5 hábitos que mantêm os casamentos estagnados

Você sente que seu casamento não prospera, não sai do lugar, estão sempre nos mesmos problemas? Pode ser uma (ou mais) destas razões.

9,331 views   |   2 shares
  • Este artigo foi publicado originalmente no blog de Dave Willis. Foi reproduzido aqui com permissão. Traduzido e adaptado por Stael F. Pedrosa Metzger.

  • Minha esposa Ashley e eu organizamos uma conferência de casamento no último fim de semana. Adoramos fazer esses tipos de eventos, porque temos a oportunidade de nos conectarmos com vários casais e ouvir sobre as suas alegrias e lutas. Eu conheci um homem que está tentando manter seu casamento intacto e ele me contou uma história comovente (mas familiar). Eles não queriam magoar um ao outro, mas parecia que eles não sabiam como parar de fazer isso.

  • Ambos trouxeram alguma bagagem e mágoas do passado para o casamento, e embora se amem eles simplesmente não conseguem seguir em frente. É como se houvesse uma nuvem escura a segui-los sem que consigam se libertar dela. Enquanto eu falava com ele, comecei a perceber alguns hábitos insalubres em comum que estavam fazendo-os retroceder.

  • Isso acontece muito. Nenhum casal quer que seu casamento seja disfuncional. Mesmo assim muitos casais vivem em disfunção perpétua. Eles agem como duas pessoas cegas aprendendo a dançar um com o outro... Pisam nos pés um do outro! Mas, não tem que continuar sendo assim.

  • Se você é um dos milhões que enfrentam problemas constantes em seu casamento, o primeiro passo é mudar hábitos. Se vocês tiverem qualquer um desses cinco hábitos comuns abaixo, trabalhem para detê-los e substituí-los por práticas mais produtivas. Não percam a esperança! Todo casamento passa por lutas. Vocês podem vencer.

  • Conheça 5 hábitos que mantêm casamentos travados:

  • 1. Criticar (ou "irritar") um ao outro

  • O tom de suas palavras irá definir o tom de seu casamento. Quando você está frustrado, é fácil cair em um padrão de falar negativamente com seu cônjuge. Quando o outro não faz o que você acha que ele deveria estar fazendo, é uma tendência natural irritá-lo ou responder com sarcasmo e críticas. Esses hábitos são compreensíveis, mas não ajudam em nada. Procure usar palavras de incentivo e um tom morno, mesmo naqueles dias em que você acha que o seu cônjuge não "merece" o seu encorajamento.

  • Citação de Dave Willis: Perdão simplesmente significa que alguém ama o suficiente para buscar a cura em vez da punição quando lhe fazem um mal.

  • Advertisement
  • 2. Usando sexo como "barganha"

  • Quando um casamento estaciona, raramente há intimidade dentro ou fora do quarto. Um mau hábito que pode se formar é usar o sexo como "barganha", o que significa que é dado apenas como uma "recompensa" para certos comportamentos ou retido como uma "punição" para outros comportamentos. Isso pode sabotar lentamente a confiança e intimidade em seu casamento.

  • 3. Evitar comunicação significativa com o outro

  • Quando os casais se sentem infelizes, costumam evitar um ao outro. Mesmo quando no mesmo quarto eles ainda podem estar em dois mundos diferentes. Sua comunicação é superficial (quando não estão com raiva). Afastar-se é uma resposta natural quando nos sentimos mal compreendidos, com raiva ou magoados, mas esses são os momentos em que temos de correr para o outro. Tornar a comunicação uma prioridade. Abrir sobre seus sentimentos sem culpar o outro cônjuge. Compartilhe seu coração. É um grande primeiro passo para reconstruir a intimidade e confiança em seu casamento.

  • 4. Buscar outras pessoas, em vez de seu cônjuge

  • Quando nos sentimos desconectados no casamento, há uma tendência a buscar essa conexão em outro lugar, seja através de amigos próximos ou até mesmo através de alguém do sexo oposto (o que pode levar a uma aventura ou um "caso emocional.") Nestes momentos vulneráveis quando você estiver tentado a encontrar conexão emocional com outros, cerque-se de pessoas sábias e que buscam estarem próximas a seus cônjuges.

  • Tenha muito cuidado sobre onde buscar conselho sobre seu casamento. Se uma pessoa não aprecia o casamento, não ama a Deus, e nem seu cônjuge, ela não lhe dará conselhos saudáveis.

  • 5. Fantasiar sobre uma vida sem o seu cônjuge

  • Ao adotar uma atitude negativa em relação ao seu cônjuge e seu casamento, você provavelmente vai acalentar algumas fantasias sobre como a vida seria melhor se você fosse solteiro ou casado com outra pessoa. Se você chegar a este ponto, eu o encorajo a obter alguma ajuda através de terapia profissional.

  • Leia também: As 6 promessas que fazem um casamento

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Dave Willis é um pastor, palestrante e autor de vários livros. Ele possui graduação pelo Georgetown College de Kentucky, onde encontrou o amor de sua vida, Ashley. Juntos, eles fundaram StrongerMarriages.org que ajuda casais em todos os níveis da vida a construírem e a manterem casamentos fortes. Dave dedica sua vida a fazer e também fortalecer casamentos, ensinar sobre Jesus Cristo e a Bíblia às pessoas, além de viajar e dar palestras ao redor do mundo. Dave e Ashley são pais de 4 filhos homens que são seu tesouro. Juntos, eles trabalham para ajudar a fortalecer o casamento e as famílias.

Website: http://strongermarriage.org/

5 hábitos que mantêm os casamentos estagnados

Você sente que seu casamento não prospera, não sai do lugar, estão sempre nos mesmos problemas? Pode ser uma (ou mais) destas razões.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr