, pessoas, animais, plantas, ventos, sol e tudo o que se vê, se toca e se sente no mundo, além de tudo aquilo que não se vê, não se toca e não se sente muda o tempo todo. Tudo evolui ou involui.

  • Em segundo lugar, interligo a impermanência ao fato do momento certo ser sempre o agora justamente pelo que acabo de dizer. Daqui a pouco tudo pode mudar. Parece difícil entender a dinâmica da coisa. Talvez até seja mesmo. Eu demorei algumas leituras, algumas explicações e mais leituras para conseguir escrever sobre isso aqui. Então, vou dar umas pequenas dicas práticas que podem modificar o seu "agora" sem muito trabalho, sem muita dificuldade e ainda pode trazer dois grandes presentes para você e todos que o cercam: a beleza de se entender e de se viver a tal da impermanência e a mudança de atitudes simples que o faziam esperar a ação alheia.

    1. Sabe aquela máxima “não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”? Desculpe-me o senhor ou a senhora que a falou aos quatro ventos, mas com tanta coisa para fazer e tanta informação para absorver, é realmente difícil fazer, fazer e fazer. A mensagem que quero passar é justamente a que ninguém fala quando cita essa frase: cada um tem seu limite, cada um tem suas capacidades e isso deve ser respeitado sempre e a todo momento.

    2. O respeito do qual falei acima, se você o tem para com o seu próximo (no trabalho, em casa, na rua) será percebido por ele. Ele será automaticamente influenciado positivamente e isso levará a mudanças.

    3. As mudanças das quais falei acima afetarão você, seu trabalho, sua casa, os transeuntes que encontram com você em seu trajeto e isso levará a mais mudanças.

    4. Entendido isso, compreenda que nada tem natureza individual. Ou seja, uma vez que essas mudanças não tiverem mais impulso, elas cessam. Estou falando aqui do lado positivo de tudo, mas lembre-se que se o chute na bola a levar para o lado negativo e as condições forem favoráveis para que ela continue rolando para lá, ela vai até que cesse o movimento.

    5. Deixei para o último item o que acho o mais importante de tudo nessa história. Para que possamos aproveitar ao máximo todas as chances que temos de fazer o bem para nós mesmos e para os outros, creio que devemos:

    6. Atentar ao modo de pensar.

    7. Atentar ao modo de agir.

    8. Atentar ao modo de falar.

  • Advertisement
  • Tomar decisões não é algo restrito a pessoas de grande inteligência racional, desprovidas de emoção, que pesam os prós e os contras e revertem em números todos os sentimentos associados aos fatos. Tomar decisões deve ser, ao contrário, algo desprovido de excessos, seja de razão, de amor, de sofrimento, de raiva ou de pesar. Pois tudo o que neste minuto é, no próximo poderá não ser. Sei o quão difícil é entender isso, pois ainda o é para mim também. Mas minha alma tem estado um pouco mais serena e mais ativa com esse conhecimento. Espero ajudar, caro leitor!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Fernanda Trida é jornalista, médica veterinária, dona de casa, esposa, mãe de Marcela, com três anos, e de João, com um ano de idade.

O momento certo é sempre o agora

Agir sem pensar e pensar sem agir não nos engrandecem. Precisamos saber a hora de falar, de calar, de aquietar e de se exaltar. Veja aqui como existe o momento certo para tudo, basta saber reconhecê-lo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr