Quer viver mais e com mais saúde? O jejum é uma boa opção

Utilizado pelos ancestrais milenares como forma espiritual de purificação, o jejum traz benefícios imensos para a saúde.

1,757 views   |   38 shares
  • Ao longo dos anos a ciência inova as recomendações para que as pessoas tenham mais saúde e longevidade. Através de testes e de pesquisas os cientistas descobriram a importância do jejum para a manutenção e melhora da saúde, inclusive no combate de doenças como o diabetes e câncer, além do prolongamento da expectativa de vida.

  • Comum entre os mais religiosos, um jejum é a abstinência de alimentos e de água por um período de tempo. Muito utilizado pelos fiéis para purificação do organismo e do espírito. Pode soar estranha a privação de alimentos trazer benefícios à saúde, mas é o que os cientistas estão tentando explicar.

  • Ao não ter nutrientes no organismo, as células se alimentam delas mesmas (autofagia) e escolhem para sua nutrição aquelas que são doentes ou tem deformidades. Isso promove uma autolimpeza e deixa o organismo mais saudável. A autofagia induz à longevidade e melhor saúde.

  • O jejum intermitente, ou seja, diminuição do espaço entre as refeições em dias alternados também é utilizado e apresenta os mesmos benefícios que um período extenso em jejum. Um exemplo seria nas terças e quintas-feiras a pessoa se alimenta apenas entre 11 horas da manhã e 7 horas da noite. A diminuição das calorias também contribui no lugar de um jejum absoluto ou da ingestão de apenas líquidos no período escolhido.

  • Alguns dos maiores benefícios do jejum incluem:

  • Melhora da função do metabolismo

  • O jejum promove um descanso ao sistema digestório e com isso melhora o metabolismo, regulando a digestão e permitindo ao intestino ficar mais saudável.

  • Limpeza de pele

  • As acnes diminuem e a pele de renova devido a regulação dos outros órgãos.

  • Advertisement
  • Leveza do organismo

  • Limpo de substâncias e toxinas presentes na alimentação, o organismo ganha mais energia e leveza.

  • Regula a fome

  • Quando o organismo ficar sem alimentos ele reaprenderá a sentir fome, o que normalmente não ocorre se a pessoa costuma se alimentar de 3 em 3 horas. Os hormônios são regulados ao jejuar.

  • Melhora da função cerebral

  • O Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro (BDNF) é aumentado pelo jejum. O processo que ele realiza na região do cérebro protege as células que são associadas ao desenvolvimento de Alzheimer e Parkinson.

  • Regula o padrão alimentar

  • Para tratar disfunções alimentares como compulsão e equilibrar o padrão alimentar, o jejum se mostrou eficaz.

  • Problemas com insulina

  • Após jejuns o sangue volta a retirar a glicose de si mesmo.

  • Queima adequada de gorduras

  • Eficaz também para a perda de peso.

  • Longevidade

  • Pessoas que praticam o jejum constantemente vivem por mais tempo.

  • Sistema imunológico melhor

  • A autofagia elimina os radicais livres proporcionando menos inflamações e menor probabilidade de desenvolvimento de doenças, evitando inclusive a formação de células cancerosas.

  • O segredo da longevidade conhecido pelos ancestrais milenares requer um pouco de esforço, mas traz benefícios maravilhosos. Incluir o jejum na rotina mensal ou o jejum intermitente na rotina semanal transformará a vida de quem o adotar para melhor.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Quer viver mais e com mais saúde? O jejum é uma boa opção

Utilizado pelos ancestrais milenares como forma espiritual de purificação, o jejum traz benefícios imensos para a saúde.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr