Obstetra mostra como manter a barriga definida na gestação

Existem grávidas com músculos definidos e barrigas pequenas? Sim. E elas e seus bebês são saudáveis.

1,016 views   |   4 shares
  • Gravidez não precisa ser sinônimo de barrigas enormes e aumento expressivo de peso. Para algumas mães que já malham antes mesmo da gestação, conservar o corpo com músculos definidos é inclusive aprovado por médicos, segundo este artigo.

  • Para o ginecologista e obstetra Domingos Matelli a magreza da mãe ou barriga pequena não é sinônimo de bebê pequeno ou com desenvolvimento deficiente. Quando a gestante se preocupa com sua saúde, automaticamente o bebê será beneficiado. Mulheres que estão acostumadas a malhar e já têm a musculatura definida podem manter o corpo e os exercícios durante a gestação sem prejudicar o bebê. O tônus muscular previamente adquirido pela gestante é diferente das mães que não treinam e costuma se manter quando a opção for manter os exercícios.

  • Mulheres que optam por continuar o treinamento durante a gestação devem ter acompanhamento pré-natal, exatamente como as mães que não o fazem, e conversar com o obstetra sobre sua decisão de não interromper a atividade física. O médico saberá orientar quanto ao tipo de exercícios que devem ser evitados ou alterados para não prejudicar em nada a gestação.

  • Algumas dicas dos especialistas incluem:

  • 1. Cuidados com lesões

  • Uma dica importante para as gestantes que desejam continuar o treinamento físico é buscar um personal trainer especializado. Ele saberá exatamente o que pode usar e o que não será muito bom. Na gestação ocorre o aumento de hormônios que alteram algumas condições físicas e podem aumentar as chances de torsões e outras lesões. Ele também estará atento a outras ocorrências como a frequência cardíaca, que não deve ser intensa durante a gravidez.

  • 2. Menor impacto

  • A carga (peso) utilizada nos exercícios deve ser diminuída e exercícios de impacto reduzidos ou eliminados. Gestantes, mesmo que não acostumadas com atividades físicas, sempre são aconselhadas a iniciar com hidroginástica, caminhadas ou ioga. Seja qual for o exercício escolhido é importante observar constantemente a frequência cardíaca e a respiração, pois quando fica ofegante poderá causar falta de oxigenação para o bebê.

  • 3. Suplementos evitados

  • Mesmo os que são 100% naturais devem ser avaliados pelo obstetra, que indicará a continuação do uso ou abolirá. Há combinações que não são indicadas para gestantes e que não vêm descritas nos rótulos.

  • Advertisement
  • 4. Cuidados com a alimentação

  • Para as gestantes que continuam o treinamento ou para as que optaram por parar ou ainda que nunca começaram, a alimentação adequada na gestação é fundamental para a saúde de ambos. Os médicos recomendam que sejam ingeridos alimentos saudáveis a cada três horas, sendo essa uma regra muito importante para as gestantes que treinam.

  • Lembrando ainda que cada mãe tem sua individualidade. Algumas nem praticam exercícios e ficam magras durante toda a gestação, enquanto outras ganham barrigas avantajadas. O melhor é estar sempre buscando a boa saúde e o que for mais confortável para mãe e bebê durante as 40 semanas, consultando o obstetra e seguindo suas orientações.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Obstetra mostra como manter a barriga definida na gestação

Existem grávidas com músculos definidos e barrigas pequenas? Sim. E elas e seus bebês são saudáveis.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr