4 chaves para o perdão, cura e reconstrução da confiança

Foi dito que, “Guardar rancor é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.” Os quatro princípios abaixo podem revolucionar seus relacionamentos se você os aceitar e praticar.

5,397 views   |   16 shares
  • Este artigo foi publicado originalmente no blog de Dave Willis e foi reproduzido aqui com permissão. Traduzido e adaptado por Sarah Pierina.

  • Foi dito que, "Guardar rancor é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra."

  • O perdão é um dos conceitos mais difíceis e mais incompreendidos em toda a vida. A recusa de perdoar pode criar uma raiz de amargura tóxica em nossos corações. A falta de perdão pode destruir casamentos, famílias, carreiras e quase todos os outros aspectos da vida, mas usar a graça em sua verdadeira forma pode trazer liberdade e cura.

  • Leia: Perdão: cura para os erros e esperança para uma vida melhor

  • Os quatro princípios abaixo podem revolucionar seus relacionamentos se você os aceitar e praticar.

  • Para ter a graça divina em seus relacionamentos, faça o seguinte (em nenhuma ordem particular):

  • 1. Quando você tiver cometido um erro, assuma!

  • Vivemos em um mundo que ama desviar responsabilidades e atribuir a culpa a outros fatores. Gostaríamos de acreditar que somos sempre o herói ou a vítima em qualquer situação, mas às vezes, nós somos os vilões! Nunca admitir culpa não o faz parecer forte, faz você parecer tolo. Esteja disposto a engolir seu orgulho, confessar seu erro, e humildemente pedir perdão.

  • "O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia." Provérbios 28:13

  • 2. Reconheça a diferença entre o perdão e a confiança

  • Algumas pessoas rejeitam o perdão, porque acreditam erroneamente que é a mesma coisa que confiança e uma vez que não confiam na pessoa, elas acham que não podem perdoá-la. O perdão não pode ser conquistado, apenas dado (isso é chamado graça). Confiança, no entanto, não pode ser dada, apenas conquistada (isso é chamado de "senso comum!").

  • Leia: Sempre é tempo de ser feliz

  • 3. Siga o exemplo da única pessoa que podia perdoar perfeitamente

  • Advertisement
  • Quanto mais você aprender sobre Jesus, mais naturalmente o perdão virá. Ele é a personificação do amor e da graça. Ainda arcamos com as consequências naturais de nossas decisões, mas, em última análise, a pena por nossos pecados foi paga por Ele na cruz. Não se culpe nem culpe os outros por ofensas que Jesus literalmente sofreu para perdoar.

  • 4. Dê tanto perdão quanto você quiser receber

  • Todos queremos a graça quando erramos, mas precisamos perceber que a graça flui nos dois sentidos na mesma medida. Se você quiser receber o perdão, você também deve oferecer perdão.

  • "Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai Celestial vos perdoará a vós; Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas." Mateus 6:14-15

  • Assista: Relacionamento amoroso: é possível perdoar uma traição?

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Dave Willis é um pastor, palestrante e autor de vários livros. Ele possui graduação pelo Georgetown College de Kentucky, onde encontrou o amor de sua vida, Ashley. Juntos, eles fundaram StrongerMarriages.org que ajuda casais em todos os níveis da vida a construírem e a manterem casamentos fortes. Dave dedica sua vida a fazer e também fortalecer casamentos, ensinar sobre Jesus Cristo e a Bíblia às pessoas, além de viajar e dar palestras ao redor do mundo. Dave e Ashley são pais de 4 filhos homens que são seu tesouro. Juntos, eles trabalham para ajudar a fortalecer o casamento e as famílias.

Website: http://strongermarriage.org/

4 chaves para o perdão, cura e reconstrução da confiança

Foi dito que, “Guardar rancor é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.” Os quatro princípios abaixo podem revolucionar seus relacionamentos se você os aceitar e praticar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr