4 coisas que um casal nunca deve fazer numa briga

Todo casal briga, certo? Sim, mas nem todos fazem algumas coisas citadas neste artigo. Especialmente aqueles que lutam por seu casamento.

82,306 views   |   116 shares
  • O célebre e premiado professor de psicologia, escritor e codiretor do Marital and Family Institute de Seattle, John Gottman, em seus estudos sobre os relacionamentos maritais, chegou a alguns resultados sobre as brigas no casamento que são realmente relevantes.

  • Segundo ele as brigas são boas e ajudam os casais a se conhecerem em suas similaridades e diferenças e estabelecer um relacionamento mais verdadeiro. Ele relaciona os estilos de "brigas" que os casais tendem a ter:

    1. Validante – Esses casais tendem a conciliar-se sempre e o fazem de maneira calma.

    2. Inconstante - Esses casais tendem a explodir um com o outro, têm brigas constantes e emotivas.

    3. Evitativo - Preferem o silêncio ao conflito. Ignoram, concordam em discordar.

  • Leia: 10 habilidades essenciais para os casais lidarem com o estresse

  • Porém ele alerta sobre o que ele chama de "Os quatro cavaleiros do Apocalipse" na briga que são a crítica, o desprezo, a atitude defensiva e a insensibilidade. Segundo o Dr. Gottman quando os "cavaleiros" aparecem frequentemente nas brigas, o casamento está caminhando para a dissolução. Portanto, devem ser evitadas as seguintes atitudes:

  • 1. Criticar

  • Diferente de reclamar, a crítica atinge o outro e quem ele é. Quando um cônjuge reclama do casamento, da situação, de algo que não gostou, essa reclamação é direcionada a um acontecimento dentro do casamento e não ao cônjuge, seu caráter ou sua personalidade. Quando um marido reclama dos exageros financeiros da esposa, por exemplo, essa crítica deve ser direcionada ao excesso de gastos e não à pessoa. Ele pode dizer: "Você gastou demais com essa compra e desestabilizou nosso orçamento" ao invés de "Você é uma gastadora, irresponsável". Ambas as expressões podem gerar uma briga, mas a primeira é produtiva no sentido de chegar a um acordo, a segunda não.

  • Leia: Divórcio à vista - 6 pontos a verificar para fazer um balanço da relação

  • 2. Desprezar

  • Pior ainda que a crítica é o desprezo. É uma nítida intenção de diminuir e insultar o cônjuge. É o chamado "colocar o dedo na ferida". Algo doloroso é intencionalmente pensado e dito com o intuito de desrespeitar o outro. Esse comportamento degrada o relacionamento e mostra o nível da relação como próxima do fim. Frases como: "Você é um perfeito imbecil" ou "você é uma preguiçosa desleixada" cortam fundo e nem sempre é possível curar a ferida. Se algo não for feito imediatamente o casamento não suportará.

  • Advertisement
  • 3. Agir na defensiva

  • Na briga um não vê o lado do outro. Quando a discussão se inicia cada um já começa a pensar no que vai dizer e em provar que está certo. Não há comunicação verdadeira. Apenas defesa. Não há análise da reclamação que o parceiro faz, se é justa ou não, apenas a necessidade de se proteger. Nesse ponto não há como chegar a um consenso. As acusações voando de ambos os lados impossibilita qualquer mudança de comportamento ou correção da causa do conflito. Frases comuns são:

  • "Você está pago para ficar calado", "Ah, sou eu o errado, né? E você que fez..."

  • 4. Insensibilidade

  • É traduzida pela frase "entra por um ouvido e sai pelo outro". Não há meios de discutir de maneira sensata. Um dos dois (ou ambos) já não ouve, não se importa. E se ouve, não responde, não participa, se retira do ambiente ou se fecha completamente. É um dos comportamentos mais irritantes para aquele que quer resolver o problema e geralmente os maridos o fazem com as esposas. Não há meios de se reconciliarem se não houver uma mudança de comportamento.

  • Brigas e discussões fazem parte da maioria dos relacionamentos. O que determina a qualidade das brigas é o seu conteúdo, a frequência em que acontecem, e o equilíbrio entre o que é dito de ruim (sobre situações e não pessoas) e o reconhecimento das qualidades um do outro. Se um casal preza sua relação deve evitar a todo custo trazer os quatro cavaleiros do apocalipse para seu casamento.

  • Leia também: 6 sinais alarmantes de que seu amor está morrendo

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

4 coisas que um casal nunca deve fazer numa briga

Todo casal briga, certo? Sim, mas nem todos fazem algumas coisas citadas neste artigo. Especialmente aqueles que lutam por seu casamento.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr