Se você sofre com ansiedade, essa estratégia pode ajudar

Quem sofre de ansiedade sabe o quanto é difícil. Praticando estas dicas os sintomas podem ser amenizados.

3,122 views   |   8 shares
  • A ansiedade é um distúrbio mental muito comum. Apenas no Brasil cerca de 13,3 milhões de pessoas sofrem com essa doença, perfazendo 6,4% da população nacional. Os dados mundiais são bem inferiores, 3,9% segundo a OMS.

  • A diferença entre uma ansiedade normal por algo que vai acontecer e o distúrbio é basicamente a seguinte. Depois que passa o evento causador da ansiedade, a pessoa retoma a vida normalmente. Para quem sofre da doença sempre haverá eventos preocupantes e sintomas, mesmo que seja por algo pequeno.

  • O distúrbio normalmente deve ser acompanhado por especialistas e pode incluir medicação. Uma pesquisadora e doutoranda da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, encontrou 6 estratégias para ajudar a controlar a ansiedade. Elas não substituem o tratamento nem o diagnóstico do profissional, mas podem amenizar o sofrimento.

  • 1. Cuidar dos pensamentos

  • Prestar atenção ao que passa na cabeça e eliminar o que não é bom ajuda. Para conseguir fazer isso a estratégia é a seguinte: marcar um horário para deixar os pensamentos ocorrerem livremente a respeito dos problemas e das preocupações, permitindo 20 minutos para o cérebro refletir sobre tudo isso. Terminado o prazo, a mente deve se ocupar com outras coisas. Um pensamento quando não é alimentado se esvai, e com isso muitos sintomas da ansiedade podem ser amenizados. Como pessoas que têm o distúrbio costumam ser pessimistas, basta não alimentar os pensamentos negativos, deixando para eles apenas aquele horário específico do dia.

  • 2. Cuidar do corpo e da mente

  • Atividades físicas, preferencialmente aquela que é agradável para o indivíduo, e acalmar a mente também ajudará. Pesquisas mostram que o quadro ansioso diminui drasticamente para quem pratica exercícios físicos e meditação ao menos por meia hora duas vezes por semana cada. Essa prática levou a diminuição nos pensamentos negativos em pessoas ansiosas no decorrer de oito semanas. Ela também altera os quadros depressivos.

  • 3. Ter um propósito

  • Especialistas perceberam que pessoas com o distúrbio de ansiedade não têm um propósito muito específico. Pessoas com problemas financeiros ou de outros tipos que tinham um propósito de vida não apresentam tantos problemas com a ansiedade. Para quem é sozinho, um propósito pode ser encontrado em voluntariado, ao cuidar de uma pessoa idosa ou doente, ou mesmo de um animal. A preocupação muda um pouco o foco para o propósito e deixa de afligir tanto.

  • Advertisement
  • 4. Ser mais positivo

  • É difícil para quem sofre de ansiedade ver o lado bom das coisas, pois tudo parece muito difícil e sem solução. Quando um pensamento ruim surge por algum problema, mudar o foco para algo positivo vai ajudar a evitar o agravamento dos sintomas da ansiedade. Prestar atenção na respiração é uma dica simples. Admirar o céu, a natureza ou lembrar de um momento agradável com um familiar também.

  • 5. Evitar pensamentos sobre o futuro

  • Permanecer no tempo atual, vivendo o que está passando e não ficar só pensando no que vai acontecer ajuda no controle também. Quem sofre com ansiedade costuma pensar muito no futuro e o ideal seria viver o que está acontecendo no momento.

  • 6. Terapia

  • O profissional irá complementar a estratégia, proporcionando ideias para realizar os outros itens, orientando e confortando e isso completará a ajuda para diminuir os nocivos sintomas do distúrbio da ansiedade.

  • Entendendo um pouco mais sobre a doença fica mais fácil trabalhar a favor do controle e ser mais feliz.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Se você sofre com ansiedade, essa estratégia pode ajudar

Quem sofre de ansiedade sabe o quanto é difícil. Praticando estas dicas os sintomas podem ser amenizados.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr