Burnout Parental – você sofre desse distúrbio?

Sintomas incluem: Alterações no sono, dores de cabeça e tonturas.

662 views   |   5 shares
  • Uma pesquisa realizada por uma faculdade católica da Bélgica revelou que a Síndrome de Burnout, comum entre profissionais de áreas estressantes, pode ocorrer entre os pais, especialmente nos primeiros anos de vida dos bebês. Ela tem sido denominada Síndrome de Burnout Parental.

  • A vida depois que um bebê nasce costuma ser estressante por si só. Recuperação pós-parto, vacinas, pediatra, roupas sempre em dia, troca de fraldas constante, observação de mudanças de comportamento, noites em claro e mais uma infinidade de tarefas a serem feitas. Com tudo isso somado à cobrança da sociedade, o trabalho e a família, alguns pais apresentaram os sintomas da doença.

  • A pesquisa foi realizada com 2 mil pais e mães e 12% deles apresentaram os sintomas. Entre os pais o índice foi de 11,6% e entre as mães, 12,9%. O maior problema apresentado foi que os pais acabam culpando os pequenos pelo seu sofrimento e frustração e descontam suas ansiedades neles. Por isso é importante diagnosticar e encontrar uma solução para o distúrbio caso ele ocorra.

  • Sintomas

  • Os principais sinais da doença incluem:

    • Sentimentos negativos constantemente, pensamentos de que nada vai dar certo, de que a pessoa não é capaz de fazer as tarefas ou de cuidar da criança.

    • Cansaço extremo, físico e mental. Nem uma noite inteira de sono é capaz de superar o esgotamento.

    • Apatia e falta de vontade de sair ou de fazer atividades antes prazerosas como sair com amigos. Estar com outras pessoas parece desanimador.

    • Falta de concentração, sentimento de que está esquecendo algo o tempo todo.

    • Desinteresse por atividades salutares como dormir o suficiente, praticar atividades esportivas e se alimentar corretamente.

    • Cobranças internas de que não se está fazendo o suficiente.

    • Alteração nos gostos pessoais que antes eram prazerosos como deixar de gostar de ver filmes e passar a não assistir mais.

    • Priorizar os outros sobre as próprias necessidades, esquecendo-se de cuidar de si mesmo.

    • Irritabilidade e alterações repentinas de humor, pendendo para a agressividade.

    • Isolamento, mesmo das pessoas mais próximas como familiares.

  • Advertisement
  • Os sintomas psicológicos podem ser acompanhados dos físicos:

    • Dores de cabeça

    • Dores musculares

    • Resfriados recorrentes

    • Alterações no sono

    • Palpitações

    • Tonturas

  • Uma conversa com um profissional da psicologia identificará com certeza se os sintomas apresentados se tratam da Síndrome de Burnout e um tratamento poderá ser iniciado.

  • Tratamento

  • A psicoterapia é excelente para ajudar a superar e vencer o distúrbio. Algumas técnicas ajudarão a:

    • Reorganizar. As tarefas podem ser colocadas no papel e serem analisadas as prioridades.

    • Como agir com as surpresas. Quem tem filhos sabe a aventura que é e que um dia nunca será igual ao outro. Aprender a priorizar e a manter a calma em emergências faz parte da cura.

    • Convívio. O profissional estimulará o sair com amigos e a diversão, pois é necessário para a melhora do quadro.

    • Atividades relaxantes. Ver filmes, dançar, praticar jardinagem, cozinhar, fazer artesanato, genealogia e outros, sempre de acordo com o gosto pessoal.

    • Atividades esportivas. Necessárias para o equilíbrio emocional e para eliminar o estresse acumulado.

    • Alimentação equilibrada. Dar prioridade para alimentos pouco processados, alimentar-se de forma mais natural com mais frutas, verduras e legumes.

  • Mesmo com o crescimento dos filhos, a síndrome pode continuar devido à extensa jornada de trabalho, preocupação em suprir todas as necessidades materiais dos filhos, cursos que eles fazem, compromissos escolares e com os familiares e outros. Uma vez que os sintomas conseguem ser controlados e um equilíbrio é estabelecido, os pais podem sentir mais satisfação em sua rotina e os filhos não serão alvos de agressividade física ou oral.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Burnout Parental – você sofre desse distúrbio?

Sintomas incluem: Alterações no sono, dores de cabeça e tonturas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr