Estudo explica por que o elogio 'você é lindo' faz mais mal do que bem

Segundo estudos, o elogio não dito de forma correta pode gerar mais mal do que bem.

2,237 views   |   6 shares
  • De acordo com a psicóloga americana Carol Dweck, da Universidade Stanford, um estudo coordenado por ela com 400 alunos de uma escola de Nova York apontou que uma criança que é reconhecida como inteligente tende a sentir um fardo pesado sobre seus ombros pequenos para corresponder às expectativas dos pais. Em alguns casos, isso pode vir de maneira positiva e fará a criança estudar mais para alcançar boas notas. Entretanto, há muitos casos em que isso vem de uma forma muito negativa, fazendo com que a criança seja estimulada a usar truques para se destacar.

  • A psicóloga realizou muitos testes com esses alunos, dentre eles foram feitos 4 testes. A primeira turma da 5ª série realizou um teste de QI, uma prova tranquila para alunos da sua idade. Terminando o teste, os pesquisadores davam as notas aos alunos, e concluíam a conversa com um elogio. Metade dos estudantes ouviram: "Você deve ser muito inteligente". Para a outra metade, o discurso era diferente - não parabenizava a criança diretamente, mas sim sua atitude: "Você deve ter se esforçado muito para conseguir esse resultado". A intenção da psicóloga e sua equipe foi dividir os alunos em dois grupos - "os inteligentes" e os "esforçados"- para ver como essa diferenciação teria impacto no comportamento dos estudantes.

  • O segundo teste permitiu que os dois grupos escolhessem se desejavam fazer um teste simples, ou um mais complicado, que "permitiria que eles aprendessem muitas coisas novas".

  • O grupo dos corajosos optou pelo mais complicado, eles demonstraram ter muita coragem, enquanto que o grupo dos inteligentes recuaram e pediram o mais fácil. Depois veio o terceiro teste, esse foi mais complexo que os outros e ambos os grupos foram mal. Porém, observou-se que o grupo dos esforçados foram os que mais se dedicaram à resolução da prova. Enquanto que o grupo dos inteligentes se deixaram afetar pelo nervosismo não conseguindo terminar a prova.

  • Então, aplicou-se o quarto teste que surpreendeu a muitos, esse era tão fácil quanto tinha sido o 1º teste e o grupo dos esforçados obteve o melhor desempenho. A nota deles aumentou em 30%, enquanto que o grupo dos inteligentes regrediram em 20%.

  • Para a psicóloga Carol, o elogio deve ser direcionado para o processo, e não para o resultado. "Sempre para as ações, nunca para a pessoa".

  • Pessoas frustradas

  • Advertisement
  • Os elogios tendem a tornarem-se excelentes motivadores para o desenvolvimento pessoal ou eles também podem tornar-se os grandes vilões na vida de muitas pessoas se não forem ditos com sabedoria. Isso costuma iniciar na infância e refletir de forma positiva ou negativa na vida adulta.

  • Um exemplo de frustração pode ser encontrado numa criança que é elogiada constantemente por sua inteligência. Ela pode acreditar que precisa ser inteligente o tempo todo, porque isso é o que os seus pais e as pessoas a sua volta enxergam nela. Assim, ela pode sufocar-se nesse pensamento e até culpar-se, quando ela não conseguir suprir com as expectativas que as pessoas têm dela, como tirar a melhor nota, isso tende a fazer dela uma criança triste e frustrada.

  • Pessoas inseguras

  • Segundo estudos, o elogio é uma ferramenta poderosa para motivar ou desmotivar não apenas crianças, como adultos também. Para os pesquisadores, a forma como se utiliza o elogio é que deve ser ponderada, porque elogiar não é um problema, mas não usá-lo do jeito certo tende a causar sérios danos. Então, é melhor elogiar os esforços de alguém durante o processo, essa é a maneira correta de incentivar do que elogiar a beleza ou inteligência por si só, explica Eddie Brummelman, professor visitante da Universidade do Estado de Ohio (EUA).

  • Lamentavelmente, muitos pais podem conduzir os filhos para uma vida de tristeza, se usarem os elogios como meios de persuadir os filhos a viverem os sonhos dos pais. Ou mesmo, a tornarem-se o que os pais são diante da sociedade, massacrando as virtudes e sonhos dos filhos.

  • "Pessoas perfeitas"

  • Um exemplo claro encontra-se na filha da mais conhecida Barbie humana, Sara Burge, ela presenteou sua filha Poppy, de 7 anos, com um voucher de R$ 17 mil para uma futura lipoaspiração. A menina também já havia sido presenteada pela mãe com vale-silicone de R$ 14,5 mil. A mãe respondeu em entrevistas que esses presentes são um investimento para o futuro da filha: "Ela pedia a cirurgia a toda hora, porque quer ficar bonita". E a menina disse: "Eu mal posso esperar para ser como a mamãe, com grandes seios. Eles são lindos".

  • Os pais precisam cuidar para não exigir dos filhos perfeição, mas sim potencial. Cabe aos pais a responsabilidade de proteger, ajudar, corrigir, ensinar e incentivar os filhos por meio do amor e da bondade, ajudando-os principalmente a se aceitarem como são e a desenvolverem o seu melhor.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Website: https://pages.hotmart.com/h7009598f/ebook-15-passos-para-educar-um-filho/

Estudo explica por que o elogio 'você é lindo' faz mais mal do que bem

Segundo estudos, o elogio não dito de forma correta pode gerar mais mal do que bem.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr