Aprendendo a lidar com a perda de entes queridos

A morte de pessoas queridas é sempre uma experiência traumática e dolorosa. Superar o sofrimento da separação nunca é um processo fácil.

749 views   |   3 shares
  • Por mais que todos nós compreendamos que a morte é algo de que ninguém pode fugir, é sempre muito difícil lidar com a perda das pessoas que amamos. Independente de nossas crenças, sabemos que a morte é um processo de separação e que, pelo menos durante a vida mortal, não veremos mais aquela pessoa. Para alguns, a morte de entes queridos acaba sendo um evento muito doloroso e traumático, e pode até levar a transtornos emocionais e psicológicos.

  • Abaixo estão algumas coisas simples que podem ser feitas para enfrentar melhor essa situação de perda.

  • 1. Relacione-se com outras pessoas

  • Muitas pessoas tendem a se isolar quando perdem um ente querido. O isolamento não faz bem e apenas leva a pessoa a prolongar o sofrimento. Procure se relacionar com outras pessoas. Busque a companhia de familiares. Converse sobre seus sentimentos sempre que se sentir confortável para fazê-lo. Permita-se extravasar seus sentimentos, mas saiba o momento certo de também evitar falar sobre o assunto.

  • 2. Evite o sentimento de culpa

  • Muitas pessoas, ao perderem uma pessoa querida, enchem-se de um sentimento de culpa, na maioria das vezes por algo que fizeram ou não fizeram por aquela pessoa. Não há sentido em se sentir assim. Perdoe-se e entenda que a pessoa falecida certamente estaria disposta a perdoá-lo(a) também. Às vezes algumas pessoas se sentem mal por estar muito tristes. A tristeza é natural, pois a morte sempre representa uma separação. Outras pessoas, pelo contrário, sentem-se culpadas por estarem felizes. Lembre-se que para você a vida continua. É preciso voltar a se sentir feliz.

  • 3. Ponha as coisas em ordem em sua vida

  • Não há nada mais natural na vida que a morte. Depois que um ente querido nosso se vai, temos que prosseguir com nossa vida. Procure organizar sua vida novamente. Faça-o com calma e sem pressa. É preciso ajustar sua vida à ausência do ente querido aos poucos. Tenha paciência consigo mesmo durante esse processo.

  • 4. Busque ajuda

  • Não enfrente essa situação sozinho. Busque ajuda. Como já foi dito, a companhia de parentes e amigos é muito importante. E nos casos em que o sofrimento pela perda se torna grande demais e acaba se transformando em transtorno, talvez seja necessária a ajuda de um profissional. Procure a ajuda de um terapeuta.

  • Definitivamente não é fácil superar a dor da separação das pessoas que nós amamos, mas podemos ter a certeza de que é possível ser feliz novamente e seguir adiante com nossas vidas. Certamente é isso que os nossos entes queridos desejariam que fizéssemos.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Bruno F. de Lima é bacharel pela Universidade Federal de Pernambuco, professor de Inglês e Português, poeta e escritor.

Aprendendo a lidar com a perda de entes queridos

A morte de pessoas queridas é sempre uma experiência traumática e dolorosa. Superar o sofrimento da separação nunca é um processo fácil.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr