Ensinar as crianças a julgar com retidão

Ensine seu filho a ver o mundo de forma mais clara. Aprenda novas ideias para ensiná-lo a julgar amigos, vizinhos e estranhos retamente.

2,232 views   |   5 shares
  • Thomas S. Monson, presidente de uma organização religiosa mundial, contou uma curta anedota sobre julgar os outros. Ele falou sobre uma mulher que olhou pelas janelas e viu as roupas de sua vizinha que estavam penduradas no varal. Diariamente, ela dizia ao marido que as roupas da vizinha ainda estavam sujas, e comentou que ela não sabia lavar roupas. Isso aconteceu várias vezes, até que um dia, ela olhou para fora da janela e exclamou com surpresa que finalmente as roupas estavam limpas. O marido respondeu: "Bem, querida, eu tenho a resposta. Talvez você se interesse em saber que eu me levantei cedo esta manhã e lavei nossas janelas!"

  • Monson continuou: "Nenhum de nós é perfeito [...] E, no entanto, por alguma razão, apesar de nossas próprias imperfeições, temos a tendência de apontar as dos outros [...] Não há realmente nenhuma maneira de conhecermos o coração, as intenções ou as circunstâncias de alguém ao fazer ou dizer algo que nos dê motivo para criticar. Assim, sigamos o mandamento: 'Não julgueis'.”

  • Os pais ensinam mais pelo exemplo. O que seus filhos o ouvem dizer? Quando você passa por algum pedinte, você fala sobre o quão difícil a vida pode ser, ou você faz um julgamento rápido?

  • Talvez, a melhor maneira de ensinar as crianças a julgar com retidão é: o "não julgueis" aplicado a nós mesmos e dar exemplo. Talvez, seja tarde demais, e você já tem reclamado verbalmente ou julgado seus amigos e vizinhos na frente de seus filhos. Se assim for, então este é um bom momento para fazer uma mudança e começar a ensinar às crianças a ver o mundo através dos olhos de Cristo, ou como o juiz mais compassivo de todos o vê.

  • Aqui estão algumas dicas para ensinar às crianças o julgamento justo.

  • Ensine empatia

  • Quando uma criança ralar o joelho ou se machucar, envolva seu filho no cuidado compassivo com aquele que se machucou. Fale sobre a dor da criança ferida. Ensine-o a dar abraços, conseguir curativos e ajudar nos cuidados com o paciente. Defina um exemplo de empatia e envolva o seu filho para que ele aprenda a ajudar os outros na dor física ou emocional.

  • Ensinar compaixão e altruísmo

  • . O altruísmo é definido como a relação sem egoísmo ou devoção ao bem-estar dos outros. A Associação Americana de Psicologia explicou que é pelo exemplo, que os pais ensinam as crianças a ajudar em comunidades e a servir aos outros. Quando as crianças servem e têm compaixão pelos outros, elas são mais propensas a cuidar e menos propensas a ameaçar ou intimidar. Encontre oportunidades para as crianças mais velhas servirem em sua comunidade. Um amigo nosso leva sua família a um abrigo local para servir alimentos aos desabrigados no dia de Ação de Graças.

  • Advertisement
  • Monitore o que você diz sobre os outros

  • As crianças ouvem como você fala sobre as pessoas. Fale com compaixão em todos os momentos. Você nunca sabe quando as crianças estão ouvindo. Seu comportamento será o modelo de como seus filhos vão tratar os amigos. Se você perceber seus filhos dizendo coisas desagradáveis sobre os amigos deles, olhe para si mesmo no espelho e reveja o que você fala sobre seus próprios amigos.

  • Ensine às crianças que coisas ruins acontecem a pessoas boas

  • Ocasionalmente acontecem coisas que não são culpa nossa. Ensine a elas que todo mundo é livre para fazer escolhas. Às vezes, alguém escolhe ferir outros. Quando fazemos isso, damos às crianças as ferramentas para curarem a si mesmas quando coisas ruins lhes acontecerem.

  • Por exemplo, quando um motorista bêbado matou um amigo, as pessoas no funeral conversavam baixinho com a viúva, tentando entender o que tinha acontecido. Diziam coisas como: "Deve haver uma lição de Deus em tudo isso." Embora as pessoas estivessem tentando consolar a viúva, suas declarações davam a entender que ela tinha algum grau de culpa, e que se ela aprendesse a lição tudo ficaria bem. Deixe as crianças saberem que às vezes as pessoas fazem escolhas que nos ferem e não é culpa nossa.

  • Ensine às crianças a não tirar conclusões precipitadas

  • Um homem vestido com roupas velhas pegou um pedaço de papelão e escreveu algo, era um cartaz como os moradores de rua e mendigos fazem. Ele escreveu algo como, "Me ajude, por favor." ou "Preciso de dinheiro para comprar remédios." Ele se sentou na calçada do estacionamento de uma igreja e viu uma grande multidão que passava. Ele observou cada reação, desde grosseria até doações em dinheiro. Então, recolheu o cartaz e entrou na capela lotada. O homem atravessou a nave da capela e tomou o seu lugar no púlpito para falar sobre a caridade. Imagine a surpresa da congregação ao perceber que a pessoa que haviam julgado por suas roupas e aparência era o grande orador e professor que tinha sido convidado para ensiná-los. Nem tudo é o que parece.

  • Julgar com cuidado

  • Há momentos em que temos de julgar os outros. Quando compramos um carro usado temos que julgar se a pessoa que vende está sendo sincera ou não. Essa é uma ótima oportunidade para ensinar às crianças a tomar decisões. Elas podem ajudar-nos a fazer a lista dos prós e contras sobre o carro - mantendo o foco na decisão e não na pessoa que vende. Podemos também falar sobre a importância da honestidade e da reputação. Nossa família toma decisões acompanhadas de orações. Cada chance de tomar uma decisão ou julgar é uma oportunidade de ensino.

  • Advertisement
  • Nossos filhos vão crescer, ter suas próprias lutas e cometer erros. Queremos que eles se sintam confortáveis vindo até nós para pedir ajuda, e não preocupados se vamos julgá-los quando cometerem erros graves. Julgue com a compaixão de Cristo, e seus filhos aprenderão com você.

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original Teaching children to judge righteously, de Shannon Symonds.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Shannon and Erin are a mother and daughter with lots of children and Utah and Oregon roots.

Ensinar as crianças a julgar com retidão

Ensine seu filho a ver o mundo de forma mais clara. Aprenda novas ideias para ensiná-lo a julgar amigos, vizinhos e estranhos retamente.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr