Paternidade: Privilégio sagrado e bênção eterna

Quando nos tornamos pais e mães, entendemos nossos próprios pais. Além disso, podemos entender também como se sente nosso Pai Celeste.

5,798 views   |   1 shares
  • Quando nos tornamos pais e mães, passamos a entender melhor nossos próprios pais, que sacrificaram muitas vezes seus desejos pessoais para nos dar o que precisávamos para a vida. Acabamos repetindo muitas coisas que recebemos deles com nossos filhos, enquanto crianças. Quando adolescentes, só nos damos conta de como foi difícil essa fase para nossos pais quando nossos filhos passam por ela.

  • Entendendo nossos próprios pais quando nos tornamos pais

  • ASSISTA a este vídeo. Nossos filhos enquanto crescem não precisam se preocupar com as necessidades básicas que possuem. Como pais, fazemos o necessário para prover o que precisam. Eles não entendem algumas de nossas ações quando colocamos limites, disciplinamos ou proibimos algo que querem tanto. Alguns filhos crescem e continuam não entendendo, enquanto outros reconhecem e são gratos por tudo o que seus pais fizeram por eles, para que se tornassem os melhores adultos, e o ciclo da vida continua com seus próprios filhos.

    • Quando um filho está triste, nós nos preocupamos e fazemos de tudo para que se alegre novamente.

    • Se um filho está doente, machucado ou sofrendo, nós nos desdobramos para encontrar ajuda, ajoelhamo-nos em oração e jejum para que sejam curados, quase pedindo que a doença seja transferida a nós, para que nosso filho não sofra.

    • Quando um filho se perde nas drogas e vícios, uma ferida em nosso coração aumenta a cada dia por muitas vezes não saber o que fazer e acabamos encontrando forças que não sabíamos que tínhamos para ajudá-los.

    • Da mesma forma, quando nossos filhos realizam seus sonhos, ultrapassam um obstáculo, são vencedores e conquistam passo a passo sua vitória e felicidade pessoais, nós nos orgulhamos tanto, sentimos nossas orações como válidas e ficamos satisfeitos por tanto trabalho e bons resultados.

  • Entendendo o amor de Deus por cada um de nós, Seus filhos

  • Enquanto passamos por essas transformações e descobertas como pais e mães, também podemos entender melhor como nosso Pai Celestial se sente em tantas ocasiões.

  • O termo “Pai” é usado tanto no Velho quanto no Novo Testamento para descrever Deus. De todos os títulos existentes para o Senhor de todos os mundos, Ele escolheu ser chamado de Pai.

  • Todos nós somos Seus filhos. Não importa raça, credo, cor, se acreditamos n’Ele ou não, Ele nos ama com um amor imensurável, incondicional, mas justo e perfeito.

  • Advertisement
  • Declarações de amor perfeitas de um Pai Perfeito

  • Veja as maravilhas existentes na Natureza: as flores, as montanhas, as praias, o céu, o verde, árvores, animais. Que mundo maravilhoso nós vivemos! Preste atenção no nascer e no pôr do sol, nas cachoeiras, nas crianças, na brisa, na chuva que abençoa a terra. Presentes de um Pai amoroso que quer ver seus filhos felizes.

  • Olhe a variedade de alimentos que existem. Temos todas as frutas, vegetais, carnes e somos abençoados com tamanha variedade. Bênçãos de um Pai preocupado que quer nos ver saudáveis e satisfeitos.

  • Respire fundo. Quantos de nós paramos para agradecer o ar que respiramos, a água que tomamos, o sol que dá vida, a noite que traz descanso? Geralmente temos tudo isso como direito e necessidades básicas, e raramente reconhecemos que tudo vem de nosso Pai, que colocou neste mundo tudo o que seus filhos precisam para serem felizes, sabendo de antemão que poucos de nós reconheceríamos Sua mão em todas as coisas.

  • Família na terra, família celestial

  • Um Pai que apesar de todos os títulos e toda onipotência prefere ser chamado de Pai regozija-se em Seus filhos e nas famílias que criam. Isso também é o mais importante para Ele. Da mesma forma que protegemos nossos filhos, queremos ser os melhores pais e mães para eles, queremos que aprendam a confiar em nós, virem ao nosso encontro quando precisarem, ou mesmo somente para estar conosco, nosso Pai Celestial quer o mesmo. Ele nos quer de volta à Sua presença. Todos nós, e como famílias.

  • Cada um de nós somos filhos, pais, irmãos, cônjuges, parentes e amigos de alguém. Assim como nossos filhos, nós não entendemos tudo o que nosso Pai Celestial faz por nós todos os dias. Mas, podemos buscar o conhecimento e aprendermos pela fé, conhecê-Lo através das escrituras e orações, e chegarmos ao ponto de sabermos, sem sombra de dúvida, que tudo o que somos e tudo o que temos é justamente porque Ele é nosso Pai.

  • A paternidade e maternidade podem ser oportunidades únicas, pois trazem a experiência de nos tornarmos pais e nos ajudar a entender exatamente como nosso Pai amado se sente em relação a nós.

  • Pais e mães podem entender essa responsabilidade e ajudar a preservar a unidade familiar. Assim como queremos o melhor para nossos filhos, nosso Pai nos aguarda a cada instante, de braços abertos e com Seu amor perfeito, que tanto precisamos. Afinal, o que levaremos dessa vida serão apenas o amor que doamos e os sentimentos e tudo o que aprendemos em nossas relações pessoais. O resto, a traça roerá e ficará por aqui.

  • Advertisement
  • A paternidade e a maternidade são privilégios e bênçãos eternas para evoluirmos a cada dia. Que possamos viver de maneira a merecer essas dádivas divinas.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

Paternidade: Privilégio sagrado e bênção eterna

Quando nos tornamos pais e mães, entendemos nossos próprios pais. Além disso, podemos entender também como se sente nosso Pai Celeste.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr