Fazer do lar uma fortaleza espiritual

Em tempos de dor, sofrimento, corações frios, raiva, isolamento, descaso, criminalidade, drogas e perversão como poderemos criar nossos filhos de modo que, embora, eles estejam no mundo, não sejam do mundo?

632 views   |   3 shares
  • Em tempos de dor, sofrimento, corações frios, raiva, isolamento, descaso, criminalidade, drogas e perversão como poderemos criar nossos filhos de modo que embora eles estejam no mundo não sejam do mundo?

  • Essa é uma pergunta que muitos pais se fazem. De fato vivemos em uma época hostil, mas não foi assim em outras épocas também? Claro que hoje nossa geração traz peculiaridades que requerem que façamos certas adaptações para não nos deixar influenciar, mas receita para a proteção do lar é a mesma em qualquer época da história da humanidade: Fazer do lar uma fortaleza espiritual!

  • Há um tempo saiu na mídia a notícia de uma adolescente de 15 anos que havia se enforcado porque um vídeo em que mantinha relações íntimas com outros dois colegas foi divulgado na internet. Fiquei horrorizada com essa notícia, e longe de fazer qualquer tipo de julgamento sobre essa menina e sua família, pensei em mim, em minha família, em meus filhos e em meu lar. Que tipo de lar eu estou construindo e como isso tem influenciado no desenvolvimento da personalidade dos meus filhos?

  • Quando meu marido e eu decidimos ter filhos decidimos que eu deveria parar de trabalhar para cuidar deles, mesmo que nossa situação financeira ficasse mais restrita. E desde que tomamos essa decisão tentamos ser fiéis a ela, porque acreditamos que a influência da mãe presente no lar é mais forte do que qualquer outra força. Ocorre que muitas situações e circunstâncias exigiram alguns ajustes, houve épocas em que eu tive que trabalhar, mas sempre tínhamos em mente que era por um pequeno tempo. Hoje tenho o privilégio de trabalhar no período em que eles estão na escola e ficar com eles o resto do tempo. Sinto-me grata por essa oportunidade e vejo a diferença que isso traz para nosso lar.

  • Os pais que se esforçam por fortalecer espiritualmente seus filhos são aqueles que encontram tempo para isso, e com certeza se mais pais se preocupassem com o lado espiritual muitos comportamentos inadequados poderiam ser evitados, claro que não há garantias, mas as probabilidades são maiores.

  • Spencer W. Kimball disse: "(...) Não é necessária uma grande sabedoria para saber onde está o erro, e que a cura é a prevenção. Num lar religioso, com disciplina, amor e alegria dos pais, e relacionamento amoroso entre pais e filhos, haveria poucos filhos pródigos, se é que haveria algum. (...) isso poderia ser conseguido, se os lares fossem transformados em fortalezas espirituais. Se os pais se dedicassem às suas famílias, e se todas as mães que pudessem, deixassem seus empregos e se transformassem em mães reais".

  • Advertisement
  • O Pai Celestial conhece nosso coração e suas intenções e Ele nos fortalecerá, nos dará condições para podermos fazer sua vontade se assim for o desejo de nosso coração. A respeito de todas as dificuldades financeiras que meu marido e eu enfrentamos sempre conseguimos manter nossa promessa e realmente ser mãe e pai para nossos filhos. Ainda buscamos, dia após dia, fortalecer espiritualmente nosso lar, porque essa é uma tarefa para a vida toda. Há dias em que temos maior sucesso e determinação, em outros nem tanto, mas não desistimos e não desistiremos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

Fazer do lar uma fortaleza espiritual

Em tempos de dor, sofrimento, corações frios, raiva, isolamento, descaso, criminalidade, drogas e perversão como poderemos criar nossos filhos de modo que, embora, eles estejam no mundo, não sejam do mundo?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr