15 coisas que você precisa aceitar para o seu relacionamento dar certo

Quer sucesso no seu relacionamento? Então, supere algumas coisas.

13,456 views   |   138 shares
  • Eu costumo dizer que assinamos a certidão de casamento todos os dias. Você escolhe estar casada ou casado, todos os dias.

  • Mas, antes desse dia a dia houve um conhecimento prévio. Depois houve uma assinatura, seja ela oficial ou não, de um contrato onde a cláusula principal e em letras miúdas, dizia "eu te aceito do jeito que você é".

  • Sim, você assinou esse contrato quando aceitou se relacionar e o assina novamente todos os dias quando escolhe dormir e acordar novamente pertencendo a esse relacionamento.

  • Provavelmente você até o aceitou como é. Com alguns "poréns":

    • Na expectativa de mudança dos possíveis defeitos que você identificou.

    • Não identificou defeitos e os conheceu depois.

  • Seja qual foi o porém que esteve com você, a realidade vai além deles. Para que o relacionamento seja agradável, feliz, tenha sucesso diariamente, é preciso:

    • Identificar o que incomoda no outro.

    • Aceitá-lo como ele é (se mudar será lucro, se não mudar, tudo bem).

  • Abaixo, há alguns itens campeões de queixas. Ao mesmo tempo em que precisam ser respeitados para o bem do relacionamento.

  • 1. Os defeitos do outro

  • Quem não tem? Todos temos e, por tê-los, completamos um ao outro. Melhor aceitar e seguir em frente. A receita está em valorizar o que há de bom.

  • 2. A família dele

  • Ele é o que é, em grande parte, graças à família. Seja agradecida por ela, não apenas aceite, mas a valorize.

  • 3. Os sonhos do outro

  • Em uma cerimônia de casamento, um pastor sabiamente disse ao jovem casal que cinquenta por cento do que levariam para a casa representava os sonhos do outro. Por que nos casamos com alguém cheio de sonhos se não somos capazes de aceitá-los?

  • 4. As suas limitações

  • Você precisa reconhecer que tem limitações. Saber quais são elas e aceitá-las. Não, você não é perfeita e não dá conta de tudo e de todos. Ao fazer isso, facilitará sua vida e a de quem a divide com você.

  • 5. Os momentos difíceis

  • Estamos sempre na expectativa da felicidade. É natural. Não nos preparamos para a adversidade. Para que sofrer por antecedência? Não precisa. Basta apenas aceitar quando as dificuldades chegarem e saber tocar a vida pra frente sem perder o foco no meio da tempestade.

  • 6. A rotina

  • É necessário ter uma rotina, por mais diferente que seja, ela existe e faz parte. Isso não significa ociosidade ou morosidade. Aceitar é organizar a vida a dois de maneira que efetivamente contemple os dois. Nunca priorizando apensas um na rotina do casal.

  • Advertisement
  • 7. As bagagens

  • Antes de se relacionar com um parceiro amoroso, um ser humano constrói outras relações, sejam afetivas, amorosas, familiares, enfim. Todo esse percurso acrescenta experiências em nossas vidas, o que aumenta nossa bagagem. Seja um trauma, uma mania, um hábito, essa bagagem precisa ser aceita.

  • 8. As prioridades

  • Embora os dois precisem estar em evidência, há situações ou fases que precisam de ajustes, sendo necessário priorizar algumas coisas. O respeito a essas fases é essencial para o bem-estar do casal. Entender e aceitar o que é prioridade naquele momento.

  • 9. Os amigos

  • Amigos, bagagens, aceite-o como ele já era antes de você. Tudo se encaixa aqui. Muitas mulheres reclamam dos amigos do marido. Porém, quando namoravam aceitavam sem hesitar. Quanto mais se queixam, parece que mais forte essa amizade fica. Melhor aceitar, fazer parte do grupo e fortalecer o relacionamento ao invés de enfraquecê-lo.

  • 10. Os hábitos

  • Ele adorava comer bastante ou era vidrado em atividade física. Quando se casa a companheira quer transformar o guloso em atleta e o atleta em guloso. Ela tinha o hábito de todo final de semana passar algumas horas no salão de beleza. Casou, o marido reclama. Melhor refletir, ele ou ela foi atraente para você porque mantinha certos hábitos, querer eliminá-los não é aceitar o outro como ele é.

  • 11. A religião

  • Crença é algo particular e extremamente íntimo. A sua religião é importante para você porque é a sua verdade. Não se relacione com alguém de outra religião na intenção de que ele se converta a sua. Ou aceite a religião dele ou encontre alguém da mesma que a sua.

  • 12. As manias

  • Seja separar as roupas por cores, seja não usar uma determinada cor ou estilo de roupa. Não importa qual seja a mania, se você já percebeu que ela não será abandonada, melhor aceitá-la.

  • 13. A opinião dele

  • Até mesmo quando você achar que não importa, aceite. Pelo bem do seu relacionamento, as opiniões, por mais simples que possam parecer, são importantes. Principalmente para quem as tem.

  • 14. O biotipo

  • Casou e engordou. Tão comum! As queixas também. Para evitar essas surpresas, se prepare para o futuro, ele chega até para o nosso corpo. Melhor conhecer e aceitar mesmo que as surpresas negativas não surjam.

  • 15. As limitações financeiras

  • O orçamento familiar é responsável pela maioria das discórdias entre o casal. Existem algumas maneiras de evitar que isso aconteça. Primeiramente é preciso conhecer o orçamento, quais são as prioridades e então aceitar essas limitações. Independentemente do nível social, as limitações estarão presentes.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Karin Cristina é pedagoga, mãe e esposa. Apaixonada pelo ser humano, acredita que o conhecimento é capaz de mudar a humanidade e a leitura é o caminho.

15 coisas que você precisa aceitar para o seu relacionamento dar certo

Quer sucesso no seu relacionamento? Então, supere algumas coisas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr