8 dicas para viajar em família em épocas de crise

Vocês adorariam viajar, mas a grana está curta e a economia do país não ajuda, não é? Veja 8 maneiras de burlar a crise e passar um tempo merecido com a sua família.

2,883 views   |   18 shares
  • Não permita que a instabilidade econômica frustre seus planos de viajar com a família. Aqui estão 8 maneiras de burlar a crise e passar momentos únicos com aqueles que você ama:

  • 1. Faça uma reserva financeira para a viagem em vez de dívidas

  • Antes de tudo, se quiser viajar sem comprometer o orçamento, você precisa ter total controle sobre suas finanças. Só assim conseguirá planejar adequadamente a sua viagem.

  • Devido à instabilidade econômica do país, não é uma boa ideia fazer altas dívidas para pagar na volta da viagem, principalmente no cartão de crédito. O melhor a fazer é comprar as passagens e fazer a reserva antecipadamente, de forma que elas estejam pagas antes mesmo do dia do embarque.

  • Se for viajar para o exterior, aproveite para comprar a moeda estrangeira com antecedência quando sua cotação estiver em queda.

  • 2. Viaje na baixa temporada

  • Além dos preços superatrativos nas passagens aéreas, hotéis, alimentação e ingressos a pontos turísticos, durante a baixa temporada você terá maior tranquilidade para passear e relaxar, sem ter que enfrentar longas filas e praias lotadas.

  • 3. Opte por destinos menos procurados ou mais baratos

  • Há lugares espetaculares que ainda são pouco explorados pelo turismo. Dê uma boa pesquisada e você verá o quanto conseguirá economizar. O artigo 10 lugares de tirar o fôlego para conhecer no Brasil oferece alguns desses destinos econômicos.

  • 4. Dê preferência a atrações baratas ou gratuitas

  • Advertisement
  • Suponhamos que você tenha planejado viajar ao Rio de Janeiro e incluiu no roteiro o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. Se fosse com a família (dois adultos e duas crianças), o passeio custaria em torno de 400 Reais. Você poderia economizar muito se, em vez disso, passeassem de bondinho sobre os arcos da Lapa ou fizessem um passeio marítimo na Baía de Guanabara. Os dois passeios custariam menos de 100 Reais para toda a família.

  • 5. Não desperdice os pontos de seu cartão de crédito

  • Se você usa bastante o cartão de crédito, não desperdice os pontos que estão sendo acumulados automaticamente quando você paga suas faturas todos os meses. Dê uma boa pesquisada nos programas de milhagens oferecidos no mercado e cadastre-se naquele que for mais vantajoso para você. Ao transferir seus pontos para o programa escolhido, eles serão convertidos em milhas que poderão ser usadas no pagamento de passagens aéreas e hotéis.

  • 6. Esqueça os presentes ou lembrancinhas

  • Em épocas de crise, seus familiares e amigos não se importarão se você não lhes trouxer lembrancinhas da viagem. Se comprar um presentinho para cada pessoa querida, você acabará comprometendo seu orçamento. Então, deixe essa preocupação para lá. Todos irão entender.

  • 7. Economize na alimentação

  • Comer diariamente em restaurantes poderá encarecer muito a sua viagem, a não ser que você encontre aqueles destinados a moradores locais. Portanto, converse com alguns deles para descobrir onde encontrá-los.

  • Aproveite bem o café da manhã incluso na diária do hotel, almoce ou jante um "prato da casa" em um desses restaurantes mais simples e coma algo mais leve - como frutas e sanduíches naturais que podem ser feitos por você mesmo - na outra refeição e entre as refeições.

  • Advertisement
  • 8. Escolhas os melhores dias da semana para viajar

  • Os preços das passagens aéreas variam bastante de um dia da semana para o outro, tudo depende da duração da viagem e do destino.

  • Uma pesquisa recente mostrou que o melhor dia para embarcar para um destino nacional em uma viagem de mais de sete dias é domingo, e o melhor dia para a volta é quinta-feira. O desconto médio é de 11%.

  • Se a duração da viagem para dentro do país for de até sete dias, os dias melhores para a ida são sexta-feira e sábado; e para voltar, domingo e segunda-feira. O desconto médio é de 15%.

  • Nas viagens internacionais de mais de sete dias, os melhores dias para embarque são segunda e terça-feira; e de retorno, quarta e quinta-feira. O desconto médio é de 6%.

  • Para quem for ficar até, no máximo, sete dias no destino internacional, o melhor dia de voar é sexta-feira; e de voltar, segunda-feira. O desconto médio é de 30%

  • Mesmo em tempos de crise é possível reservar alguns dias para uma viagem em família. Toda família merece e precisa de um tempo para descansar, divertir-se e estreitar seus laços. Aproveite nossas dicas para economizar e boa viagem!

  • Leia: 10 aventuras inesquecíveis para experimentar com seu amor

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

8 dicas para viajar em família em épocas de crise

Vocês adorariam viajar, mas a grana está curta e a economia do país não ajuda, não é? Veja 8 maneiras de burlar a crise e passar um tempo merecido com a sua família.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr