A prova de que os opostos não se atraem

Encontrar a pessoa certa para viver um relacionamento sadio é um exercício de autoconhecimento e determinação.

5,127 views   |   1 shares
  • As pessoas adoram os modelos de relacionamentos apresentados nos filmes e novelas, afinal tudo parece tão bonito e perfeito. Que o digam os seguidores da série "Casal 20" que na década de oitenta sonhavam em viver um romance como o criado por Sidney Sheldon. Esse modelo foi recriado de diversas formas na ficção.

  • As desvantagens de basear seu romance nas novelas
  • Entretanto, estudos têm comprovado que nos relacionamentos sadios o dito popular "os opostos se atraem" não é verdadeiro. Também a ideia da atração entre homens poderosos e mulheres bonitas têm se desmistificado. O ditado popular que se fortalece é o que diz "as aparências enganam".

  • Compreensão e amabilidade

  • Estudos feitos pelos psicólogos David Buss e Michael Barnes concluem que a compreensão e a amabilidade são o que a maioria das pessoas valoriza em um parceiro em potencial. Seguido desse item surge a personalidade emocionante e a inteligência. Interessante que nem se aproximaram das qualidades mais requisitadas itens como a beleza e a situação econômica.

  • Conclusão

  • Mulheres tendem a dizer que levam muito a sério o status financeiro e homens a aparência quando se interessam por alguém, no entanto, não é o que se observa na prática. Na realidade as pessoas preferem se aproximar de outras com as quais possuem afinidades seja na religião ou, de forma geral, na maneira com que levam a vida. Os quesitos beleza e renda não se mostram verdadeiramente relevantes na vida real, funcionando mais no âmbito da ficção, já que nas novelas e filmes é comum o par romântico juntar o poder masculino com a beleza feminina. Os estudos vão mais além, concluindo que relacionamentos que se baseiam nesse padrão dificilmente são duradouros.

  • Atração genuína

  • Na vida real muitos são os fatores que determinam a atração que uma pessoa sente por outra, mas a afinidade parece ser elemento que se evidencia.

  • Em matéria sobre esse tema escrevi: Não existem duas pessoas iguais no mundo. As diferenças são normais. A ideia dos opostos que se atraem se explica pela busca de encontrar no outro algo que o complemente, quase sempre um desejo inconsciente de superação. Por exemplo, uma pessoa muito tímida pode se interessar por alguém extrovertido ou vice-versa.

  • Advertisement
  • Assim, nos relacionamentos duradouros, mesmo entre pessoas que aparentemente são muito diferentes, o que se observa é que existem muitas afinidades de comportamento, crenças e valores.

  • Satisfação

  • A questão tem a ver com o quanto os pares estão satisfeitos no relacionamento e na forma como lidam com as suas diferenças. O que parece claro é que os opostos podem até atrair pessoas, mas estas dificilmente constroem um relacionamento sadio e duradouro.

  • Segundo a matéria: "A principal causa do magnetismo entre os opostos é, sem dúvida alguma, a falta ou diminuição da autoestima".

  • Como vencer as fraquezas e tornar-se mais forte psicologicamente
  • A intolerância diante das discrepâncias é o que causa tantos conflitos e infelicidade conjugal. O que podemos concluir é que, na prática, as diferenças complicam muito o relacionamento, enquanto que as afinidades aproximam.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

A prova de que os opostos não se atraem

Encontrar a pessoa certa para viver um relacionamento sadio é um exercício de autoconhecimento e determinação.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr