Você não é meu irmão. Você foi achado no lixo!

Frases como essa são comumente faladas entre irmãos. E podem fazer muito mal!

1,285 views   |   3 shares
  • Frases como essa são comuns entre irmãos. Especialmente faladas pelos mais velhos para os mais novos. Muitas pessoas consideram as brigas e disputas entre irmãos normais e saudáveis para o crescimento. Estudos mostraram que na realidade elas podem causar maior sofrimento na criança que o bullying sofrido de colegas na escola.

  • Mais impactante ainda quando o irmão menor sofre agressões físicas do maior. Alguns quebram de propósito brinquedos e outros objetos apenas para mostrar toda sua raiva. O sofrimento mental é maior, o que aumenta o estresse e pode gerar outras doenças como a depressão.

  • Muitas vezes os pais nem percebem, pois tais atos e palavras ocorrem no quarto e o mais novo é impedido de contar sob ameaças. A criança se torna triste e pode apresentar queda no rendimento escolar. A vontade de realizar também diminui.

  • Para evitar esse problema no lar, pais e responsáveis podem fazer algumas destas coisas:

    • O diálogo franco com a criança desde cedo pode proteger e ajudar a entender que sua prática é ofensiva e maldosa. A linguagem utilizada precisa ser clara de acordo com o entendimento da criança nas diversas faixas etárias. Tendo o conhecimento fica mais fácil, a criança saberá o limite da brincadeira e dos comentários e também conseguirá se defender de um ataque, sem temer os pais, pois sabe que eles a compreenderão.

    • Com um filho agressivo o trabalho é um pouco maior. Ele precisa entender que o respeito é importante na convivência familiar e fora dela. Especialistas podem ajudar no controle da raiva da criança, além de corroborar o que os pais ensinam.

    • Ser um bom exemplo não praticando ofensas com os filhos, cônjuge, empregados e pessoas em geral. A educação e o respeito se aprendem muito mais com a prática observada pelas crianças nos adultos do que com sermões e explicações que nem sempre são compreendidos.

    • Ver o lado positivo das pessoas, inclusive o dos filhos, sem cobranças demasiadas e abusivas, mas com incentivo e palavras de apoio, mesmo que os pais tenham a certeza de que o filho poderia fazer melhor, também acalma a criança e ela aprende a julgar menos os outros, principalmente os do convívio familiar.

    • O estabelecimento de regras que valem para toda a família é importante para que o sentimento de injustiças seja diminuído.

  • Advertisement
  • A concorrência entre os irmãos é algo natural, mas pode ser bem administrada quando os pais se empenham em manter a justiça e o respeito. Explicações devem ser feitas sempre que necessário. Reuniões familiares semanais diminuem bastante o estresse acumulado e proporcionam uma maneira de cada um dos filhos se expressar quanto a seus sentimentos no lar. Nem sempre a visão dos pais e o que realmente está acontecendo.

  • Doenças e cicatrizes emocionais podem ser evitadas quando todos os familiares estiverem empenhados em tornar o lar um local de segurança e conforto, onde todos são aceitos e amados, um local para aprender e ser feliz.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Você não é meu irmão. Você foi achado no lixo!

Frases como essa são comumente faladas entre irmãos. E podem fazer muito mal!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr