Discutir a Relação (DR) - positivo ou negativo?

Quando uma DR pode salvar ou destruir seu casamento.

3,221 views   |   6 shares
  • As famosas e temidas DRs estão presentes na vida de todos os casais. Tornaram-se parte do estilo de vida de quem compartilha sua existência ao lado de outra pessoa. Mas será que estes debates são realmente necessários em todas as ocasiões?

  • Homens costumam não gostar muito de DRs e fogem delas. Mulheres costumam preferir conversar a respeito de tudo. Os dois gêneros precisam entrar em acordo: nem evitar, nem discutir demais para não esfriar nem destruir o relacionamento.

  • Discutir a relação pode ser benéfico ou não para o casal. Sentar para resolver pequenos problemas que poderiam ser esquecidos muito facilmente pode ser tão maléfico quanto não abordar atitudes e tratamentos que estão incomodando e deixando um ou ambos os cônjuges aborrecidos. Encontrar o equilíbrio entre os dois extremos será o ideal para o crescimento do casal. Resumindo:

    • Questões banais ou que não farão a diferença a longo prazo não necessitam ser levadas a uma pauta de discussão. É importante lembrar que cada ser humano tem suas diferenças, viveu em um ambiente diferente do outro durante sua infância e juventude, pensa diferente e, é claro, fará coisas que serão estranhas ao seu cônjuge. Respeitar as diferenças e aceitar algumas coisas que não parecem muito comuns é um ato de amor e maturidade.

    • Os problemas que afetam o relacionamento necessitam de atenção especial. O casal pode ver um pequeno problema se tornar em motivo de divórcio ao longo do tempo caso não seja devidamente resolvido. Homens normalmente demoram mais para se recuperar de uma discussão que as mulheres. Talvez seja por este motivo que eles evitam as DRs. Quando algo não vai bem, o melhor é sentar com calma e falar a respeito para que não fique ainda pior.

  • E como saber se o problema deve ser discutido com seu parceiro ou não?

    • Quando o que aconteceu ou deixou de acontecer não causou maiores problemas e foi esquecido, e vocês estão bem novamente, falar a respeito pode ser negativo. Relacionamentos são delicados e às vezes conversar sobre algo pequeno pode ser o início de uma grande e complicada discussão, pelo simples fato de o assunto ser algo muito banal, fazendo com que o cônjuge se sinta perseguido por algo sem importância.
  • Como ter uma DR eficaz e menos traumática?

    • Nunca discutir em público, seja em uma festa ou na frente dos filhos.

    • Estar disposto a ouvir sem atacar, falar primeiro o que você pensa de si mesmo e evitar culpar o outro.

    • Lembrar sempre que não importa quem está certo, mas o que resolverão para ficarem bem entre si.

    • Não perder a postura, gritar ou usar ameaças de qualquer natureza. Nunca.

  • Advertisement
  • A convivência harmoniosa do casal necessita de cuidados diários. O amor é fortalecido através do respeito e da aceitação das diferenças. Problemas sérios sempre precisam ser resolvidos para não complicar a relação.

  • Encontrar o equilíbrio pode ser mais simples do que parece quando usamos regras simples e básicas da cordialidade. Perdoar e realmente amar a pessoa de forma não egoísta entram no pacote.

  • Leia: 4 segredos para construir uma relação perfeita

  • Leia: O equilíbrio emocional na relação a dois

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Discutir a Relação (DR) - positivo ou negativo?

Quando uma DR pode salvar ou destruir seu casamento.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr