Reforme, conserte, remende ou passe sem - A sabedoria financeira dos antigos

Siga os centavos e você descobrirá para onde os reais estão indo. Algumas dicas para uma vida mais tranquila.

1,881 views   |   24 shares
  • Em fevereiro de 2014, o mestre em Educação financeira, Reinaldo Domingos, lançou seu livro sobre administração de finanças e logo no início ele conta:

  • "Ao longo da minha carreira como educador financeiro, posso afirmar que o maior problema é o fato de as pessoas não respeitarem o dinheiro que ganham, não controlando seus ganhos e gastos e não sabendo para onde vai cada centavo dos seus recursos. Por esse motivo, acabam acreditando na ideia de que não ganham o suficiente para guardar dinheiro e pagar suas contas e não param para pensar que, na verdade, elas é que não sabem administrar suas próprias finanças."

  • Fazer dívidas e usar o crédito tem sido a tentação consumista de nossa época. Muitos fazem dívidas para comprar itens desnecessários.

  • Um falecido líder religioso, Spencer Kimball, disse certa vez em discurso: "Eu podia compreender que alguém comprasse uma casa a crédito ou talvez um automóvel, mas nunca consegui entender como, uma pessoa podia usar roupas que não lhes pertenciam ou ingerir alimentos que tinham que comprar a crédito".

  • Leia: 8 maneiras de controlar o cartão de crédito antes que ele controle você

  • Podemos tornar-nos autossuficientes financeiramente economizando, evitando dívidas e vivendo dentro de nosso orçamento. Alguns princípios de economia vão necessariamente passar pela frugalidade, ou seja, por um viver simples, modesto e dentro de nossas condições.

  • Cuide dos centavos

  • Eu era ainda bem jovem quando ouvi este conselho: "Cuide dos centavos que os cruzados (era cruzado naquela época) cuidarão de si mesmos." É um excelente conselho. Muitas vezes gastamos além da conta porque não prestamos atenção aos pequenos gastos, como por exemplo: pão, refrigerantes, balas, doces, passagens, lanches fora de casa, etc.

  • Vou dar um exemplo e espero não cansar ninguém:

  • O quilo do pãozinho está cerca de 9 reais. Um quilo corresponde a 20 pãezinhos. Se multiplicarmos isso por dois lanches diários para uma família de 4 pessoas, o custo mensal é em média 81,00 reais. Isso sem contar os acréscimos como queijo, presunto, frutas, leite, sucos. A média de gastos com lanches diariamente varia então entre 10 e 15 reais, o que significa entre 300 e 450 reais no fim do mês.

  • Advertisement
  • Se o pão for feito em casa a cada 3 dias em quantidade suficiente para a família comer nesses 3 dias, o custo será de 56 reais mensais – já incluído o gás de cozinha. Uma economia de 30%.

  • Substituindo o refrigerante que só faz mal, por suco de laranja, limão, maçã e abacaxi, a economia chega a 40%. (Fonte: minha família!).

  • A sabedoria dos antigos no quesito finanças não incluía as facilidades e guloseimas da vida moderna como o pão comprado pronto, as bebidas gasosas e os deliveries que também aumentam as contas.

  • Então comece a seguir os centavos que você descobrirá para onde os reais estão indo. Algumas dicas para isso:

  • Leia: 10 ideias para economizar 10 reais todos os dias

  • Reforme

  • Se for possível consertar algo (e se ficar mais em conta) não há razões para comprar outro novo. Reforme!

  • Conserte

  • Meu fogão seminovo estragou o acendedor do forno e meu marido já falou em comprar outro. Bati o pé e disse que consertaria. O fogão novo custaria quase 700 reais e o conserto 85 reais. Não foi difícil fazê-lo desistir da compra.

  • Remende

  • Eu não sou fã do estilo festa junina, não mesmo. Mas, de vez em quando eu remendo os fundos de alguma bermuda ou calça jeans dos meus filhos. Fora isso, eu prefiro a palavra customizar. Um vestido bonito que manchou na parte de cima, vira uma saia rapidamente. Uma blusinha sem graça ganha glamour com apliques de pedraria. Com bom gosto e criatividade se pode ter roupa nova todo dia.

  • Passe sem

  • O propósito deste artigo não é transformar as pessoas em sovinas. Mas, mostrar que é possível viver com mais tranquilidade evitando as dívidas e sufoco financeiro. Uma das regras básicas da prosperidade é viver dentro do que se ganha e investir o que economizar. O que estiver fora deve ser evitado, ou seja, passe sem! Se você ainda não está fazendo isso comece agora. Faça uma planilha com todos os gastos fixos mensais, se estes excedem seus ganhos, reduza. Se não excedem ainda assim devem ser reduzidos, para que você tenha uma margem para investir a cada mês. Invista também o que for recebido fora do orçamento mensal como décimo terceiro, adicional de férias, venda de algo, etc. Resista à tentação de gastar e invista em poupanças e ou outras aplicações financeiras para criar um patrimônio financeiro e começar a projetar o futuro da sua família.

  • Advertisement
  • Leia: Os dois financiamentos mais importantes da sua vida

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Reforme, conserte, remende ou passe sem - A sabedoria financeira dos antigos

Siga os centavos e você descobrirá para onde os reais estão indo. Algumas dicas para uma vida mais tranquila.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr