Como construir um casamento à prova de traições

Conheça os principais problemas que afetam um relacionamento e como cuidar do seu amor!

12,881 views   |   140 shares
  • Pesquisadores da Universidade de Washington analisaram dados sobre infidelidade e concluiu que cerca de 20% dos homens e 15% das mulheres com menos de 35 anos de idade já foram traídos em seu casamento.

  • Afinal, por que isso acontece? Parte do problema, diz David Popenoe, fundador e codiretor do Projeto Nacional de Casamento da Universidade de Rutgers, é que a "escapadinha" tem se tornado algo comum, como as indiscrições de políticos, figuras do esporte e celebridades que aparecem diariamente no noticiário.

  • Mesmo assim, há maneiras de proteger seu casamento. O segredo é tomar as rédeas e não deixar esfriar o bom relacionamento.

  • Entenda o que funciona ou não quando o assunto é construir um casamento forte, à prova de traições:

  • 1. Morar junto para ver se vai dar certo

  • Milhares de casais preferem morar junto sem casar oficialmente. No Brasil, um terço das uniões são desse tipo, e representam 36,4% das relações, segundo o último Censo do IBGE, de 2010.

  • A pesquisa citada da Universidade de Washington mostra que as taxas de infidelidade são muito maiores neste tipo de união. "Muitas vezes, um casal que decide viver junto não é tão comprometido", diz David Popenoe.

  • O especialista sugere que se você decide viver junto, que não seja um ensaio para uma união mais séria, mas que já seja algo definitivo.

  • Leia: 8 desvantagens de morar junto ao invés de casar

  • 2. Os perigos da internet

  • Ter um caso on-line é mais simples do que se imagina. O site ofAshleyMadison.com é assumidamente para pessoas casadas que procuram relacionamentos extraconjugais e tem mais de 3,3 milhões de usuários.

  • Mesmo que o companheiro não seja tão corajoso a ponto de inscrever-se nesse site, há outros perigos para o casamento, e um deles é o fácil acesso à pornografia.

  • "O consumo de pornografia pode levar a aumentos em tipos específicos de comportamentos sexuais, incluindo sexo anônimo", diz James Sulco, um coautor do estudo e da cadeira Livres de terapia de casal e família no Fuller Theological Seminary Escola de Psicologia.

  • Até mesmo uma visita ao perfil de um ex no Facebook e uma mensagem de "saudades" pode representar no início um flerte inocente que mais adiante pode ficar mais sério.

  • Por isso, tudo o que fizer na internet, faça como se seu parceiro estivesse ao lado. Não dê brechas para outro relacionamento, principalmente quando estiver em crise com seu cônjuge.

  • Advertisement
  • Leia: O que há de tão ruim na pornografia?

  • 3. O peso da palavra casamento

  • A responsabilidade do casamento pode pesar para algumas pessoas. "Os homens sentem esta responsabilidade súbita de ser um bom provedor e um bom marido", diz Terri Orbuch, professor terapeuta casamento e pesquisa da Universidade de Michigan. "Essas expectativas podem fazer os homens jovens se sentirem velhos e chatos".

  • Ruth Houston, fundadora da infidelityadvice.com, já realizou mais de 10 mil entrevistas para descobrir as causas da infidelidade e descobriu que "os homens querem voltar a se sentir como quando eles estavam namorando, e se eles não conseguem com suas esposas, eles vão procurar em outro local".

  • Claro que isso não serve de desculpa para uma traição, mas o casal pode fazer algumas coisas para evitar que o casamento esfrie, como lembrar-se de elogiar um ao outro, fazer uma viagem a sós e ter tempo para namorar.

  • Apaixone-se por seu companheiro novamente e invista em seu casamento quantas vezes for necessário.

  • Leia: Como eu sei que meu marido ainda me ama

  • 4. Tem que ter sexo

  • "Enquanto todo o companheirismo e a familiaridade do casamento tornam o casal mais próximo, pode ao mesmo tempo tirar o fogo que havia no quarto", diz Patti Britton, autor de The Art of Sex coaching.

  • Fazer sexo deve ser prioridade para o casal, senão ambos vão buscar válvulas de escape fora de casa. Tenham um tempo a sós em que não estejam tão cansados para poder dedicar-se um ao outro como merecem.

  • Ao estudar os homens que traem, Neuman descobriu que aqueles que estavam insatisfeitos com suas vidas sexuais no casamento preferiam quantidade ao invés de qualidade. "Um homem preferiria ter sexo básico algumas vezes por semana do que aquele de enlouquecer só de vez em quando", diz ele.

  • É importante que o casal converse repetidas vezes sobre o assunto e entenda o que agrada um ao outro. Cheguem a um consenso em relação à frequência e qualidade do sexo, e divirtam-se juntos!

  • Leia: 8 soluções para quando a intimidade perde totalmente a graça

  • Advertisement
  • Com informações da FOX News

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Jornalista com experiência em redação de jornais e revistas. Mãe e esposa compartilhando experiências de vida!

Como construir um casamento à prova de traições

Conheça os principais problemas que afetam um relacionamento e como cuidar do seu amor!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr