Como saber se Deus realmente lhe perdoou

Você sente que fez tudo ao seu alcance para ser perdoado por Deus, mas o sentimento de culpa ainda está presente. Será este um sinal de que o perdão ainda não veio? A resposta irá lhe surpreender.

4,520 views   |   36 shares
  • Todo aquele que conhece e ama a Deus almeja viver dignamente de modo a receber o aval divino para sua vida e receber as grandiosas recompensas eternas que Ele promete aos fiéis. No entanto, mesmo os mais fiéis estão sujeitos ao erro, ou pecado.

  • Que prejuízos o pecado traz à nossa vida?

  • Pecar é desobedecer intencionalmente os mandamentos de Deus ou deixar de fazer o que é certo quando temos o conhecimento da verdade. O pecado é uma barreira que nos afasta de Deus. Ele destrói nossa espiritualidade e nos impede de enxergar corretamente as coisas à nossa volta, principalmente as espirituais. Ele impede que progridamos nessa terra e que nos preparemos para habitar com Deus no porvir.

  • Como podemos nos livrar do peso de nossos pecados?

  • Embora haja níveis de gravidade em se tratando de pecado - por exemplo, espancar alguém é muito mais grave do que pensar mal de um inocente - todo pecado exige o devido arrependimento, exige que um preço seja pago.

  • O perdão dos pecados só se torna possível porque Jesus Cristo pagou o preço de todos eles. Para entender melhor como Ele nos resgatou, vou contar uma pequena parábola:

  • Um homem tinha uma dívida impagável com um credor mercenário. A dívida era tão grande, que ainda que vivesse 10 mil anos ele não conseguiria quitá-la. A punição para o não pagamento da dívida era a morte. Ou ele quitava sua dívida, ou morreria. Então, apareceu um nobre homem, e sem que lhe fosse pedido, ele adiantou-se e quitou a dívida desse homem, Ele livrou-o da morte. Aquele homem tornou-se, no entanto, devedor deste nobre homem. Mas o preço que ele teria que pagar, porém, agora era infinitamente menor.

  • O devedor da história é cada um de nós, cada pessoa que viveu, vive e viverá nesta terra. A dívida é o pecado. O credor mercenário é a justiça eterna. O nobre homem é Jesus Cristo, que pagou nossa dívida quando expiou por nossos pecados no Jardim do Gestêmani e na cruz.

  • Éramos todos devedores da justiça e agora somos devedores de Cristo. E o que Ele requer de nós em troca do Seu sacrifício? Ele quer somente que tenhamos fé Nele, que nos arrependamos, sejamos batizados e guardemos Seus mandamentos até o fim de nossas vidas.

  • Leia: Como saber se Deus respondeu sua oração?

  • Mas e quando tropeçarmos, será que o sacrifício de Jesus Cristo terá sido vão em nossa vida? Perdemos seus benefícios?

  • Advertisement
  • Teremos sempre direito a um grande benefício da Expiação de Cristo: a ressurreição. Pois por Ele haver ressuscitado, todos nós temos a garantia da ressurreição. Não há uma alma que tenha nascido nessa terra que não vá ressuscitar, não importa o tipo de vida que tenha levado. (ver João 5:29) Mas a Salvação é concedida pelo Senhor para o contrito de coração, para aquele que corrigiu sua vida por meio da fé, do arrependimento, do batismo e da obediência aos mandamentos. Em Lucas 13:3 lemos: "se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis."

  • Sem arrependimento não há perdão

  • O arrependimento sincero é um prerrequisito para obtermos o perdão divino. O Senhor disse: "Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados" (Atos 3:19). "...se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis." (Lucas 13:5).

  • O verdadeiro arrependimento requer que alguns passos sejam dados:

    1. Reconhecer o erro cometido, ou seja, reconhecer que nossa conduta configura um pecado.

    2. Sentir-se mal pelo erro cometido (remorso).

    3. Parar de pecar.

    4. Confessar nosso erro às pessoas envolvidas e a Deus.

    5. Consertar o erro da melhor forma que pudermos.

    6. Perdoar aqueles que pecaram contra nós (Mateus 6:14).

    7. Passar a guardar os mandamentos de Deus.

  • O Senhor prometeu àquele que se arrepende: "Ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve". (Isaías 1:18) Isso é um simbolismo da purificação. As pessoas são purificadas por meio do arrependimento e do perdão divino.

  • Nesta jornada mortal, certamente cometeremos erros pelo caminho, mas graças à misericórdia do Senhor, temos o privilégio de apagar nossos erros por meio do arrependimento constante.

  • Leia: Como a tristeza do arrependimento pode se tornar a alegria de uma vida limpa

  • Como saber se Deus realmente nos perdoou?

  • Vou compartilhar uma das melhores respostas para essa pergunta que já li. Ela foi dada por Ted Callister. Ele diz: "Se você sentir o Espírito [sentimento cálido de paz que vem de Deus por meio do Espírito Santo] - ao orar, ler as escrituras (...) testificar ou em qualquer outro momento - então esse é seu testemunho de que foi perdoado ou então de que o processo de purificação está em curso, pois o Espírito não pode habitar em tabernáculos impuros".

  • Advertisement
  • "Algumas pessoas são mais duras consigo mesmas do que o próprio Senhor. É claro que devemos nos arrepender para sermos dignos dos poderes de purificação e perdão da Expiação, mas uma vez que nos arrependemos, não existe a possibilidade de não sermos purificados no reino de Deus", ele completa.

  • Se mesmo depois de cumpridos os passos do arrependimento, ainda houver um sentimento de pesar pelo erro cometido, esse sentimento pode ser um alerta para não cairmos mais no mesmo erro, em vez de ser um sinal de que não fomos perdoados. É como um alarme que soa sempre que o perigo se aproxima, ainda que em pensamento. Então, o sentimento de culpa que perdura depois de fazermos a nossa parte NÃO é sinal de que Deus ainda não nos perdoou.

  • Deus nos ama de tal maneira, que enviou Seu filho, Jesus Cristo, para pagar o imenso preço de nossos pecados e conceder-nos salvação. Que possamos demonstrar nosso amor e gratidão ao Salvador por tudo o que Ele fez por nós, aceitando de bom grado os benefícios da Expiação em nossa vida, buscando o arrependimento diariamente e guardando Seus mandamentos. Pois "aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo" (Mateus 24:13).

  • Leia também: Lidando sabiamente com o sentimento de culpa

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Como saber se Deus realmente lhe perdoou

Você sente que fez tudo ao seu alcance para ser perdoado por Deus, mas o sentimento de culpa ainda está presente. Será este um sinal de que o perdão ainda não veio? A resposta irá lhe surpreender.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr