Especialista revela as 4 coisas que você NÃO deve fazer quando estiver ansioso

Aceitar que a ansiedade é real e realizar logo a tarefa são coisas que as pessoas devem fazer.

622 views   |   2 shares
  • A ansiedade é um mal que atinge a maioria das pessoas. Ela pode ocorrer em momentos isolados ou pode começar a ser cada vez mais frequente, sendo transformada em patologia.

  • Medos, cobranças internas, lembranças ruins e preocupações consigo mesmo são os principais causadores dos sintomas físicos como insônia, roer as unhas, tensões musculares e outras dores localizadas como dores no estômago. Todos esses sintomas estão associados à ansiedade e poderão coibir tarefas ou realizações em algum momento da vida ou em vários.

  • Ao perceber que ela faz parte da vida, as pessoas buscam uma alternativa para se livrar dela e muitas vezes acabam causando efeito contrário ao esperado. Por isso que os especialistas listaram essas 4 coisas que ansiosos não devem fazer a fim de estarem livres desse mal.

  • 1. Tentar fazer a ansiedade desaparecer

  • A maioria das pessoas acredita que pensar que a ansiedade não está ali e fazer com que ela suma é o suficiente. Porém, isso não acontece. O organismo humano foi geneticamente programado para responder a situações de estresse com a ansiedade e quanto mais problemas a pessoa têm, mais ansiedade ela poderá desenvolver. O melhor é admitir que ela está ali, que é um problema e que pode ser controlada com ajuda. Ela precisa ser reconhecida e devidamente tratada. Considerar a ansiedade inexistente só a fortalecerá.

  • 2. Trocar o pensamento

  • A preocupação com algo pode se tornar em ansiedade e muitas vezes a pessoa tenta provar a si mesma que não é aquilo que parece. A vida é repleta de incidentes desconhecidos e enganar o cérebro pensando que não é nada ameaçador não surtirá um resultado positivo. Afinal, a maioria das ameaças da vida não podem ser eliminadas. Ninguém vai viver em uma bolha sem se expor aos perigos naturais. Ficar se tranquilizando o tempo todo não ajudará a diminuir a ansiedade, pelo contrário, o pensamento pode reverter e descobrir outras ameaças em milésimos de segundo. Aceitar que a vida tem riscos e que isso faz parte e que é perfeitamente possível conviver desta forma ajudará a reduzir a ansiedade.

  • Advertisement
  • 3. Ficar preocupado com a situação

  • Ao pensar sobre um problema real a mente enfatiza no negativo e o pensamento se repete inúmeras vezes. A fachada disso é o tentar resolver, porém, o que realmente ocorre é uma depreciação da situação. O pensamento volta o tempo todo e a ansiedade o acompanha, permitindo mais e mais angústias e sintomas ansiosos. Sem se dar conta a pessoa acaba criando um mundo à parte, buscando informações sobre uma situação que sua mente criou e não consegue evitar os pensamentos sobre o que fez de errado ou o que deveria ter feito, além de aumentar consideravelmente a gravidade irreal.

  • 4. Evitar algo

  • Na maioria das vezes as pessoas encontram uma forma de evitar um acontecimento. Apresentações de final de curso são um bom exemplo para isso. Agindo assim, a ansiedade não deixará de existir, pelo contrário, a procrastinação aumentará os sintomas ansiosos. Fazer o contrário, ou seja, encarar logo o desafio, eliminará a ansiedade e ainda trará satisfação pessoal.

  • Fugir das situações que causam ansiedade só piorarão as coisas e tornarão a pessoa ainda mais ansiosa. Ter consciência de que ela está ao lado é melhor que pensar que não tem problemas com ela. Assumir que precisa de auxílio e ajudar a si mesmo evitando essas situações tornará o indivíduo mais forte e capaz de superar seus desafios consigo mesmo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Especialista revela as 4 coisas que você NÃO deve fazer quando estiver ansioso

Aceitar que a ansiedade é real e realizar logo a tarefa são coisas que as pessoas devem fazer.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr