3 soluções para lidar com um cônjuge que odeia Deus

Não derrame todas as suas frustrações e críticas sobre seu cônjuge. Continue orando e sendo o exemplo para que ele possa sentir sua influência.

5,722 views   |   shares
  • Pode parecer impossível conviver em um relacionamento no qual um dos cônjuges é cristão e o outro não pode ouvir nem mencionar o nome do Senhor em seu lar. Realmente não é nada fácil para quem vive em uma situação como esta, mas ela não é impossível, e melhor, pode mudar.

  • A união de duas pessoas é muito mais fácil quando ambas compartilham das mesmas crenças e vivem de acordo com elas, no entanto, é muito comum encontrar casais em que um dos cônjuges é fiel aos ensinamentos de sua religião e o outro não compartilha dos mesmos ensinamentos.

  • Neste caso, a fé e a perseverança é fator fundamental que deve estar presente para que a situação mude e o casal se torne um em crença e testemunho.

    1. Algumas coisas podem passar pela sua cabeça, como os atributos negativos de seu cônjuge, por exemplo. Não foque nisso. O inverso desta situação deve ser visto, tente lembrar-se das inúmeras qualidades que ele possui e ore por ele. Não deixe que o foco seja você e todas as tristezas que você vive por não estar com ele sentado no banco da igreja, ou por não compartilharem de assuntos religiosos, mas exerça sua fé e continue orando.

    2. Viva uma vida reta. As escrituras são cheias de conselhos para que todos possam ter um casamento feliz e saudável. Faça pequenas coisas que o agradarão, mostre de forma mansa e humilde suas qualidades adquiridas através do evangelho, pelo exemplo. No livro de Timóteo, na Bíblia, o ensinamento de que devemos ser o exemplo aos fiéis através de nossos atos também fará com que nossa luz seja vista por aqueles que não têm fé e não acreditam que há um Deus vivo.

    3. Mostre a ele que você o ama, que ele vem a frente das atividades da igreja e dos amigos. Trate-o com carinho e respeito.

  • Seu exemplo, fé e diligência farão com que seu cônjuge perceba algo bom em você ser do jeito que é. Não o critique nem faça com que se sinta inferiorizado por não acreditar nas mesmas coisas que você. O tempo e seu exemplo serão seus maiores aliados.

  • O Senhor promete em Suas escrituras que Ele estará a nossa frente para nos ajudar em todos os momentos se formos fiéis a seus ensinamentos. No momento certo e aos poucos seu cônjuge sentirá essa influência e poderá ter o coração tocado a acreditar no que você acredita. Não desista!

  • Leia também: Como falar com seu cônjuge sobre Deus depois da perda da fé

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.

3 soluções para lidar com um cônjuge que odeia Deus

Não derrame todas as suas frustrações e críticas sobre seu cônjuge. Continue orando e sendo o exemplo para que ele possa sentir sua influência.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr