Eu estou deixando a minha esposa ir

Se você realmente ama alguém, tenha fé para "deixá-lo ir."

18,882 views   |   2 shares
  • Este artigo foi publicado originalmente em SethAdamSmith.com. Foi republicado aqui com permissão. Traduzido e adaptado por Stael F. Pedrosa Metzger.

  • Tenho certeza de que pode ser um choque para algumas pessoas, mas eu deixei minha esposa ir. Foi uma das coisas mais difíceis que tive que fazer, mas era a coisa certa para nós dois.

  • Leia: 10 maneiras simples de fazer sua esposa feliz

  • Não, nós não estamos nos divorciando e nem separados. Verdade seja dita, a prática de "deixar ir" foi o que realmente nos aproximou. Mas, para entender o que quero dizer com "deixar ir", primeiro você precisa entender que Kim e eu somos duas pessoas muito diferentes.

  • Na verdade, as diferenças entre nós eram a principal preocupação de Kim em relação ao casamento. "Seth, um peixe pode amar um pássaro", disse ela. "Mas onde eles viveriam?"

  • Sorri pela comparação porque é bastante precisa.

  • Kim e eu somos pessoas incrivelmente diferentes. Ela é a filha mais velha em sua família; eu sou o mais novo na minha. Ela é muito responsável; eu... Não muito. Ela ama a vida urbana; eu prefiro o campo. Ela adora comida saudável; eu amo comer porcarias. Ela gosta de escola; eu desprezo escola. Ela quer assistir dramas britânicos; eu prefiro assistir comédias. Ela gosta de cantar e dançar; eu não. Ela prefere voar; eu prefiro dirigir. Ela gosta de estar com pessoas, eu prefiro ficar sozinho. Kim é uma mulher orientada para objetivos de carreira, enquanto eu, sou um cara descontraído que prefere jardinagem e escrever sobre qualquer outra coisa.

  • Colocando de maneira simples, Kim é uma pessoa extrovertida, enquanto eu sou um introvertido. Francamente, às vezes me espanto que Kim e eu tenhamos nos conhecido – quanto mais que tenhamos nos casado!

  • Mas depois de conhecer Kim por 10 anos, eu sabia que simplesmente não poderia viver sem ela. Apesar de suas muitas diferenças, o peixe amou o pássaro e o pássaro amou o peixe.

  • Então colocamos a nossa fé nesse amor e fizemos a única coisa que um peixe e um pássaro poderiam fazer: nos casamos e construímos um chafariz.

  • O chafariz é um símbolo para o nosso meio-termo - o lugar onde nos reunimos - mas é também o lugar a partir do qual nos sentimos confortáveis para deixar o outro movimentar-se. "Deixar ir" significa amar alguém o suficiente para deixá-lo voar ou nadar para longe (ou ser ele mesmo) e ainda confiar que vão sempre voltar.

  • Advertisement
  • Porque, se realmente amamos um ao outro, temos que estar dispostos a "deixar o outro ir" para se tornar a melhor versão de si mesmo. Kim me encoraja a manter a natação (desenvolver meus talentos), e eu a incentivo a voar mais alto (perseguir seus sonhos).

  • Relações unilaterais abusivas são desoladoras para mim. Como podemos dizer que amamos alguém e, em seguida, tentamos limitar a identidade dessa pessoa? O casamento é uma união, com certeza, mas é uma união que deve libertar, não encarcerar. O amor verdadeiro não deve limitar o potencial de uma pessoa, deve expandi-lo.

  • O verdadeiro amor me diz para deixar Kim voar e confiar que ela vai sempre voltar. Eu tenho que deixá-la ir para que ela possa perseguir seus sonhos, prosseguir a sua educação, e desenvolver seus talentos. Além disso, eu tenho que deixar ir meus medos para que voem para longe e nunca mais voltem. Se os peixes cortarem as asas dos pássaros, eles correm o risco de aparar seus sonhos e sufocá-los completamente.

  • Dito isto, eu gostaria de poder dizer que eu sou perfeito por deixar minha esposa voar. Mas eu não sou. No final, nós ainda somos duas pessoas muito diferentes. Eu tenho algumas inseguranças profundamente enraizadas, e tivemos que aprender a lidar com as personalidades de cada um.

  • Leia: Seu marido tem 5 necessidades básicas. Você está satisfazendo-as?

  • Mas, embora eu certamente não posso dizer que sou perfeito, ainda posso dizer que toda vez que eu incentivei Kim a voar ela amou-me ainda mais e a tudo o que faço para apoiá-la e por ter fé suficiente para deixá-la ir.

  • Então, se você realmente ama alguém, tenha fé para "deixá-lo ir." Incentive-o a ser a medida mais completa de si mesmo, e você será inundado pelo amor que o seu cônjuge retornará para você.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Seth Adam Smith é um leitor ávido, escritor e um homem numa odisséia literal para publicar seus livros. Aprenda mais visitando seu website.

Website: http://www.SethAdamSmith.com

Eu estou deixando a minha esposa ir

Se você realmente ama alguém, tenha fé para "deixá-lo ir."
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr