Maridos e esposas: Vocês estão evoluindo juntos ou seguindo em direções opostas?

A compreensão de que cada ser humano evolui a seu tempo e a sua maneira favorece a ação dos cônjuges no sentido de compreender e respeitar, buscando inspirar e valorizar o outro.

14,516 views   |   41 shares
  • O relacionamento a dois é uma fonte inesgotável de aprendizado. Numa relação de tamanha intimidade muitos são os obstáculos que surgem e superá-los exige amadurecimento de ambas as partes. Mas o crescimento humano não funciona em pares, ele é pessoal, intransferível e depende do grau de consciência de cada um. Assim, por mais que haja amor, evoluir juntos é realmente uma arte composta por muita paciência, compreensão e, não raras vezes, renúncia.

  • Lidando com as diferenças

  • O casamento é um contínuo aprendizado de respeito e consideração com o outro. Quando o casal absorve esse ensinamento consegue entender que sendo o outro uma individualidade diferente, dele não se poderá exigir que pense da mesma forma ou tenha ideias semelhantes sempre. A partir disso é possível construir uma relação realmente harmoniosa, apesar dos empecilhos que surjam dessas desigualdades. Com o passar do tempo e a boa vontade de cada um será possível aos cônjuges saber a maneira mais adequada de se manifestar, aumentando a possibilidade de entendimento.

  • O espaço do outro

  • É preciso que se desmistifiquem algumas coisas em relação à vida a dois, como por exemplo, "a metade da laranja" ou a "tampa da panela". Um relacionamento sadio é constituído por duas pessoas inteiras que desejam compartilhar uma vida juntos. Passados os primeiros tempos do ardor da paixão é natural que cada um busque ajustar a sua singularidade à vida a dois. Os conflitos comumente acontecem quando um quer impor o próprio conceito de vida e não considera a maneira de ser e viver do outro. Dessa forma, um sempre cede mais que o outro e então surgem as cobranças e o sentimento de rejeição. Um casamento sadio é aquele no qual cada cônjuge tem e respeita o espaço do outro e juntos constroem um terceiro espaço, que é o do casal.

  • A consciência

  • O ser humano só cresce quando adquire consciência de que essa é uma necessidade sua, de forma que quanto mais a consciência se amplia, maior a necessidade de evolução. Esse é um trabalho individual e intransferível; por mais que se ame alguém não se pode evoluir por ele. Crescer é um trabalho árduo e contínuo pelo qual a pessoa ousa ampliar o próprio mundo, adquirindo qualidades pelo aprendizado e prática. Assim, os cônjuges não crescem ao mesmo tempo e na mesma direção, já que cada um tem sua própria consciência. O importante é que os cônjuges compreendam a necessidade de crescer juntos, isto é, mesmo que cada um evolua a seu tempo haja sempre disposição para inspirar o crescimento ao outro sem jamais desconsiderar o ganho deste. Conforme escreveu a terapeuta de casais Lígia Oliveira na Revista Mon Quartier: "Crescer no casamento necessita do aprendizado voltado ao investimento do olhar mútuo, sem perder de vista a vontade de seguir e ousar".

  • Advertisement
  • Na conclusão do livro "Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois" temos: "As diferenças quando ouvidas, compreendidas e respeitadas provocam grande crescimento interior... Logo, o relacionamento a dois representa grande oportunidade de progresso pessoal e, consequentemente, da relação".

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Maridos e esposas: Vocês estão evoluindo juntos ou seguindo em direções opostas?

A compreensão de que cada ser humano evolui a seu tempo e a sua maneira favorece a ação dos cônjuges no sentido de compreender e respeitar, buscando inspirar e valorizar o outro.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr