Pais e filhos: Notas boas na escola x Preparação para a vida

5 dicas para ajudar seu filho a estar preparado para a vida, apesar de ir ou não bem nas matérias escolares.

5,524 views   |   13 shares
  • Como profissional na educação, tenho por muitas vezes vivenciado experiências de pais frustrados pelo baixo desenvolvimento escolar de seus filhos e os mesmos assustados sem saber o que fazer para encarar seus pais de frente. Vejo não apenas um lado mas os dois, tanto dos pais quanto dos filhos. Sendo testemunha de toda essa situação na sala de aula fui motivada a escrever este artigo.

  • O objetivo maior desse trabalho não é falar como você pai ou mãe deve educar seu filho dentro das paredes do teu lar, mas como ajudá-los a lidar com a situação de notas baixas sem prejudicá-los em outras atividades escolares que são importantes e fundamental para o desenvolvimento profissional deles.

  • Todo pai deseja o melhor para seu filho e é por causa disso que colocam eles na escola, mas além disso é preciso entender o processo educacional para o melhor desenvolvimento pessoal e profissional do seu filho. Não é apenas colocar na escola e cobrar notas altas deles, pois notas altas nada dizem sobre o desenvolvimento cognitivo, portanto nada é pronto e nada está feito! Vamos entender um pouco sobre esse processo e depois de tomarem conhecimento de como funciona, os convido a praticar junto com os profissionais de educação. Pois tanto os profissionais da educação como os pais são responsáveis pela educação de seus filhos, um sem o outro são como um corpo sem o coração.

  • No que diz respeito a educação segundo preceitua o artigo 1º da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (LDB): "A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais". No artigo 2°: "A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho." Portanto, podemos ver de acordo com a lei que os pais têm total responsabilidade no desenvolvimento educacional de seu filho e vemos que as instituições de ensinos são responsáveis, porém ficam em último lugar. O que tem preocupado é que os pais estão jogando a responsabilidade da educação total na instituição de ensino e cobrando tanto da escola quanto do aluno um resultado excelente no que diz respeito as notas de seus filhos, e tirando deles programas promovido pelo estado para o desenvolvimento pessoal e profissional deles. Quando na realidade eles precisam de apoio e muitas vezes motivação para o aprendizado eficaz. De acordo com o que diz no artigo da revista Nova Escola de junho/julho 2012, de Fernanda Salla: "A emoção interfere no processo de retenção de informações. É preciso motivação para aprender."

  • Advertisement
  • Portanto pais, vamos ver o que devemos fazer juntos para ajudar seu filho no melhor rendimento escolar e no maior desejo para o aprendizado? Seguiremos algumas medidas.

  • 1. Acompanhar seu filho mais vezes na escola, tentar entender o que se passa na instituição de ensino e ter o desejo de ajudar. Isso significa que ajudar não é cobrar, como assim? Conversar com o professor e responsável pedagógico para tentar descobrir o motivo da nota baixa e buscar fontes de possíveis problemas, tanto na escola quanto no lar.

  • 2. Perguntar de quais programas ele participa e qual o objetivo do programa e no que será útil? Participe dos grêmios, eles são responsáveis para aproximar vocês pais da unidade educativa.

  • 3. Estudem sobre o processo de aprendizagem, pois é complexo os caminho de aprendizagem do homem. "Como sabemos, as pessoas aprendem, quando são premiadas ou castigadas, mas também possuem um grande capacidade de aprender em pele alheia, aproveitando o que veem os outros fazerem, identificando com sua forma de agir e pensar,etc."(Bandura,1976)

  • 4. Nunca, por hipótese alguma, ameaçar tirá-los de uma atividade escolar ou de uma atividade na igreja por causa de uma nota baixa. Essas atividades são tão importantes para aprendizagem. Todo pai que conhece seu filho sabe o ponto fraco dele, trabalhe esse lado com sabedoria. Quando eu era criança minha avó tirou de mim a liberdade de dormir tarde, de assistir o desenho favorito. (Pensem em diferentes possibilidade de castigos.)

  • 5. Não ameace bater em seu filho se ele tirar uma nota baixa, isso vai deixar ele frustrado e aumentar a baixa estimae assim piorar o aprendizado. A terapeuta Camile de Lira, cita em um de seus artigos 9 passos para impor limites a seus filhos, você pode ter acesso nesse

  • site.

  • Para finalizar, contarei a experiência que tive com um adolescente aluno meu. Era dia de conselho, os professores estavam entregando o boletim com as notas, um dos pais foi até a sala que dou aula e ameaçou o filho de bater. O garoto veio chorando sem saber o que fazer, ele era bom em todas as outras disciplinas, mas não em matemática. Como castigo, o pai desse aluno o tirou do programa "Ganhe o Mundo", que dá aos estudantes de escolas públicas em Pernambuco a oportunidade de estudar por 6 meses em um país de língua inglesa. Ele não conhece o programa e tirou o filho de um grande oportunidade na carreira profissional.

  • Advertisement
  • Pais, pensem sobre essas palavras neste artigo. Ponderem sobre como tem sido sua atitude. Se não são semelhantes a estas aqui citadas, parabéns! Continuem fazendo o seu melhor, pois serão recompensados.

  • Se sua atitude é semelhante, sempre haverá tempo para mudar o caminho. Mas não demore! Sabemos que ninguém nasce com o manual pronto para saber tudo sobre como educar nossos filhos, mas nunca desista, você é capaz porque você ama seu filho e quer o melhor para ele.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Francione Sousa instrutora de curso, professora e escritora apaixonada pela vida. Graduada em letras pela Faculdade Frassinetti do Recife_FAFIRE. Seu tema : Viva cada dia a dadiva do presente, fao o seu melhor agora.

Website: http://www.facebook.com/#!/francione.sousa

Pais e filhos: Notas boas na escola x Preparação para a vida

5 dicas para ajudar seu filho a estar preparado para a vida, apesar de ir ou não bem nas matérias escolares.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr