12 frases totalmente incomuns que vão acalmar a birra de seus filhos em segundos

As birras em crianças podem incluir chutes, gritos, choros e resmungos. O que podemos fazer para sobreviver às birras?

57,811 views   |   321 shares
  • As birras são muito comuns entre 2 e 3 anos, quando as crianças já entendem bastante do mundo em torno delas, incluindo a mãe e o pai, sabem o que querem, mas sua linguagem ainda é limitada para expressar com clareza o como e o porquê das coisas, portanto, acham mais fácil simplesmente chorar, gritar e espernear para conseguir o que querem.

  • Embora a birra seja considerada parte do desenvolvimento das crianças, também é conveniente dizer que nem todas as crianças fazem birra, pois ao conhecer sua origem, os pais podem trabalhar de tal forma com os limites, disciplina e formas de comunicação com os filhos, que a presença de birras e frequência pode chegar a ser mínima ou nula. Tudo depende da forma de criação e o nível de envolvimento dos pais.

  • Agora, se você já tem o problema das birras, existem coisas que você pode fazer imediatamente.

  • Observe a origem da birra

  • Talvez você possa evitar, prevenir e preparar o seu filho.

  • Não se assuste nem ceda às birras

  • A birra não significa que você é uma mãe ruim, muito menos que você deve ceder ao seu filho. Se você fizer isso, ele nunca mais irá parar de fazer birras até os 20 anos.

  • Não façam um "show"

  • Se estiver em um lugar público, saia ou procure um lugar um pouco mais privado onde você possa educar seu filho com tranquilidade e não sob o julgamento do público, inclusive seus pais.

  • Conversem quando a criança estiver tranquila

  • Quando a criança está no meio da birra, é preciso que você mantenha a calma e não tente argumentar com a criança, espere passar e, então, quando houver paz, ensine, eduque e coloque limites.

  • Técnica "da distração da atenção"

  • Esta técnica tenta impedir que uma criança comece uma birra e que, se ela tiver começado, chamar sua atenção para outra coisa para evitar que seu cérebro se acostume a reagir imediatamente com gritos e birras.

  • Quando a criança começar a querer chorar, respirar de maneira agitada e essas coisas que nos fazem ficar loucos, você pode fazer o seguinte:

  • 1. Convide-a para ir para outro local

  • Quer ir para o quarto para conversar?

  • 2. Ir para fora

  • O parquinho ou uma área agradável é um lugar confortável e íntimo com muitas coisas ao redor para explicar algum princípio, dar exemplos e evitar uma cena. Use exemplos da natureza.

  • 3. Comece a cantar com outras pessoas

  • Uma música divertida, alegre, que mude o estado de ânimo.

  • 4. Se for possível, diga que vai fazer algo e retire-se do lugar, você pode convidá-la ou deixá-la

  • Advertisement
  • A criança faz birra com quem sabe que vai funcionar, acabe com seu esquema.

  • 5. Conte uma história

  • Mas não qualquer história, uma história que represente com raposas, aves ou o que quiser, o que a criança está vivendo. Entendeu a ideia?

  • 6. Conte uma piada

  • Mais uma vez, mude o ânimo dos que rodeiam vocês e, principalmente, da criança.

  • 7. Chame o cachorro ou animal de estimação

  • Use o que estiver ao seu alcance para exemplificar, distrair e dar lições importantes.

  • 8. Deixe bem claro que você não vai tolerar birras

  • Em casa, antes de sair, explique com calma e olhando em seus olhos aonde vocês vão, o que vão fazer, as pessoas que irão ver e o que você espera dele, fale com amor, com calma e não com ameaças.

  • 9. Peça que ele expresse o que quer ou precisa com palavras

  • Muitas vezes, a criança faz birras porque não tem palavras suficientes para se expressar. Dê-lhe essas palavras! Pratique frases de gentileza e cortesia, com algumas crianças é inclusive necessário chegar a algum tipo de acordo ou "palavra-chave" para que quando tiverem muitas pessoas e ele queira lhe dizer algo importante, ele possa usar a palavra e você o ouvirá com toda a seriedade que um acordo dessa magnitude tem.

  • 10. Antecipe

  • Ninguém conhece seu filho como você, então pense nas coisas que poderiam estressá-lo, as coisas que ele possa querer e prepare-se para reagir de forma adequada e não para que você possa ceder antecipadamente, entendido?

  • 11. Como pais, vocês podem ter uma palavra-chave

  • Os pais também devem ter uma palavra-chave e reagir adequadamente na operação "antibirra".

  • 12. Use sua imaginação

  • Agora que você sabe o objetivo da técnica, use-a ao seu favor!

  • Lembre-se que o importante desta técnica não é inventar coisas ou mentir, não diga coisas que lhe causem medo, é distrair a mente para não se focar na "tempestade" que está causando para que não se torne um hábito.

  • Distraia a mente, dê uma opção para satisfazer a necessidades que está por trás e ensine a criança a pedir o que precisa da maneira correta.

  • Trabalhe a disciplina, os limites e o amor, e o pesadelo da birra será apenas isso: um pesadelo.

  • Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original 12 frases totalmente inusuales que calmarán el berrinche de tus hijos en segundos.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Casada y madre de tres hijas. Interesada en el fortalecimiento y formación de la mujer, la familia y el hogar.

12 frases totalmente incomuns que vão acalmar a birra de seus filhos em segundos

As birras em crianças podem incluir chutes, gritos, choros e resmungos. O que podemos fazer para sobreviver às birras?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr