Qualidade ou quantidade de tempo para os filhos?

O que é mais importante? Quantidade de tempo ou tempo de qualidade? Do que os filhos mais precisam?

910 views   |   23 shares
  • O tempo ainda é considerado o pior inimigo das boas relações familiares, quando deveria ser o herói. Assim como a falta de tempo de qualidade para os filhos pode afetar negativamente em seu relacionamento familiar e social, o contrário permite que ele se desenvolva adequadamente e em equilíbrio.

  • É comum ouvir de pais ocupados que eles permitem tempo de qualidade para seus filhos. Nem sempre a concepção desta qualidade é adequada. Ficar uma hora sentado com o filho e a televisão ligada, ou mesmo sair com o filho e ficar o tempo todo no celular não conta.

  • De forma semelhante fica a concepção de quantidade de tempo com um filho. Permanecer o dia inteiro com ele, porém, ocupado com outras coisas como trabalho e a casa não representa quantidade de tempo para ele.

  • Qualidade e quantidade precisam andar juntas como descrito neste artigo. Não ter muito tempo para dedicar ao relacionamento com filhos não impede que o pouco seja de atenção total para ele. Nem tempo de qualidade nem quantidade de tempo, não adianta escolher um, os dois são necessários. Quando algo é importante e precisa ser bem feito, atenção e trabalho necessitam ser dispendidos para o sucesso. Não é diferente com a educação dos filhos no lar como indica este outro artigo.

  • Esse tempo para brincar ou conversar é muito importante para o desenvolvimento dos filhos. Além dessas horas com eles, algumas atitudes diárias são fundamentais para manter a união entre pais e crianças ou adolescentes:

    • Aproveitar os momentos das tarefas juntos é excelente para pequenas conversas que estabelecem confiança. Enquanto a criança se arruma, nas idas e vindas para a escola ou outros locais, pouco antes de dormir, conversar, interagir, mostrar real interesse e preocupação mantém o relacionamento firme. A criança entende que os pais realmente se preocupam com ela, e que haverá um horário em que terá mais tempo somente para os dois.

    • Agendar o compromisso é uma forma de não perder o controle. Sempre aparecem outras opções e se o encontro já estiver agendado e for considerado prioridade, nada o mudará. A criança sentirá sua real importância e sua autoestima será boa, além de confiar mais ainda em seus pais.

    • Expressões de amor como sorrisos, abraços, beijos, troca de olhares e elogios sinceros aumentam a cumplicidade e sensação de importância. Aproveitar todas as oportunidades possíveis e especialmente as chegadas e partidas para cumprir esta prática só fará bem a todos.

  • Advertisement
  • A criança normalmente entende que os pais precisam trabalhar e têm suas próprias ocupações quando ela se sente amada e importante para eles. Não os culpam nem sofre com problemas sociais e familiares. Diferentemente de quando, mesmo com o dia todo na mesma casa, a criança não recebe a atenção necessária, não se sente amada e acumula problemas.

  • É fácil saber se um filho está sofrendo com a falta de tempo e atenção dos pais. Ele pode apresentar estes sinais em seu comportamento:

    • Birras constantes

    • Choro por qualquer motivo

    • Fazer coisas apenas para chamar a atenção

    • Ser agressiva com outras crianças

    • Dizer não aos pais, mostrar rebeldia

    • Deixar de obedecer

    • Ter mudanças bruscas em hábitos alimentares

    • Rendimento escolar diminuir

  • Estes sinais também podem ser apresentados devido a outros problemas com outras pessoas, como colegas escolares, parentes ou situações adversas. Fazer uma análise de como está o relacionamento com a criança a fim de saber se o problema é com os pais ou não, ajuda a entender o que pode ser mudado e aperfeiçoado para que tempo com quantidade e qualidade sejam constantes no lar.

  • Lembrando sempre que levar o filho para comprar tudo o que quer não repõe o tempo de atenção que ele precisa. Isso não pode ser comprado com brinquedos ou comidinhas preferidas. O que ele realmente precisa é de amor, cuidado e atenção de seus pais. Quantidade COM qualidade.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Qualidade ou quantidade de tempo para os filhos?

O que é mais importante? Quantidade de tempo ou tempo de qualidade? Do que os filhos mais precisam?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr