Como manter viva e forte a chama do amor por 80 anos

A lição que o apóstolo Paulo ensinou ajudou um casal a cultivar a união matrimonial por mais de 80 anos. E para eles, esse tempo foi apenas o início.

4,950 views   |   3 shares
  • Muitas pessoas imaginam que os ensinamentos religiosos servem exclusivamente para proporcionar um gás espiritual aos fiéis. Garanto para você que tal pensamento é um tanto limitado. As escrituras sagradas servem sim para fortalecer espiritualmente aqueles que acreditam nelas e as estudam, mas nas entrelinhas, a maioria delas guarda ensinamentos profundos que aperfeiçoam a vida de quem procura ponderá-las, além de meramente lê-las, tanto em âmbito pessoal, como familiar e social.

  • Leia: Um fator comum em todos os relacionamentos saudáveis

  • Uma bela lição ensinada pelo apóstolo Paulo, por exemplo, demonstra a qualquer ser humano, independente de seus credos, que agir de uma forma positiva com os semelhantes pode ajudar nos relacionamentos, na busca pela paz interior, na saúde física e mental, e em muitos outros aspectos. Ele diz: "(...) Sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza" (I Timóteo 4:12). Essa influência positiva é certamente ainda mais benéfica quando exercida pelo casal mutuamente.

  • Ser o exemplo dos fiéis na palavra..

  • Don Harvey Wall e Mary Boyson Wall foram casados por 81 anos. Logo após completarem essa memorável data, Don faleceu com 103 anos de idade. Um pouco antes disso, porém, a esposa responsabilizou esses anos todos de união e longevidade ao fato de eles procurarem sempre usar palavras amáveis um com o outro.

  • As palavras duras podem provocar feridas dolorosas e duradouras e, em muitos casos, causar mais danos do que agressões físicas. Já as palavras amáveis podem curar, confortar, aliviar as dores de uma realidade dura, e certamente fazer com que outras palavras ternas voltem àqueles que as proferirem. Por isso, como bem ensinou Paulo, procure ser o exemplo dos fiéis na palavra, e torne o seu círculo social, profissional e, principalmente, familiar e matrimonial mais terno também.

  • No trato

  • Em continuidade ao item anterior, Paulo bem lembrou que precisamos nos acautelar com a maneira como tratamos nosso próximo. Não somente com as palavras, mas também com as ações, como por exemplo, quando ignoramos o sofrimento do outro, ou pior, provocamos de algum modo esse sofrimento. Ao agirmos de modo egoísta, ao tratarmos as pessoas como se fossem inferiores, ao discriminá-las por suas escolhas ou sua maneira de ser. Enfim, a lista é grande, e por isso é sempre bom ter em mente a regra de ouro "não faça aos outros aquilo que não gostaria que fizessem a você". Essa regra é ainda mais solene quando "o próximo" se trata do marido ou esposa.

  • Advertisement
  • Leia: As 3 maiores necessidades do seu cônjuge

  • No amor

  • Já falei em um artigo anterior que o amor é muito mais do que meramente um sentimento. O amor, na verdade, tem mais a ver com atos do que com emoções. Estas podem variar, e nem sempre é fácil ter domínio sobre elas, mas os atos que demonstram o amor ao próximo são totalmente voluntários. Ao falarmos de amor ao próximo, ou caridade, que é um amor mais profundo, porque está relacionado com o amor que Jesus Cristo tem pelas pessoas, é essencial lembrar que o amor abnegado e singelo deve partir de dentro de casa para fora e não o contrário. Ou seja, para aprender a ter solidariedade e estender as mãos para ajudar os outros, que melhor modo de fazê-lo do que começar com as pessoas mais próximas, que estão no seio familiar? Acima de qualquer pessoa na face da Terra, está aquela que você deliberadamente escolheu para viver ao seu lado. E é essa pessoa de sorte que deve receber a maior e mais sublime fração do amor que você tem a oferecer.

  • No espírito e na fé

  • O professor universitário e notável líder cristão Stephen L. Richards disse: "O reconhecimento de um poder mais alto do que o do homem não o rebaixa de modo algum. Se, em sua fé, ele atribui bênçãos e um propósito maior a um poder que lhe é superior, ele tem a percepção de um destino maior e de atributos mais nobres para seus semelhantes e ganha estímulo e incentivo na luta pela existência. (…) Ele deve procurar crer, orar e ter esperança de encontrar. Nenhum esforço desse gênero, se sincero, ficará sem recompensa — pois é essa a própria filosofia da fé. Aqueles que buscarem com humildade, receberão as graças divinas".

  • Por isso, não tenha vergonha ou medo de acreditar em Deus nem de declarar essa fé. E procure sempre se aproximar de Deus em oração sincera e particular, não só quando estiver precisando de ajuda, mas para agradecer e pedir perdão. Sem dúvida sua relação com Ele se tornará mais íntima a cada dia e aos poucos você perceberá tal conexão. E certamente também você sentirá a conexão e o amor no casamento aumentar com grande significância.

  • Advertisement
  • Na pureza

  • Um dos grandes desafios de hoje é ser puro em um mundo tão cheio de "sujeira". Mas apesar de difícil, alcançar a pureza de coração, mente e corpo é tão imprescindível quanto possível. Existem muitas coisas atualmente que são socialmente bem aceitas, muitas delas são até mesmo encorajadas, e com cada vez mais intensidade, mais degradam a mente e o espírito. Cito o exemplo da pornografia, e vou deixar de lado por um momento a questão espiritual de uma pessoa que faz uso da pornografia. Segundo este artigo, ela é comprovadamente tão nociva para a mente, o corpo e as relações sociais quanto as drogas. Outros exemplos estão nas bebidas, nas próprias drogas, no consumismo excessivo, na imoralidade sexual, nos vícios eletrônicos, e a lista continua sem parar. Agora pense por um momento se é possível um casamento ser duradouro, sólido e com respeito, se um ou ambos os cônjuges não estiverem dispostos a se manter dignos, fiéis e puros.

  • Leia: Superando a "incompatibilidade" no casamento

  • Ser um exemplo na pureza então pode parecer um objetivo inalcançável, mas acredite, ele pode ser atingido sim. Pode não ser de uma hora para outra, mas certamente com perseverança, eliminando aos poucos aquilo que pode "sujar" a sua vida de algum modo, obter a grande virtude da pureza é factível. Um detalhe muito importante: o lugar mais adequado para que a pureza aconteça gradativamente é o lar, que, como declarou o líder espiritual David O. McKay, "precisa ser o lugar mais sagrado do mundo. (...) Devemos manter o lar puro e resguardado dos males do mundo". Não permita que as coisas imundas do mundo prejudiquem a pureza de uma relação que foi estabelecida para durar para sempre.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

Como manter viva e forte a chama do amor por 80 anos

A lição que o apóstolo Paulo ensinou ajudou um casal a cultivar a união matrimonial por mais de 80 anos. E para eles, esse tempo foi apenas o início.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr